person_outline



search

Parte 03 - Descobrindo seu Poder

Lyo veio em minha direção rindo da minha cara de assustado, sentou-se em um carro e disse.


- Parece que seus poderes já estão começando a se manifestar.
- Como assim? você quase que me mata agora pouco.
- É mais não matei, temos que pensar em algo mais..... Éééé pesado.
Lyo puxou minha mão e bateu em cima de um carro azul, o carro era grande, e sem mais nem menos me pediu.
- Agora levante isso.
Não entendi como.
- Mais como? você tá brincando não é?
- Olha pra minha cara.
então fui para traz do carro, segurei por baixo e coloquei força, usei até a ultima gota de força que restava no meu corpo após uma péssima noite de sono, mais não consegui levantar, não consegui tirar o carro nem se que 1cm do chão.
- É, acho que você não tem uma super força, o que você pode ser, vamos tenta ler minha mente, não já sei, me queima, vai me queima.
- Como? hem, não estou te entendendo!
-Espera e se a gente tentar te jogar de um penhasco, sei lá, você pode saber voar.
- Ha!!! e se meu poder for, eu não ter poder? cara você tá de paranóia, eu não sou um escolhido, eu não tenho poder, eu não te conheço, você fez eu perder meu emprego, e você é um louco.
Estava com muita raiva por ter passado por tudo aquilo para nada, então sai sem mais delongas.
- Quer ser o idiota de sempre não é?
- O que você disse?
- Isso mesmo, Idiota, isso que você é, e vai continuar sendo se não tentar mudar sua vida. Freddie, você não pode viver para os outros tem que pensar em você também, se não parar pra pensar vai continuar sendo um idiota.
Ele estava certo, eu não podia fazer nada além de soquear a porta de um carro que estava ali na minha frente.
- E o que eu posso fazer? sempre fui assim, depois que meus pais morreram eu vivo para o trabalho, ou vivia né! além disso não tenho amigos, quer saber você tem razão sou mesmo um idiota.
Eu era tão idiota, que até o soco que eu dei foi em um carro que tinha um pilha amontoada em cima dele, quando olho para cima daquela montanha, vejo vários carro caindo em cima de mim, e no final um grito de Lyo chamando por meu nome.
- Freddiê... Freddiê amigo cadê você cara? agora já era matei uma pedra Rok.
Ouvisse um tremor meio aos carros, e eis que eu o cara mais idiota da cidade estou vivo, com mais de 6 carros em minhas mãos.
- Olha vê isso, eu tenho super força.
-É parabéns!
Finalmente descobri meu dom, mais não era tão simples assim, eu tinha que controlar, pois é, parece que eu só conseguia usar a super força quando tinha uma emoção forte, tipo o medo quando vi os carros. Sentei-me perto de Lyo e ele segurou uma pedra e pediu para me concentrar jogando a pedra longe. no inicio não levantei nada, mais depois de 2 horas de muito trabalho, consegui me manter em pé e levantar a pedra de mais de 150kg, foi impressionante, parecia que eu levantava um moeda, não coloquei nem força.
- Parece que você já está bem melhor, parabéns Freddie agora já está escurecendo, por hoje é só.
- Obrigado Lyo, pela primeira vez na minha vida me sinto uma pessoa importante, sabe né, não me sinto um idiota.
Lyo riu de minha cara, e saiu. Mais uma coisa que me intrigava era que, ele ainda não tinha me mostrado seu poder, seria super força também assim como eu? por conta que tinha lançado uma peça em minha direção, ou seria super inteligência? depois que vi seus experimentos podia até ser isso mesmo. Fui em direção a minha casa, mais quando cheguei no centro da cidade, resolvi parar para tomar um sorvete, e uma dor de cabeça muito forte chega, novamente as visões estão vindo, vejo guerra, muito sangue e meio a isso tudo animais luminosos, e eles atacam pessoas. Além de animais consigo ver criaturas estranhas que nunca tinha visto antes. Todos se aproximam de mim, e tentam ajudar, pois eu já estava no chão. levantei-me peguei meu sorvete e fui para casa.Já próximo de minha casa, notei que estava sendo vigiado de longe, uma pessoa de capa preta estava me seguindo desde quando saí do ferro velho, acelerei os passos, e quando cheguei em casa aquela pessoa vinha em minha direção cada vez mais rápido, então sem pensar peguei minha caixa do correia e joguei contra o misterioso da capa preta. o mais estranho é que a capa estava vazia como se fosse um fantasma, não entendi, joguei a capa e entrei em casa. Liguei para Lyo e disse o que tinha acontecido, e ele me pediu para ter cuidado pois poderia ser um espião ou até mesmo shurem, querendo a pedra, depois Lyo me fala o que eu mais temia.
- tente proteger a pedra e sua vida, pois agora ela esta substituída por seu coração, se Shurem pegar sua pedra você vai morrer.
Lyo desligou o radio amador, apavorado fui até minha janela, vi novamente a capa parada lá em baixo em frente minha casa, tentei relaxar ligando meu computador, e como estava sem fazer nada, com falta de meu trabalho de digitador, resolvi escrever um pequeno diário do que aconteceu ao longo desses dias, ou seja essa história que estão lendo agora. Servirá também como referencia se algo acontecer comigo por que o destino ninguém sabe, porem o seu, pode mudar assim como o meu!
Freddiê.

ROKINATO #001º - O Futuro ninguém saberá.
Pin It
Atualizado em: Sex 5 Ago 2011

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222