person_outline



search
  • PoEmas
  • Postado em

Pássaros II

Encontrei-me com dois pássaros, dois belos pássaros que são flutuantes,
são enérgicos, cintilam e são joviais.
Em todos os encontros nossos, coloco-me a questionar.
Pois sou tão esperto poeta moderno, poeta de bar ou pior de final de filme.
Como sou consumista, amador de coisas, ó Deus como as amo.
Já esses pássaros me fazem questionar o meu ser, meu pequeno
modo de vida. Por mais benfeitorias que eu tenha feito não chegaria perto do ato bondoso e simples desses pássaros.
Quantas mais linhas tortas e estupidas irei compor até que enfim a morte e o esquecimento as acolha.
Pin It
Atualizado em: Qui 24 Ago 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222