person_outline



search
  • Crônicas
  • Postado em

Odeio

             Incomoda-me quem te toca. Quem te lambe, te toca, puxa, enrola. Esfaima-se, engole, lambuza. Quem conhece teu quarto, sabe dos sapatos embaixo da cama, das roupas jogadas pela casa. Usa tua escova de dente, te acompanha no cinema. Te vê de quatro, do avesso, cansada, ousada, às vezes desapontada. Sabe seu jeito, seu modo. Como acorda, como deita, como ronca, sorri, chora, bebe. Te pega, beija, te chupa, te sai, te entra. Incomoda-me quem te dá amor. Liga, manda mensagem, flores, presentes, jantar. Esmiúça-te e te sabe. Amanhece, adormece, te abraça, apóia, anda de bicicleta, tem salário, faz faculdade. Vai à praia, te ensina a nadar, gosta do seu papo. Te come, merenda e petisca. Viaja, tira férias, diverte. Geme, amarra e gosta. Incomoda-me não ser eu.

Pin It
Atualizado em: Qui 25 Jun 2015
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222