person_outline



search
  • Artigos / Textos
  • Postado em

Dia 12

Agora o seu cheiro está indo embora. Os seus traços, eu já não consigo me lembrar tão bem deles. A sensação da sua barba passando no meu rosto já não é mais tão clara. O sorriso que eu dou quando lembro dos seus olhos já quase não acontece mais. O gosto dos seus lábios, já não o tenho. A intensidade do seu toque já não a desejo da mesma forma.
Eu esperei muito tempo para que isso acontecesse e agora que está acontecendo, ao mesmo tempo que me sinto aliviada também me desespero pois sei que quando até as lembranças deixarem de serem nítidas, você terá ido embora também da minha mente, porque fisicamente você já foi há muito tempo. Mas sei: ainda restará uma sombra de você no meu coração.
E eu me forço às vezes sabe? Eu lembro das coisas que você me disse, em como elas doeram. Mas meu coração é bobo, na mesma hora ele me ataca com as lembranças boas que ainda me restam e me lembra como aqueles momentos pareciam eternos. E eu me culpo. Me culpo por ser assim, tão intensa até quando não deveria ser. Por acreditar ainda em qualquer coisa que me faça bem, por sempre acreditar no melhor das pessoas, coisa que você criticava em mim. "As pessoas são más", você me dizia. Até você foi. Mas sabe, ainda sim, depois de tantas quedas, machucados e apesar de toda essa dor que estou vivendo sozinha, eu não seria como você. Eu não mudaria nada. Eu seria a mesma pessoa, intensa, que se doa e que ama saltar naquele buraco escuro. Eu não ligo mais se isso sempre me proporcionará o risco de sofrer ou de não conhecer a reciprocidade porque, no final, eu amo ser assim. Tenho horror a frieza: da alma e do coração.
Eu realmente queria que não só as lembranças ficassem, mas que você também tivesse ficado. Mas cada vez que olho para os lugares onde estivemos e lembro das coisas que fizemos juntos, não enxergo mais você lá. E quando olho para o meu coração, está lá aquela versão preto e branco, quase apagada, daquele menino do bosque, tímido. Eu me pergunto quanto tempo falta para que até ele suma, pois a menina apaixonada do bosque está se despedindo. Ela precisa seguir em frente.
Pin It
Atualizado em: Dom 13 Ago 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222