person_outline



search

BIOTECNOLOGIA - APÊNDICE DO ARTIGO BIODIVERSIDADE E BIOPIRATARIA

Biotecnologia:

Os seres humanos, desde os primórdios, sempre buscaram na natureza recursos que os permitissem melhorar sua condição básica de vida.

Seja na alimentação, seus objetos, instrumentos, remédios, etc.

Isso claro, sempre provocou algum tipo de impacto no meio ambiente e estes impactos prosseguem até os dias de hoje.

O limiar entre utilizar sabiamente e degradar o meio em que vivemos , convivemos e mantemos relações, , pode ser o diferencial para o futuro. Essa é a opinião de muitos.

Ma sé bom saber que grande parte da população global precisa de algo para comer hoje, amanhã pode ser tarde demais.

A conceito  biotecnologia foi utilizadopela primeira vez em 1919 pelo engenheiro húngaro Karl Ereky.

Em 1992, foi estabelecida a definição padrão no marco da Convenção sobre Diversidade Biológica:“qualquer aplicação tecnológica que usa sistemas biológicos, organismos vivos ou seus derivados, para criar ou modificar produtos e processos para usos específicos”. Esta definição foi mais tarde ratificada por 168 países e aceita pela FAO e OMS.

Ampliando o conceito, qualquer técnica que utilize organismos vivos (ou partes de organismos), com algum dos seguintes objetivos: produção ou modificação de produtos; aperfeiçoamento de plantas ou animais e descoberta de microrganismos para usos específicos.

Atualmente, estima-se que 1/5 do total de remédios lançados a cada ano são derivados de processos biotecnológicos.

A utilização da biotecnologia tem possibilitado o surgimento de produtos como vacinas, anticorpos, enzimas e hormônios.

São exemplos do uso da biotecnologia  na alimentação a fermentação de pães, queijos, picles, cerveja, vinho, proteína unicelular, aditivos, etc.

Na área da saúde os   antibióticos, hormônios e outros produtos farmacêuticos, vacinas, reagentes e testes para diagnóstico, obtenção de insulina e métodos de controle biológico,

Parte energética os biocombustíveis, etanol, biogás.

Cosméticos ( um mercado que não pára de crescer no mundo)

alimentos transgênicos , clonagem, reprodução in vitro ente outros,

  1.  Na   Agricultura   os   adubos compostos, pesticidas, silagem, mudas de plantas ou de árvores, plantas                                              transgênicas, etc. Na Pecuária os embriões de altíssima qualidade.

Na área Química: butanol, acetona, glicerol, ácidos, enzimas, metais, etc

Meio Ambiente: recuperação de petróleo, tratamento do lixo, purificação da água, entre outras coisas.

-O que para alguns pode até parecer ficção  cientifica, cada dia parece se tornar mais real aos nossos olhos. Mudanças comportamentais, de pensamento, de sociedades e do ser humano. Tudo está acontecendo muito rápido, a era da informação nos faz amortecer perante acontecimentos cada dia mais comuns em nossas vidas.

Produções agrícolas que não param de crescer, recordes de safra após safra, ano após ano.Rebanhos gigantescos( aves, bovinos, caprinos, etc)  o mundo nunca produziu tanto. Toneladas e toneladas de produtos agrícolas e de pecuária , giram o mundo por meio de fluxos de exportação cada vez mais necessários à balança comercial, principalmente de países em desenvolvimento.

Se tudo isso irá alimentar a população global, claramente podemos afirmar que não.

Não há a necessidade de se produzir para a alimentação, principalmente de seres humanos, a soja vira ração animal, a cana-de açúcar, que já não é tão doce ao nosso paladar se transforma em etanol, o tão propagado biocombústivel, essencial para mover o futuro planetário. As sementes transgênicas que já não assustam tanto, tudo isso graças a a tecnologia empregada e acelerada nesses tempos de globalização econômica intensa. Tecnica neste caso, denominada Biotecnologia.

 E você que agora lê este artigo, pode ter certeza, sua vida  é muito melhor que a de qualquer Faraó do Antigo Egito, seja quanto a qualidade e quantidade de sua alimentação, ao prolongamento da expectativa de vida na eliminação de  terríveis doenças e enfermidades que  foram minimizadas ou erradicadas por meio de remédios, vacinas, graças ao avanço da biotecnologia.

Dentro desta aceleração vemos outros conceitos sendo cada dia mais utilizados.

Fertilização in vitro, Transgênicos, clonagem, utilização de células-troncos tornam-se conceitos, palavras corriqueiras ediscutidas como assuntos normais em qualquer nível da sociedade.

Fertilização in vitro

Devemos lembrar que no fim da década de 1970 inicio da década  de 1980 a fertilização(reprodução) in vitro ajudou pessoas ao redor do planeta a realizar o sonho de constituir uma família, de ter um filho.

O nascimento em 1978,  de Louise Brown, a primeira criança concebida por meio da fertilização in vitro( comumente chamada Bebê de Proveta) e transferência de embrião, marcou o início de uma nova era de extraordinário progresso no entendimento e tratamento dos problemas relacionados à fertilidade humana.

Claro que vozes  berraram a plenos pulmões mundo a fora, se posicionaram imediatamente contra , pois viam neste procedimento uma ameaça contra a dignidade humana, citando uma frase que sempre é utilizada quando algum fato relevante à ciência aparece: “ O home está brincando de ser Deus”.

Isso se repetiu em relação  aos Transgênicos (alimentos), a clonagem e ao uso de células tronco. . .

Transgênicos

Na caso dos transgênicos ( vegetais, alimentos genéticamente modificados) criou-se uma celeuma global, no fim da década de 1990 inicio do 2000. Liderada por ONGs que não tinham nenhuma base cientifica para tal repulsa, porém, sempre ocupam a mídia para promover o medo , o pânico em toda a população contando histórias que não retratam a verdade e servem claro para angariar fundos volumosos para se continuar com a gritaria.

-Passados alguns anos o monstro que a principio parecia que iria devorar os seres humanos se tornou calma e os gritos contrários aos poucos , mudaram de lado ou claramente se calaram diante da evidências dos dias atuais. Será que os alimentos transgênicos melhoraram tanto na última década?

Vale ressaltar que um mercado que cresce de forma avassaladora é o de alimentos e produtos  orgânicos,  (agricultura orgânica) que estabelece práticas de cultivo ecológicas para a produção de alimentos. Onde as principais exigências são a conservação dos recursos naturais, a proibição do uso de sementes geneticamente modificadas, de agrotóxicos e de fertilizantes sintéticos, além da ética nas relações comerciais e de trabalho.Tudo perfeito e muito bonito, se qualquer pequeno produtor pudesse vender seus produtos com este rótulo.Claro que para o produto ser oficialmente orgânico o produtor, seja ele quem for, terá que pagar para obter uma certificação. E esta certificação , normalmente é obtida por meio de algumas ONGs. Um outro ciclo de consumo...

Hoje há mercado para todos!Transgênicos em produção de larga escala, orgânicos em pequena escala

Vc tem opção!!!! Só tem que pagar por isso!

 

Alimentos geneticamente modificados, os transgênicos, clonagem viraram noticia de ontem. Continuam as criticas, porém, o alvo agora passa a ser outro.

Resquícios de revolucionários socialistas que ficaram sem um inimigo claro após a queda do muro de Berlim e se apóiam nas causas pseudo-ambientalistas para continuar sua vida de revolucionário-ativista-politico.

 Como o Capitalismo impera e não há maneira, pelo menos por enquanto, para uma alteração global dos meios de produção , econômicos e geopolíticos , a causa ambiental, sem respaldo cientifico, continuará funcionando e bem por sinal, mundo a fora.

Afinal ser ambientalista em muitos casos virou uma profissão.

Vide o maior paladino ambientalista do mundo , Sr Al Gore.

CLONAGEM

-O tabu que ainda permeia parte da  sociedade envolvendo a clonagem de seres vivos, iniciada com a ovelha Dolly, hoje vira a página para o ataque ao desenvolvimento de técnicas com células tronco.

 Vale lembrar: A ovelha Dolly foi o primeiro mamífero clonado . O Prof. Ian Wilnut, do Instituto Roslin,da Escócia, foi o pesquisador responsável por este experimento. O estudo foi  publicado em 1997, mas foi realizado ao longo de 1995 e 1996. A ovelha Dolly nasceu em 05 de julho de 1996,morreu em 14 de janeiro de 2003. Entrou para a história, já está nos livros e ninguém mais parece contrário a tal da clonagem ....

A biotecnologia está presente em nossas vidas , em nossa sociedade, direta ou indiretamente utilizamos produtos que de alguma forma foram  modificados ou alterados em sua forma original.

Existe uma forma de controlar o avanço da biotecnologia? Ou evitar que exista exagero nas pesquisas? Pra isso sugiu um novo conceito a Bioética, que nada mais é que  a ética aplicada aos fatos ou fenômenos biológicos. Será que ela existe?

CRONOLOGIA DA BIOTECNOLOGIA

4000-2000 a.C- A produção de cerveja e pão usando a técnica de fermentação, por meio da levedura, no Egito, abre caminho para a Biotecnologia.

1322-Cavalos de uma raça superior são inseminados artificialmente por um líder árabe.

1761- O naturalista alemão Joseph Gottlieb Koelreuter, faz o cruzamento de plantas de espécies diferentes.

1859-  Charles Darwin, publica a “Teoria da Evolução das Espécies pela Seleção Natural”. O conceito de selecionar e destruir a prole mais fraca tem grande influência entre os criadores de animais nos anos 1800, apesar da genética não ser ainda uma ciência reconhecidamente.

1865- Surge a Genética por meio do cientista austríaco Gregor Mendel.   Através de suas experiências com ervilhas, descobriu que as características são hereditárias, passadas de pai para filho, assim como descobriu também os padrões da hereditariedade.

1870- A Teoria de Darwin começa a ser utilizada para cruzar espécies diferentes de algodão e assim conseguem desenvolver uma variedade superior da planta.

1876- Até então achava-se a fermentação era um processo puramente químico, então,  Louis Pasteur provou que a causa das fermentações era a ação de seres minúsculos, os microrganismos, 

1879- Descobeta  a dromatina, pelo cientista Alexander Fleming ,  uma estrutura parecida com uma varinha dentro do núcleo das células, que mais tarde foi chamada de “cromossomo”.

1897- Eduard Buchner demonstrou que  na ausência de organismos vivos,ser possível a conversão de açúcar em álcool, utilizando células de levedura maceradas.

1900- A mosca-da-fruta, adrosofila melanogasteré usada nos primeiros estudos de genes.

1919- a palavra biotecnologia é usada inicialmente pelo engenheiro húngaro Karl Ereky.

1941- o termo engenharia genética é usado pela primeira vez.

1942- a penicilina começa a ser produzida como fármaco e utilizada em seres humanos como um antibiótico.

1944- É descoberto que o DNA é a estrutura responsável pela trasmissão das informações genéticas.

1953-Os cientistas James Watson e Francis Crick descrevem pela primeira vez a estrutura do DNA. O artigo deles é publicado na revista “Nature” e marca a era da genética moderna.

1956 O processo de fermentação é otimizado, Kornberg descobre a enzima DNA polimerase I, que catalisa a síntese de DNA em bactéria, levando a um entendimento de como o DNA é replicado.

1958- O DNA é produzido pela primeira vez em um tubo de ensaio.

1969- Uma enzima é sintetizadain vitropela primeira vez.

1970- Enzimas de restrição (nucleases específicas) são identificadas, abrindo o caminho para clonagem molecular de genes.

1972- É descoberto que a composição do DNA humano é 99% similar a dos chimpanzés e gorilas.

1975- os primeiros anticorpos monoclonais são produzidos.

1982- FDA aprova a primeira insulina humana produzida por bactérias geneticamente modificada.

1984- O vírus HIV é clonado e seu genoma é totalmente seqüenciado.

1986- Produzida a primeira vacina recombinante para humanos contra hepatite B. Primeira droga anticâncer produzida por meio da biotecnologia.

1990- Lançado projeto Genoma Humano. O primeiro tratamento de terapia gênica é realizado em uma criança de 4 anos que sofria de uma desordem no sistema imunológico, nos Estados Unidos.

1994- O primeiro gene de câncer na mama é descoberto.

1995- A terapia gênica entra na guerra contra o câncer;
- O primeiro seqüenciamento de um genoma de um organismo vivo diferente de vírus é completado para a bactériaHemophilus influenzae.

1996- Cientistas escoceses clonam cópias idênticas de cordeirinhos a partir de embriões de carneiros.

1997- Nasce a ovelha Dolly, primeiro animal clonado de uma célula adulta.

1998- Descobertas as células-tronco embrionárias humanas. Sequenciado o primeiro genoma completo de um animal: o vermeC.elegans.

2003- A ovelha Dolly é submetida à eutanásia após desenvolver um câncer de pulmão.
- A China aprova a primeira regulamentação de um produto para terapia gênica.

2004- Primeiro animal de estimação clonado: um gato. Sequenciado o genoma do rato de laboratório.

2005- FDA aprova primeira droga para uma raça específica: um remédio para problema cardíaco exclusivo para negros. É publicado o genoma do cachorro.

 
Pin It
Atualizado em: Seg 25 Jun 2012

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222