person_outline



search
  • Romance
  • Postado em

Só o tempo - Sinopse

Era mais um dia de aula exaustivo Jônatas vivia a famosa crise dos 40 anos, apesar de ainda ter 36 anos, não tinha mais certeza se a profissão que escolhera era realmente o seu sonho.
Casado pai de dois filhos que já estavam no final da adolescência, vivia uma rotina, que era bem chata, amava sua esposa Alice, eram casados a quase 18 anos, e desde muito jovens os dois trabalharam e batalharam por uma vida confortável.
Num dia normal dentro da sala de coordenação, conversando com seus colegas, começo a notar que naquele colégio lecionava a cerca de 12 anos, que tudo era sempre a mesma coisa.
Conversas, reclamações, e ninguém ali se movia para mudar ou melhorar aquela situação tediosa.
Percebera que sua vida era medíocre, e todos ali também estavam tendo uma vida medíocre, estavam na mesma rotina anos e anos.
Nada mudava, nada era legal, nada era mais prazerosa, em casa passou a reclamar do perfume da mulher, que a mais de 10 anos usava o mesmo.
Seus filhos, estavam cada vez mais distantes, cada vez mais rebeldes, a mais velha era sua aluna do 3º ano do ensino médio, o caçula, estava concluindo o ensino fundamental II.
 Alessandra sua filha de 17 anos estava com sérios problemas, se envolvendo com os piores alunos da escola, e Jônatas percebera que ela estava chegando alcoolizada até mesmo durante a semana, e estava indo cada vez pior na escola.
Seu filho mais novo João Benício, não dava trabalho, mas a cada dia ficava mais afastado da família, uma vez que as atenções sempre eram para sua irmã.
Jônatas e Alice apesar do amor que sentiam um pelo outro, estavam se acusando pelos problemas que Alessandra estava causando.
Jônatas queria, e iria se dedicar a escrever seus romances, e Alice era completamente contra, já não dormiam juntos alguns meses, vez por outra o desejo sexual explodia.
O divórcio era algo que já estava sendo cogitado em seus pensamentos, quando Alice começa a ter desmaios, ele acaba se vendo preso, em um ciclo de infelicidade.
Com a doença da esposa, seus sonhos parecem ser algo muito distante e longos sonhos as noites solitárias.
Com a doença de Alice  e uma súbita melhora, ele começa a perceber que sua esposa que tanto ama, não é a mulher fantástica e perfeita, como ele imaginava.
Insatisfeito com sua profissão, a doença da sua esposa, os problemas de Alessandra cada vez piores, e o namoro de seu filho mais novo que parecia estar ficando íntimo demais para a idade.
Fazem Jônatas entrar num estado de tristeza e desespero, onde se afunda na bebida e começa a ter surtos de violência.
Sem ninguém para o ajudar a sair daquela situação, ele encontra um apoio de onde ele menos esperava.
E que acabaria sendo o seu maior problema, e a grande transformação em sua vida medíocre.
Pin It
Atualizado em: Ter 12 Set 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222