person_outline



search

Tempo Circular

O conceito de tempo se torna subjetivo ao passo que as definições entram em conflito entre elas. É inteligível a compreensão de que os textos apresentam dois tipos de tempo: cronológico cuja sequência de ações segue uma ordem linear e, psicológico cujas atividades seguem um pensamento fora de um ordenamento sequencial.
Chegamos ao fim do dia, chegamos... quem diria. Ninguém é bastante lúcido para andar tão rápido, chegamos ao início de um novo século, voltamos enfim ao início. Quando se anda em círculos, nunca se é bastante rápido. O tempo, no imaginário artístico, é uma roda gigante interplanetária. Circular e não caminhar de forma ordenada é um dos artifícios às mentes pensadoras e sensíveis.
Frases traduzem uma verdadeira viagem nesse tempo: progressão e regressão são opções possíveis àqueles que se utilizam da habilidade de escrever. Ontem, ano passado, antigamente, amanhã, ano que vem, são circunstâncias irrelevantes aos que buscam a compreensão de algo que ultrapassa a ordem lógica das coisas.
Moderno, obsoleto, esquecido ou eterno são características dispensáveis quando se acredita que tudo não passa de uma variação de um mesmo tema. Então, o que ocorreu ontem, há dias, há anos é o que ocorrerá na mesma progressão futuramente e tudo não passará de um grande círculo do tempo.
Pin It
Atualizado em: Sáb 22 Out 2016

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222