person_outline



search

ROKINATO #5º - Decisões, um caminho sem volta.

ROKINATO #5º

- Decisões, um caminho sem volta.

-Sim, por que somos assim como você, estamos ligados, somos guardiões das pedras Rok, os guardiões

Inatos. Então vai nos ajudar?

-Rara... Acham mesmo que sou idiota para acreditar em um blefe como esse?

-Você tá chamando a gente de mentiroso?

-Nunca responda uma pergunta com outra.

Freddiê vai partir para cima de Harthow, mais Lyo impede colocando a mão na frente.

-Acalme-se Freddiê, não sabemos com quem estamos lidando. Harthow como estávamos falando, nos também somos escolhidos, diferente de você só não temos o sangue Inato, pense bem, se Shurem encontrar um de nos e conseguir retirar nossas pedras, ele vai ficar cada vez mais forte quando conseguir o que quer. Então acho que não vai querer deixar solto por ai o homem que matou, Seu Pai...

Um vento calmo, passa pelo local, e Freddiê fica chocado com a revelação que Lyo fez.

-Como assim? Ham.. humm... Aquele cara matou o pai dele?

Harthow, fecha os olhos baixa a cabeça e fecha a mão com uma grande raiva, levanta a cabeça abre o os olhos, o que eu mais quero é destruir Shurem.

-Então nos ajude, venha conosco, a nossa vida e de todos da terra, e outros planetas, corre perigo.

-Mais, acho que essa vingança é minha, e vocês não tem nada que se meter nisso.

-Mais que cabeça de bagre é você hem metido! Se não ajudar eu e Lyo o planeta vai acabar, e todos vamos morrer, será que deu pra entender agora.

-Dessa vez eu tenho que concordar com Freddiê, será pior se ficarmos separados, Shurem vai ter mais vantagens, além disso não sabemos se as outras pedras já estão na terra, elas podem está ainda na fenda espaço tempo, sei lá, podem chegar daqui a 10, 15 ou até 30 anos.

-tolos.

Freddiê e Lyo olham apreensivos para Harthow com uma expressão de segurança.

-As pedras já estão todas na terra, algumas já estão aqui a mais de 300 anos.

-ham? Serio mesmo? Como você não conseguiu identificar Lyo?

-Não sabia disso, então você sabe onde elas estão?

-Posso sentilas. Mais vocês estão querendo saber de mais.

-Harthow, nos ajude, a honra de sua família depende de você e nos, de uma forma ou de outra somos descendentes de Inatos. Somos portadores, você é o futuro rei, seu dever e ajudar.

Harthow pensativo, olha para os dois garotos que estão determinados.

-Harthow, aposto que seu pai iria ficar orgulhoso de você.

-Eu ajudo, mais, com uma condição.

-Sim.

-O garoto de óculos não se mete no assunto.

-Ham? Como assim? Por quê? Aaa... já sei, sou forte de mais pra você não é?

-Não. sua força interna, ela se auto canaliza na minha, e assim vice versa.

-Você tá querendo dizer que se eu usar meu poder perto de você, eu fico forte de mais, ou...

-Ou eu fico forte de mais? Sim, mais o pior não é isso, você não sabe controlar seu poder, sendo assim você pode até me matar sem quere, ou eu posso te matar, se eu quiser.

-Incrível, vocês dois, funcionam assim como uma bateria que pode pegar a força do outro, mais como é possível.

-Simples, o garoto ai, possui a pedra de Salem, mais conhecida como pedra de Enir, essa força é muito antiga em meu povo. As pedras Rok’s tinham uma função no nosso planeta, mais, a pedra de Enir, ela trazia um equilíbrio e ao mesmo tempo desequilíbrio para a pedra negra. No caso se algo der errado, nossas pedras podem dar um curto circuito, e anular nossos poderes, podendo assim até nos matar.

-Matar não, não...

Harthow olha para os garotos e pergunta.

-Então, qual vai ser o plano?

Um impacto surpreendente é visto na casa de Lyo, uma força esplendida é espalhada destruindo totalmente a frete da casa de Mysti, um grande fogo azul e lançado em forma de energia, algo tão forte que não seria capaz de ser visto por conta de sua luz, uma espécie de aurora boreal azulada sobe ao céu, daquele local em pleno dia. Shurem e Ki, caem à 20 metros de distância do local. Ki está fraco e Mysti vai ao seu encontro.

-Oi coisinha, acorda por favor, acorda, Ki...

Shurem se levanta, andando vagarosamente ao encontro de Mysti e Ki.

-Ki, ele tá se aproximando, acorda, por favor, acorda. Ki.

Nesse momento, ki começa a diminuir de tamanho, e volta para sua forma normal, a mesma forma que Mysti o encontrou.

-Não, não faz isso.

-Parece que eu consegui a minha primeira recompensa depois de chegar de um lugar tão longe, bem que não foi difícil assim.

Mysti agarra Ki, e com força fecha os olhos. Shurem chega na frente de Mysti e Ki, Com um sorriso macabro ele vê o desespero de Mysti, retira de sua mão uma larva e vai acertar Mysti.

-Sua pedra é minha...Cof, cof...

Shurem começa tossir, sentindo os efeitos de não está em seu habitat, ele se afasta e cai de joelhos no chão passando mal. Mysti se levanta com Ki, dando um chute em Shurem e conseguindo fugir.

-Toma isso...

-horm. Garota desgraçada, você não vai fugir.

Mysti corre rápido, mais shurem não consegue acompanha-la, Mysti pratica esporte, mesmo assim Shurem está muito fraco para correr.

-Tenho que me recuperar, não vou conseguir nada desse jeito. Maldito planeta, se as pedras não estivessem aqui, eu já tinha destruído.

Mysti olha para traz disfarçadamente em quanto corre, e nota que Shurem desapareceu.

-Ele fugiu?

Mysti olha para Ki. Ki abre os olhos e sorri para Mysti.

-Oi coisinha. Vamos para casa, se a gente pode chamar aquilo de casa. Meu deus quando Lyo chegar, o que eu digo.

-Fale a verdade para o portador.

-Sim, mais... Como assim?

-Mysti seu irmão, é o portador da pedra verde.

Mysti fica sem entender, olha para ki com duvidas do que ele falou.

-Não pode ser, por que ele não me disse nada?

-Simples, para proteger você. Se soubessem que você era irmã dele, os inimigos podiam encontra um jeito mais fácil de conseguir o que queriam subornando com alguém que Lyo ama, além disso, quanto menos pessoas souberem o que está acontecendo melhor, não queremos causar transtornos na terra.

-Tá bom, mais o que você diz desse estrago? Meu irmão vai me matar.

Lyo, Freddiê Harthow estão saindo do Ferro velho, para montar o primeiro plano, para destruir Shurem.

-Ei, é verdade que tem medo de mim Príncipe?

-Experimenta idiota, posso criar um curto que iria te torrar todinho de dentro para fora sabia?

-Calma cara, só estava tentando ser amigo, sabe quebrar o gelo.

- ...

-Você é bem calado hem, qual o seu problema?

-Freddiê. Esse é o problema da gente, cara você fala de mais.

-Lyo eu só estou tentando começar de novo, não fomos apresentados direito da ultimas vez. Ei cara, prazer, meu nome é Fraddiê.

- ...

-Escuta cara se vamos trabalhar em grupo é melhor que possamos...

-Harthow, Inato, satisfeito.

-É bem pelo menos não me chamou de...

-Idiota.

-Hora seu...

Os três chegam em frente a casa de Lyo e se deparam com a destruição.

-Nossa Lyo, tá precisando mudar a decoração.

-O que foi que aconteceu?

-Oi Lyo.

-Mysti, você está bem? O que aconteceu aqui? E o que é isso na sua mão? Meu deus o que tá acontecendo?

-Calma Lyo, eu te explico.

-Simples humano, ela é uma hospedeira, ou eu devo dizer é uma guardiã, a criatura é a hospedeira, a missão dela e proteger esse Kimero da raça Kiguiatos.

-Mais como foi acontecer Mysti?

-Você também não me contou nada, Lyo. Eu deveria saber desde o começo.

-Sim mais isso é diferente, Mysti você.

-Não a tempo para reunião em família, ela vem com a gente.

-Nem pensar.

-Sim eu vou.

-Não você não vai, eu sou seu irmão e digo que não vai, não quero ti perder.

-Lyo o Harthow tem razão, se ela não vier conosco Shurem pode nos encontrar.

-É encontrar novamente não é, tá vendo esse estrago, foi um cara de cabelo verde, acho que esse tal de...

-Shurem, ele esteve aqui.

Harthow olha para o chão e vê uma espécie de liquido viscoso, reconhecendo pelo mesmo que já viu sair da mão de Shurem.

-Lyo, onde fica a sala, temos que começar a procura rápido. Tio logo logo vamos voltar a nos encontrar.

Todos descem para a sala de pesquisa visualizar o que aconteceu na casa de Lyo.

-Sim era ele, Shurem esteve aqui e eu não pude pega-lo.

-Calma Harthow, ele vai aparecer mais vezes, não vai sossegar em quanto não pegar as pedras.

-Freddie tem razão, ele deve voltar mais vezes.

-Mas o que devemos fazer?

-Devemos montar uma armadilha. Mais, primeiro, vamos encontrar ela.

Todos ficam sem saber o que Harthow quer dizer. Lyo pergunta.

-Ela quem Harthow?

-A pedra Rosa.

Pin It
Atualizado em: Qua 31 Ago 2011

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222