person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

A Verdade sobre o Reflexo no Espelho

Um homem parado observa o planeta ao seu redor.
Cenário de dor.
Palco das angustias.
Plateia encantada pelo sofrimento.

Um homem olha para o seu umbigo e vê o mundo.
Pelos, vísceras e cérebro.
Jardim encantado do medo.
Assombro meticuloso do sofrimento.

Um homem chora olhando para lua.
Angustia exasperada da dor.
Percepção aguçada do ser.
Propenso e fadado a desistir.

Um homem isolado olha para o seu cadáver.
Flor que nascerá.
Destino que se cumpriu.
Aflição que se dissipa.

Eu olho um homem no espelho.
Observo o planeta ao meu redor.
Vejo o mundo em meu umbigo.
Choro olhando para lua.
Sou o reflexo do defunto.

Pin It
Atualizado em: Seg 4 Mai 2015
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222