person_outline



search
  • Micrônicas
  • Postado em

Na Noite

        E foi na noite. A vodka em demasia, em cascata, um rebuliço de sons, caras e bocas. Os passos, o beijo, a boca marcada para sempre.  Pelos que arrepiam. Palavras, prazer e corpo. Ar, sutil, pensamento na cama. Leve, entorpecido. Fome de pele. E o sangue não coagula, não acumula. O instante de não ter sido. A paz do momento e a beleza de acordar. Foi na noite.  

Pin It
Atualizado em: Dom 19 Jul 2015
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222