person_outline



search
  • Crônicas
  • Postado em

Insônia

Triste é acordar e lembrar-se dos preparativos para o sono. Ver a noite tão triste, como se o universo tivesse sido abandonado pelo seu criador. Deixar o celular carregado em caso de emergência, separar um Rivotril no criado mudo para usa-lo em caso de insônia. Vasculhar os quartos vazios e deixa-los organizados para receber aqueles que nunca chegam. Refletir sobre o amor inventado para acalmar o peito. Pensar no trabalho árduo e sem função social do dia seguinte. Pensar nas contas vencidas, na carta de despejo, no amor verdadeiro que nunca existiu. Rever as cartas antigas, vasculhar mensagens do ente querido e as perversidades sexuais da parceira inexistente. Olhar a geladeira e não achar nada que me apeteça, olhar para a lua quando as nuvens a ocultam. Ver um filme, ligar para os filhos distantes, beber a última cerveja quente, deitar na cama e se masturbar para relaxar. Fechar os olhos, rezar o pai nosso, ajeitar o travesseiro, se embrenhar no cobertor, ficar em posição uterina e tentar dormir. Rolar, levantar, beber água, urinar, contar até cem e enfim repousar em paz.

Pin It
Atualizado em: Dom 21 Jun 2015
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222