person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

Libertação e luta

Milhares de vezes tentei te libertar
Até hoje ainda penso que posso te acordar
Mas é que entre mil grilhões na tua mente
Só posso dizer que sinto e só posso tentar

Tentar ser a chave da porta
O avivamento dentro da materia morta
Tentar ser a alavanca da engrenagem
O guia da viagem

Mas é que jogaram barro na tua vista
E quebraram tuas pernas
Te iludiram pra impedir qualquer conquista
E te fizeram participar do mito da caverna

No fim de tudo só as palavras lhe restaram
Só as palavras da libertação que eles alinharam
Espalharam em entrelinhas para quem precisar
A luz no fim do túnel pra quem quiser se salvar

Quem quiser tentar ser a ponte dos povoados
Quem quiser ser a atadura dos povos marcados
Os tempos e mentalidades foram mudados, tudo se alterou
E você e eu devemos reconstruir o que sobrou

Numa das mãos um livro, na outra uma espada
Quero recitar linhas de uma historia alterada
Quero recuperar o folego e estar alerta
Para que minha voz não seja calada
Pin It
Atualizado em: Dom 13 Ago 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222