person_outline



search

A PALMA E A MÃO

(Uma homenagem ao grande compositor Portugues João Pedro Pais )

A PALMA E A MÃO.

 

Gastei mais que as palavras,

Em sonhos que eram teus

E do pó que pisavas,

Fiz estada e céu.

 

Inventei ventos e ruas,

Fiz-me louco em teus braços

E das minhas frazes nuas

No teu corpo escrevi laços.

 

E se partires de manhã

Deixa a sombra e o chão

Esta noite eu e tu

Somos a palme e a mão.

 

E o nome que te dei

Tu já tens onde acordar

Amanha eu não sei

Quem te vai abraçar

 

E então voltas do nada

Sem pecado ou perdão

Esta noite eu e tu

Somos mqais que a razão.

 

Eu sou um mundo sozinho

Por isso é fácil dizeres não

Volta pra mim esta noite

Pra sermos a palma e a mão!

Pin It
Atualizado em: Seg 29 Out 2012

Comentários  

#1 Gilvan 31-10-2012 20:51
Luis Carlos, belo poema, versos inspirados e únicos.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222