person_outline



search
  • Trechos de Livros
  • Postado em

A tragedia que eu amei - Primeiro capitulo: Voltando do trabalho

Rio de janeiro, 23 de Fevereiro de 2015, uma segunda feira típica muito calor na famosa cidade maravilhosa, todos de costume, como bons cariocas que não negam seus hábitos, tomando sua cerveja, os bares todos lotados, pessoas falando de amor, paixão, família, sofrimento em geral diversos assuntos. Nada melhor para acompanhar este momento que uma boa cerveja gelada.
Carlos de 45 anos, solteiro com uma vida bem sucedida, formado em psicologia, trabalha em uma grande empresa, e finais de semana faz alguns trabalhos voluntários.
Caminhando livre entre uma das ruas que da acesso ao bairro da gloria, pensando em passar na padaria para comprar algo pra fazer o café da tarde.
Carlos é um ser livre, solteiro e deixa claro sua preferencia sexual, gosta de pessoas do mesmo sexo, mas tem como principio não ficar demonstrando sua preferencia, tem uma vida reservada e tranquila, sai com os amigos e gosta muito de cultura, como: cinema, teatro, exposições, bibliotecas etc...
Distraído com o fone de ouvido, escutando seu samba preferido da escola de coração a famosa “verde e rosa” Estação Primeira de Mangueira, só nota que tem algo de errado guando escuta as pessoas gritando é correndo, de uma maneira bem tumultuada e assustadora tentando se esconder. Carros subindo nas calçadas, pessoas se deitando ao chão.
De repente: carros de policias com a sirene ligada, ele avista dois indivíduos correndo com uma sacola verde na mão, que na verdade era um malote de dinheiro, que os dois bandidos tinham roubado em um banco próximo.
Desesperado Carlo derruba seu celular e assustado deita no chão.
Na perseguição a este assalto tinham vários policiais, mas quem estava perto realmente de capturar os bandidos era o Soldado Dante, Rubinho e Claudio.
Conhecidos como policiais implacáveis e com várias medalhas de honra ao mérito exerciam bem suas funções.
Pin It
Atualizado em: Qua 11 Out 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222