person_outline



search

reflexão

  • Caminhe para a felicidade

    Estive pensando, quantas vezes choramos por alguém,
    quantas vezes abdicamos das nossas escolhas,
    da nossa felicidade pra está ao lado do que achamos ser nosso ponto de paz?
    Ah mulher, se tu soubesses que o caminho não é tão curto assim.
    Que amor é mais do que dar e receber.
    Que é mais do que apenas ter.
    Eu sei que dói.
    Dói não ser valorizada.
    Dói dar as mãos a quem não faz questão nem de te dá os pés.
    Mas sabe o que dói mesmo?
    É ver você ai, triste e se privando de viver a melhor e única vida que você tem.
    Esquece isso de você tem o que merece!
    Ou de está com alguém só porque o mundo acha que pra você ele é o ideal.
    Se liberta! Você pode ser/ter o que quiser mulher!
    Quem te disse que tem que ser sempre assim?
    Abre essa janela, vai ser feliz! A vida é tão curta, vai mesmo gastar ela sendo infeliz?
    Levanta dessa cama, termina tuas coisas mal resolvidas e tire alguns dias pra você.
    Dê férias a sua alma.
    Sabe qual deve ser a sua primeira e maior prioridade? Você!
    “Acorda, toma um café,
    penteia esse cabelo e saiba que
    você não precisa de mais ninguém para ser feliz.
    O mundo é seu.”
    Promete-me só uma coisa?
    Se é pra perder tempo, que seja sendo feliz! 
    Ouvi dizer que a felicidade bateu na tua porta alguns segundos atrás.



    Citação: Caio Augusto Leite








  • Cão Morto

    Muito morto, tanto quanto pode ser. Sim. E mais: Contente.
    Senti uma bofetada no rosto. Ele não, estava morto. Um morto não se assusta com um vivo, muito menos aquele desvivido, bravo. Negaram, abandonaram, maltrataram e por fim, mataram-no. E mesmo assim, permanecia como um monumento anônimo numa rua perdida de uma Curitiba estranha. Olhos escancarados em desafio inconveniente à vida que lhe foi tão custosa, a língua para fora estancando um sorriso macabro.
    Voltando ao golpe. Fui pego de surpresa, mas é redundante, golpes são assim. Eu que, arrogantemente, andava em plena vida nesse mundo de imortais, me virei, dei de cara com a morte. E ela me esbofeteou. Justo. Sem aviso ou mensagem, interrompi sua peça póstuma em ousadia digna de gente. Como quem não quer nada adentrei em sua morada e chutei o trabalho de sua, ironicamente, vida.
    Mas foi ela (a vida) quem primeiro me bateu, a fragrância de milhões e milhões de seres vivos lutando uma batalha infinda pelos restos do cão, excretando compostos dos mais variados e malcheirosos. Desculpa, menti, afinal a vida e a morte são a mesma donzela, e seu tapa era igual. E ele ria, em deboche. Ele? Sim, o cão.
    Porque, fruto do desprezo de milhares de pessoas estava ali, morto mas nunca tão cheio de vida, contra a vontade de todos que empinaram o nariz a ele. Havia vencido. Pela ação de milhões de decompositores cada pedaço de matéria em sua carcaça renasceria, era imortal e isso lhe dava certo contentamento a morte e a vida que teve.
    Um dia, pensei eu afagando o rosto moralmente doído, ele será gente, e empinará o nariz para aqueles que um dia lhe foram irmãos no abandono. Ai eu entendi. Tempos atrás, havia sido cão e, algum dia, amaldiçoei essa raça esnobe e estranha que me negava. Ironicamente, em uso do ciclo interminável da matéria, eu renasci gente e tive a chance também de negar meu passado oculto. Devo tê-la tomado, não lembro, o que torna o pecado ainda pior.
    Ele ria entre moscas e tive pena, por fim. Meu rosto já esfriava, o dele era o próximo. As mil próximas vidas lhe custariam muito mais que essa, ele ria, morto, contente, inocente.
  • Cárceres

    Você passarinho em gaiola

    Não soube ser livre agora chora

    Longe de tudo o que é bonito

    Só vê tristeza fogo e conflito

    Você que olha pro nada

    Viajou para o País das Maravilhas

    Nem Alice suportou tanto sonho

    E voltou daquele mundo medonho


    Você que na sombra sumiu

    No pó da loucura se diluiu

    O silêncio de toda madrugada

    É o epitáfio de sua morada

    Você que a tempo escapou

    Agora recorda momentos que passou

    Retrata tudo em uma canção

    Se fez refém do coração

    A vida é como casa sem porta

    Cárcere privado caminho sem volta

    Nela se foram velhos companheiros

    Cúmplices de dor tolos guerreiros

    Que como eu amaram a ilusão

  • CARTA À IGREJA DE ÉFESO NO APOCALIPSE

    “Escreve ao anjo da igreja de Éfeso” que é o centro de energia ou chacra raiz, na base da espinha dorsal,

    Este é o centro criador do físico, por meio do instinto sem a divina compreensão,

    Estas coisas, diz aquele que conserva na mão direita, as sete estrelas e os sete candeeiros de ouro,

    O conquistador do apocalipse, o Cristo, o soberano dos cinco sentidos, da imortalidade e da iluminação.



    Eu o Cristo, conheço tuas obras, o trabalho, como a tua perseverança e que não podes suportar os maus,

    As recordações e feitos que causam a segunda morte e que impedem a alma da sua completa purificação

    “Puseste à prova os que a si mesmo se declaram apóstolos e não são”, prometendo saber aos seguidores,

    Porque são os agentes do inimigo interior, no corpo-templo que trabalham em oposição.



    Como distinguir o falso apóstolo e profeta, os agentes do inimigo que trabalham em oposição?

    É aquele que usa a mente carnal, sem iluminação espiritual e entende com o intelecto e seu argumento,

    Não aceita adorar Deus em espirito e em verdade e transfere sua responsabilidade sem adorar ao Pai

    Não dá importância ao mandamento: Ama a Deus de toda força, todo teu coração, alma e entendimento.



    Como compreender o que o Cristo em Jesus disse: Adorai Deus em espírito e em verdade?

    Está escrito: “Deus é espírito” é a vida, a luz, este é o eterno entendimento e divina percepção,

    Para louvar e adorar a Deus, o Cristo, o espírito é necessário aceitar a divindade eterna, o seu eterno EU,

    Como aceitar Deus em si que é sua vida? Lembre-se o que está escrito: Filho meu, dá-me o teu coração. 



    Tens perseverança, e suportastes provas por causas do meu nome, e não te deixaste esmorecer,

    Embora tenha o trabalho e impressões que prendem ao passado e ao futuro, sem iluminação espiritual,

    “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor,” que era o amor superior e universal,

    Foi abandonada a divinização do centro coronário, chamando de amor, a ilusão carnal e emocional.



    O que quer dizer na carta: lembra-te de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras?

    A queda é não se lembrar do centro superior, a consciência de Deus EU SOU na Chama do coração,

    Esqueceu sua divinização no centro superior, o centro de energia, o chacra coronário no alto da cabeça,

    As primeiras obras é celebrar a pureza da energia sexual sem sensualismo, para não roubar sua função.



    E o que significa: E se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas?

    O centro de energia superior é o centro da unidade espiritual é onde se converte em Deus criador

    Mover o candeeiro de seu lugar é deixar de ser criador nos mundos: físico, da alma e do espirito,

    Porque o homem e a mulher eternos, o Cristo deve criar guiado pela caridade e pelo divino amor.



    Então guiados pela caridade e o amor é aceitar Deus em si, este é o verdadeiro louvor?

    Seja fiel ao Cristo, o espírito doando a vida eterna no seu coração, este é o louvor consciente,

    Diz o apocalipse: Quem tem ouvidos, ouça o que o espírito diz as igrejas, que são os centros de energia,

    E o que é o espírito? É Deus, o Cristo, a vida, o onipotente, onipresente e onisciente.



    Observe que para obter o conhecimento espiritual, somente na mente de Deus no coração,

    Com a consciência divina, intensifique o amor do Cristo, o espírito, isto é o que Deus em Jesus dizia,

    A prova de fogo e a verdadeira e divina intenção é aceitar, sentir e louvar a divindade em si mesmo,

    No altar de adoração, no pote de ouro, o coração, a luz Deus irradia.  



    “Ao vencedor dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus”

    O paraíso é Deus EU SOU na Chama do coração, acesse a sabedoria da mente espiritual,

    Alimentar-se da árvore da vida é a Chama de Deus respirando dentro dela mesma os raios do mar de luz

    Porque a sabedoria divina está na mente de Deus no coração, a coroa da vida eterna, a luz universal.
  • CARTA À IGREJA DE ESMIRNA NO APOCALIPSE

    “Escreve ao anjo da igreja de Esmirna” que é o centro de energia ou chacra abaixo do umbigo

    Este é o centro criador, no físico, ligado à reprodução humana e prazer sexual, sem a divina consciência,

    Estas  coisas diz o primeiro e o último, Deus, o Cristo, a vida em tudo e em todos, o único poder atuante

    Que estive morto e tornou a viver, foi crucificado na carne e ressurge porque é a divina inteligência.


    Então ressurge dos mortos por que o espírito, a Chama, o Cristo, é a vida eterna?

    Permaneça na consciência de Deus no coração, a Chama da vida eterna, o Cristo e dome a mente carnal,

    O desejo carnal de consumir tudo e diz que está lutando pela vida é a morte, a cilada do inimigo oculto,

    A coroa da vida eterna está na mente de Deus em seu coração que é a eterna mente celestial.


    Como entender o que diz a carta: Conheça a tua tribulação, a tua pobreza, mas tu és rico,

    A tribulação é o sofrimento da carne porque ignora Deus, a vida, firme-se no amor divino e sua expansão,

    Porém tu és rico porque no espírito, o Cristo, a vontade divina é transmutar as limitações materiais,

    A pobreza são os desejos da carne, consumindo tudo e o Cristo é a vida, a eterna luz e sua irradiação.


    E quanto aos que dizem: Pertenço à luz e não são, mas que lutam contra Deus, o Cristo e não sabem?

    Propagam os falsos ensinamentos, afastados da razão eterna no coração, sem o divino conhecimento,

    Com o intelecto se apoderam da sabedoria do Cristo na mente divina no coração do homem e da mulher

    Não seguem a sabedoria de Deus, o Cristo em tudo e em todos e seu eterno ensinamento. 


    E o que diz no apocalipse que o inimigo oculto está para lançar em prisão alguns dentre vós?

    Significa apossar-se da mente de Deus no coração ocultando a vontade divina da luz, a eterna expansão,

    O inimigo oculto quer sempre confinar a divina luz no seu domínio, com os desejos libertinos da carne,

    O objetivo no apocalipse é o Cristo no coração do homem e da mulher vencer toda esta tribulação.


    E o que quer dizer: Não temas as coisas que tens que sofrer?

    É não temer o inimigo oculto que se encontra no baixo ventre, na carne, com intenção consumidora,

    Na bíblia diz que a carne luta contra o espírito ou age contrário à vontade de Deus, o espírito, o Cristo,

    Porque o espírito só doa e expande a energia doadora de vida, com sua luz transmutadora.
     

    Então isto é que se refere a bíblia quando fala em agir com o desejo da carne que é o desejo do mal?

    Você é controlado pelo desejo do mal correndo atrás da necessidade da carne e luta pela sobrevivência

    O espírito divino, o Cristo é a luz, a vida eterna em tudo e em todos, nada necessita,

    Enquanto a carne corre atrás de sobrevivência, esquece o Cristo no coração, a vida, a eterna inteligência.


    Assim em vez de correr atrás, o certo é aprender a projetar, crear e agir com o Cristo no coração?

    Você está sempre creando e não sabe, está trabalhando só para o desejo carnal, sem a divina percepção,

    Como tudo que você imagina crea, o que  crea experimenta e o que experimenta crea   

    Use a sua imaginação para criar o novo, o eterno viver, seja o espírito, a luz na Chama do coração.


    Assim a contínua evolução é a expansão da Chama no coração, a glória, do Cristo do Pai eterno?

    Entenda sua responsabilidade que é conduzir a terra com o Cristo no coração para a sublime perfeição

    O verdadeiro e eterno trabalho é Ser a luz, a vida, o Cristo em ação com o pensamento da mente divina

    Pensando com a mente de Deus no coração, você é responsável pela criação no universo e sua expansão.


    “Ser fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida”, que é a coroa da luz da sagrada Chama imortal,

    Quem tem ouvidos, compreensão, ouça o que o espírito diz as igrejas, no corpo, os centros de energia,

    Não receberá o dano da segunda morte do corpo de desejos, que busca só a satisfação no ato sexual,

    É agora o conquistador do apocalipse, o Cristo, com a mente eterna no coração, a luz que irradia.
  • CARTA À IGREJA DE FILADÉLFIA NO APOCALIPSE

    Escreve ao anjo da igreja de Filadélfia, o centro de energia ou chacra frontal, entre as sobrancelhas,
    Este é o centro criador, responsável pela atenção, síntese e interesse pelo novo e força de vontade,
    Estas coisas, diz o Santo, o verdadeiro, que tem a chave, abre e ninguém fecha, fecha e ninguém abre,
    O Senhor da mente de Deus no coração, o conquistador do apocalipse, o Cristo, a sua eterna identidade.
     
    “Conheço tuas obras, eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta”  
    Farei vir a ti alguns dos que são da sinagoga de satanás, os que a si mesmos diz que são da luz, e não são,
    Tens pouca força, mas guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome,
    Porque aceita a consciência ou onisciência divina e sabe que a mente de Deus está no seu coração.
    O que significa: tenho posto diante de ti uma porta aberta?
    O Cristo em Jesus disse: EU SOU a porta aberta que ninguém pode fechar
    Está escrito: quem fala é Deus EU SOU, é o Santo, o Cristo que tem a chave e ninguém fecha,
    Fecha e ninguém abre, porque a porta aberta é Deus, o Cristo no coração que no corpo templo é o altar.
    O que diz o apocalipse: tens pouca força, mas guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome,
    Porque reconhecendo a presença de Deus em si, não nega o divino ensinamento,
    Tens pouca força, porque na consciência divina, precisa transmutar o fogo da tentação em luz e força,
    Para expressar a vontade de Deus EU SOU na Chama do coração e seu divino pensamento.
    Como entender: Farei vir a ti os que mentem, e prostrar-se aos teus pés, e conhece que Eu te amei,
    Os que mentem, têm certas faculdades de conhecimento do intelecto, sem iluminação espiritual,
    “Porque guardaste a palavra de minha perseverança”, as palavras que são do espírito como diz a bíblia,
    Eu te guardarei, significa se proteger e não ser enganado pelo intelecto, e os cinco sentidos com seu ritual.
    E o que quer dizer: Também Eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro?
    Refere-se à provação dos habitantes da terra, enganados pelo falso profeta, o intelecto e seus argumentos,
    “Venho sem demora, conserva o que tens para que ninguém tome a tua coroa”,
    Significa guardar o divino entendimento da luz que irradia o saber do amor impessoal nos pensamentos.
    Ao vencedor, ou aquele que conquista a si mesmo, fá-lo-ei coluna no santuário do meu Deus,
    No santuário de Deus que é o corpo como diz a bíblia é uma coluna de luz, porque alcançou a libertação,
    O nome da cidade de meu Deus, o poder verdadeiro de Deus no corpo-templo é o Cristo,
    A nova Jerusalém é a cidade de paz, o corpo eterno do homem e da mulher é a luz do Cristo no coração.
    Como explicar melhor sobre a nova Jerusalém a qual desceu do céu de meu Deus?
    O homem e a mulher ao descerem do céu é a eterna luz de Deus dentro de si mesmo, revela a perfeição,
    É a coluna no santuário de Deus, o corpo-templo, o salvador do mundo, o Cristo manifestado,
    Esta é a vontade divina, a segunda vinda do Cristo, a glória de Deus em ação.
    Então nesta fase, o homem e a mulher não têm mais o corpo carnal? Na bíblia está escrito:
    A carne e o sangue não herdarão o reino dos céus, porque não atendem a perfeição celestial,
    Como Deus creou o homem e a mulher eternos, o Cristo no coração, somente a perfeição reinará,
    Está escrito: assim como é em cima é embaixo, o reino Deus na terra é a vida eterna, a vida espiritual.
    Você agora entende que o caminho para seguir no universo é a luz, seu eterno Ser, o Cristo no coração?
    A Lei do amor do Pai eterno é o poder da energia creativa na terra, precisa ser estudada e redescoberta,
    “Quem tem ouvidos, compreensão, ouça o que o espírito diz as igrejas”, no corpo, os centros de energia,
    Pratique a lei eterna com persistência e determinação e saiba que Deus em você mesmo é a vitória certa.
  • CARTA À IGREJA DE LAODICÉIA NO APOCALIPSE

    Escreve ao anjo da igreja de Laodicéia, o centro de energia ou chacra coronário no alto da cabeça,

    Este é o centro criador que rege a troca de energia com o universo, é o centro da unidade espiritual,

    Esta coisa diz o amém, a testemunha e verdadeira, o princípio da criação de Deus,

    O conquistador do apocalipse, o Senhor da mente de Deus, o seu Cristo, a verdade eterna e universal.



    “Eu conheço as tuas obras, que não és frio”, porque ignora a segurança do saber espiritual,

    Nem é quente na devoção, e na tua fé, Deus dera fosses frio ou quente com a divina compreensão.

    Assim, porque és morno, sem a fé que é do espírito e sem o saber da mente de Deus e sua manifestação,

    “Estou a ponto de vomitar-te de minha boca,” porque a mente carnal não aceita o Cristo no coração. 



    Como explicar melhor que vai despejar pela boca?

    Despejar pela boca é revelar a verdade pelo poder do verbo, a espada, a palavra do espírito, a fé e o amor,

    Porque a mente carnal e o intelecto fala que ama o Cristo e não entende como amar a Deus que é a vida

    Para manifestar o Cristo em seu coração somente amando Deus em espírito e em verdade o amor Criador.



    Pois dizes: estou rico e abastecido, e não preciso de coisa alguma,

    O intelecto com o saber provisório, não sabe que a mente de Deus, do Cristo é o eterno conhecimento,

      “E nem sabes que tu és feliz, mas, pobre, cego, e nu” porque não tem roupa ou a aura limpa e pura,

     “Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo” com a mente eterna e seu pensamento.



    Como entender com a eterna mente, que é rico e abastecido, e não precisa de coisa alguma?

    Todo pensamento é dirigido pelo Cristo, a Chama da vida eterna no coração,

    Como Deus é o Cristo, a vida, só doa, irradia a luz, nada necessita, esta é a sabedoria e eterna riqueza,

    Comece a pensar com a mente eterna no coração e aprender a criar com a luz universal e sua irradiação.



    O que significa: para te vestires, a fim de que não seja manifestada a vergonha de tua nudez?

    É manifestar no ouro refinado, a sua veste branca, de aura de pureza, para não mostrar a pobreza espiritual,

    “O colírio para ungir os seus olhos”, é ver com a consciência da luz de Deus em seu coração,

    Sê, pois, zeloso, Eu compreendo e disciplino o quanto amo, para que todos preparem a sua veste nupcial.



    Como preparar a veste nupcial?

    Viva plenamente a presença de Deus EU SOU na Chama da vida eterna do coração

    Deixe a luz atuar sempre em sua vida e em seu mundo, assim veja as células do corpo em movimento,

    A Chama luminosa, o eterno corpo de luz é a túnica nupcial ou inconsútil do Cristo, esta é a libertação.



    O que quer dizer o apocalipse: Eis que estou à porta, e bato, se alguém ouvir a minha voz?

    Deus, o Cristo é a luz dentro do seu coração é a energia de vida eterna e criadora,

    Abrir a porta e ouvir a voz divina,  significa se abrir para o entendimento do fluxo da luz universal

    E despertar conscientemente para o mundo da vida eterna em si mesmo, a luz expansiva e libertadora.



    Ao vencedor dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como venci e me sentei no trono do meu Pai

    isto significa que o reino de Deus está dentro e o Cristo é um com o Pai, o amor eterno dentro do coração,

    É agora uno com a consciência divina, obtendo a onisciência e permanecendo na unidade universal,

    Converte-se em Deus criador, esta é a segunda vinda do Cristo, a glória de Deus em ação.



    Deus  uno e todo poderoso, emana a vida que você vive, porque é a Presença Suprema no universo

    Esta é a poderosa presença de Deus EU SOU eternamente pura, Santa, perfeita e reluzente,

    A vida una no universo é a dádiva de Deus, a joia sagrada do amor divino, a fonte da luz universal,

    Deus confia o Cristo no seu próprio coração, ame e adore a luz, faça com que ela se expanda eternamente.
  • CARTA À IGREJA DE PÉRGAMO NO APOCALIPSE

    “Escreve ao anjo da igreja de Pérgamo” que é o centro de energia ou chacra solar acima do umbigo

    Este é o centro criador que no físico está relacionado com os desejos inferiores e a emoção

    Estas coisas diz aquele que tem a espada afiada de dois gumes

    A espada afiada de dois gumes é o poder do verbo, da vontade de Deus e seu Cristo em ação.



    “Conheço o lugar em que habita e onde reside o inimigo oculto, onde está o trono de satanás”,

    O reino do inimigo oculto está do umbigo para baixo, criador da mente carnal com maus pensamentos,

    “Embora conserve o meu nome, e não negaste minha fé, tenho contra ti algumas coisas”,

    Porque foi formado um reino inferior ou inferno e domina o mundo externo com maus sentimentos.



    Isto significa que aparentemente aceita o nome e a fé em Deus e nega o amor do Pai eterno? 

    Está escrito para permanecer na fé e esperança e no amor, porém o maior destes é o amor,

    E ainda completa: não se pode anular a lei do amor pela fé, porque Deus, o Cristo é o amor,

    Só existem fé e amor sentindo Deus no seu coração, este é o eterno mandamento e eterno louvor.



    Como entender as obras que atraem os maus pensamentos à parte inferior?

    A ilusão anticrística não aceita louvar o reino superior do poderoso Deus EU SOU no Cristo no coração

    Esconde e não aceita a mente de Deus no coração, onde está a sabedoria divina e universal,

    Honra a Deus com os lábios e o coração longe do Pai, o desejo carnal é a cilada com sua paixão e emoção.



    Então a paixão e emoção carnal desperta uma foça contrária ao amor que é o eterno mandamento?

    Entenda o que está escrito: “as obras do espírito é amor, paz, bondade, fé, caridade e mansidão.”

    As obras da carne são: lutas, inimizades, preocupação, medo, interesses carnais, reação e emoção,

    Isto significa que a fé e o amor são do espírito que é Deus, o Cristo, a vida em tudo e em todo coração.



    Assim o inimigo oculto,  com a paixão e emoção carnal apossa-se da fé e não ensina amar ao Pai eterno?

    Diz o apocalipse: “tens os que formam e sustentam a doutrina dos nicolaitas”, sem iluminação espiritual,

    Não entendem, nem ensinam o que está escrito: A palavra é luz e a fé e o amor só se encontra no espírito,

    O Cristo em Jesus dizia: “o reino de Deus está dentro de vós”, é o ensinamento divino e intenção celestial.



    Arrepende-te: e se não, venho sem demora e contra eles pelejarei com a espada de minha boca,

    Porque a espada é o poder do verbo, as palavras dirigidas é luz e você é um foco de luz da divindade,

    Entenda que a luz na palavra, visão, audição, tato, paladar e olfato são do Cristo no coração,

    Como você pode amar a Deus, sem aceitar o espírito divino, a luz, a sua eterna identidade? 

     

    O que quer dizer o apocalipse: minha testemunha fiel, o qual foi morto entre vós, onde habita satanás?

    O Cristo em Jesus deu exemplo como amar ao Pai, com toda força, coração, alma e entendimento,

    Ame ao Pai em espírito e em verdade, porque só no espírito, o Cristo, é encontrado o amor e fé,

    Ame a Deus, manifeste o espírito divino em seu coração, esta é a segunda vinda do Cristo e seu advento.  

     

    Ao vencedor, dar-lhe-ei do maná escondido, bem como lhe darei uma pedrinha branca escrita seu nome,

    O maná é a luz-líquida viva de Deus que tudo transmuta e a pedra é a vontade de Deus e sua sabedoria,

    “Quem tem ouvidos, compreensão, ouça o que o espírito diz as igrejas”, no corpo, os centros de energia,

    Ninguém conhece só aquele que recebe pelo seu esforço, o eterno amor e fé, a luz de Deus que irradia.



    Entenda o que é lei do amor, porque você é portador da eterna luz da mãe divina que é o Espírito Santo,

    Você deseja carregar a tocha da iluminação da Chama da vida no coração, da terra e da humanidade?

    Aceite a Chama luminosa, o mar da vida no seu coração e saiba que a fé é do espírito, o poder que move,

    O amor é a perfeição de Deus, a essência da creação, o Cristo em tudo e em todos,  a luz da eternidade.
  • CARTA À IGREJA DE SARDES NO APOCALIPSE

    Escreve ao anjo da igreja de Sardes, o centro de energia ou chacra laríngeo,

    Este é o centro criador que rege a fluência das palavras ou expressão criativa do verbo, a comunicação,

    Estas coisas diz aquele que tem os sete espíritos de Deus, e as sete estrelas,

    O Cristo, o Senhor da razão da mente de Deus no coração, o conquistador do apocalipse, a revelação.

     

     “Conheço tuas obras, tens nome, vives e estás morto”, porque não tem consciência do Cristo no coração,

    Pois não tenho achado integras as tuas obras na presença do meu Deus

    Sê vigilante, e consolida o resto que estava para morrer,

    Lembra-te, pois, de como tens recebido e ouvido, guarda-o, arrepende-te e sigas a lei do amor de Deus.



    O que significa sê vigilante, e consolida o resto que estava para morrer?

    Significa despertar da morte, porque se afastou da luz, a vida, Deus em seu coração,

    Sê vigilante é manter a atenção e entender que a fé e o amor divino estão dentro si mesmo

    O resto que estava para morrer são as obras da mente carnal com sua limitada razão, ilusão e emoção.



    Como entender: lembra-te de como tens recebido e ouvido, guarda-o, e arrepende-te?

    Porque é necessário se lembrar do espírito, o Cristo, a Chama da vida, a luz e sua irradiação,

    Seguir a lei do amor e a fé de Deus é expandir esta luz, as obras do espírito é a vontade divina e criadora

    Porque o homem e a mulher foram criados a imagem e semelhança e são o rei da criação.   



    Os elementos da natureza estão à disposição para esta expansão, porque  não tem função consumidora

    Deus confiou a ciência ao homem e a mulher irradiando a luz da vida, o Cristo em seu coração,

    Com a finalidade do entendimento do amor divino, a fé, a esperança e a generosidade,

    Arrepende-te, porque foi esquecida a responsabilidade e seus deveres criadores da luz e sua expansão.



    Porquanto, se não vigiares, virei como ladrão, e não conhecerás de modo algum em que hora virei a ti,

    Vigiar significa despertar do sono da morte, por se afastar de Deus no estado de ignorância e inconsciência,

    É preciso acordar para consciência de Deus em seu coração, a sua vida,

    Senão, Deus manifestará a luz, o Cristo em seu coração, com a voz silente da sua eterna consciência.



    Então o plano divino de Deus é manifestar o Cristo na Chama da vida da terra e da humanidade?

    A luz, o Cristo foi emanado do coração de Deus e a luz, o espírito divino diz: quero voltar a ti, ó Pai,

    Tudo partiu da divina unidade da eterna luz, a ela voltará, é a segunda vinda do Cristo e sua manifestação,

    O Cristo manifestado na Chama do coração, o Pai diz: estou aqui filho, a tudo e a todos amai.



    O que quer dizer o apocalipse: Em Sardes, umas poucas pessoas que não contaminaram suas vestiduras? 

    São os que têm sua aura de luz, o corpo etérico limpo ou a túnica nupcial luminosa e irradiante,

    “Andarão de branco junto comigo, pois são dignas”,

    Porque a consciência do Cristo no coração absorveu o que não serve a luz e tem a túnica brilhante.



    “O vencedor será vestido de vestes brancas”, é a túnica nupcial ou inconsútil que fala a bíblia,

    E de modo nenhum apagarei o seu nome do livro da vida, porque alcança a liberdade espiritual,

    Alcança à libertação e, seu nome é incluído na felicidade eterna ou no livro da eternidade,

    Confessarei o seu nome e diante de meu Pai e diante dos anjos é agora o Cristo no reino celestial.



    Entenda que Deus na mente eterna em seu coração está sempre dirigindo e é Senhor em toda situação

    A atração da luz nas palavras e pensamentos é dirigida por Deus, atraia as ideias da vida, a unidade,

    “Quem tem ouvidos, compreensão, ouça o que o espírito diz as igrejas”, no corpo, os centros de energia,

    O campo de força de atração na atmosfera da terra, em sua volta, é luz universal, a energia da divindade.
  • CARTA À IGREJA DE TIATIRA NO APOCALIPSE

    Escreve ao anjo da igreja de Tiatira, o centro de energia ou chacra cardíaco, o coração, símbolo do amor,

    Este é o centro criador que rege as trocas afetivas, compaixão, alegria e sentimentos nobres em ação,

    Estas coisas diz o filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo e os pés como bronze polido,

    O Cristo, o conquistador do apocalipse, o Senhor da eterna razão da mente de Deus no coração.



    “Conheço tuas obras, o teu amor e fé, a tua perseverança e tuas obras mais poderosas que as primeiras”,

    Tenho, porém, contra ti, porque toleraste que essa mulher Jezebel que a si mesma se declara profetiza,

    Não somente ensina, mas ainda seduz os meus servos a praticarem a prostituição,

    Como também a comerem de coisas sacrificadas a ídolos e ignora o amor de Deus que tudo realiza.



    O que significa as tuas obras mais poderosas que as primeiras?

    As obras mais poderosas é o fogo serpentino e criador que vitaliza o centro cardíaco, o coração,

    Com este fogo criador, são adquiridas as virtudes de amor, fé, a caridade, perseverança e paciência,

    Com a mente do Cristo no coração, trabalhe para fazer a vontade de Deus, a consciência da eterna razão.  



    Como entender sobre a mulher Jezebel que a si mesma se declara profetiza? 

    Refere-se à entidade emocional que seduz os servos de Deus utilizando a falsa razão da mente carnal

    Inventa certas desculpas, para justificar o desenvolvimento de algumas faculdades psíquicas,

    Usa os fenômenos psíquicos da emoção, não entende o que é o amor divino e diz que é fé espiritual.



    E foi-lhe dado tempo para que se arrependesse da fornicação e ela não se arrependeu

    “Eis que eu a lanço na cama”, que são as dores, “bem como em grande tribulação”, 

    “Os que com ela adultera caso não se arrependam”, das obras de emoção da carne que ela incentiva,

    Matarei os seus filhos, e todas as igrejas que são os centros de energia do corpo-templo conhecerão.



    O que significa matar os seus filhos e todas as igrejas conhecerão? 

    Serão transmutados todos os seus frutos de baixa vibração, e transformados tudo em luz irradiante,

    Todas as igrejas conhecerão, porque os centros de energia do corpo-templo com seus selos serão abertos,

    Significa que os sete candeeiros ou candelabros irradiam sua chama luminosa, a eterna luz triunfante.



    EU SOU aquele que sonda a mente e corações e vos darei a cada um, segundo as vossas obras,

    “E nada é oculto para mim porque estou em toda parte”, Deus é onipotente, onipresente e onisciente,

    Digo a vós e aos demais de Tiatira, o centro de energia no coração e todos que não tenham esta doutrina,

    São todos aqueles que não tenham obedecido ao chamado do inimigo oculto no baixo ventre.



    “Tão somente conservei o que tendes, até que eu venha” é o Cristo de Deus e sua manifestação,

    Não jogarei sobre vós outra carga de tribulações, o retorno das energias do carma coletivo e individual,

    Despertando a energia divina em todos os centros de energia no corpo-templo e abrindo os selos

    O conquistador, o Cristo, irradia a sua luz nos sete candeeiros de ouro, com sua luz celestial.



    Ao vencedor, e aos que guardarem até o final as minhas obras, eu lhes darei autoridade sobre as nações.

    É a autoridade sobre as faculdades inferiores que dominam, mas agora conhecem o poder criador,

    E com o cetro de ferro as regerá, com a varinha mágica do poder divino, como se fossem objetos de barro,

    Assim como também eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei a estrela da manhã, a estrela do amor.



    Não há felicidade à parte da contemplação e adoração do grande Deus único, a fonte de luz em seu coração,

    Não há nada permanente senão o Cristo, a vida única no universo, que é a luz e sua eterna expansão,

    “Quem tem ouvidos, compreensão, ouça o que o espírito diz as igrejas”, no corpo, os centros de energia,

    A vontade de Deus é manifestar o Cristo no coração da humanidade, é a sinfonia da vida e sua Criação. 
     

    Escreve ao anjo da igreja de Tiatira, o centro de energia ou chacra cardíaco, o coração, símbolo do amor,

    Este é o centro criador que rege as trocas afetivas, compaixão, alegria e sentimentos nobres em ação,

    Estas coisas diz o filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo e os pés como bronze polido,

    O Cristo, o conquistador do apocalipse, o Senhor da eterna razão da mente de Deus no coração.



    “Conheço tuas obras, o teu amor e fé, a tua perseverança e tuas obras mais poderosas que as primeiras”,

    Tenho, porém, contra ti, porque toleraste que essa mulher Jezebel que a si mesma se declara profetiza,

    Não somente ensina, mas ainda seduz os meus servos a praticarem a prostituição,

    Como também a comerem de coisas sacrificadas a ídolos e ignora o amor de Deus que tudo realiza.



    O que significa as tuas obras mais poderosas que as primeiras?

    As obras mais poderosas é o fogo serpentino e criador que vitaliza o centro cardíaco, o coração,

    Com este fogo criador, são adquiridas as virtudes de amor, fé, a caridade, perseverança e paciência,

    Com a mente do Cristo no coração, trabalhe para fazer a vontade de Deus, a consciência da eterna razão.  



    Como entender sobre a mulher Jezebel que a si mesma se declara profetiza? 

    Refere-se à entidade emocional que seduz os servos de Deus utilizando a falsa razão da mente carnal

    Inventa certas desculpas, para justificar o desenvolvimento de algumas faculdades psíquicas,

    Usa os fenômenos psíquicos da emoção, não entende o que é o amor divino e diz que é fé espiritual.



    E foi-lhe dado tempo para que se arrependesse da fornicação e ela não se arrependeu

    “Eis que eu a lanço na cama”, que são as dores, “bem como em grande tribulação”, 

    “Os que com ela adultera caso não se arrependam”, das obras de emoção da carne que ela incentiva,

    Matarei os seus filhos, e todas as igrejas que são os centros de energia do corpo-templo conhecerão.



    O que significa matar os seus filhos e todas as igrejas conhecerão? 

    Serão transmutados todos os seus frutos de baixa vibração, e transformados tudo em luz irradiante,

    Todas as igrejas conhecerão, porque os centros de energia do corpo-templo com seus selos serão abertos,

    Significa que os sete candeeiros ou candelabros irradiam sua chama luminosa, a eterna luz triunfante.



    EU SOU aquele que sonda a mente e corações e vos darei a cada um, segundo as vossas obras,

    “E nada é oculto para mim porque estou em toda parte”, Deus é onipotente, onipresente e onisciente,

    Digo a vós e aos demais de Tiatira, o centro de energia no coração e todos que não tenham esta doutrina,

    São todos aqueles que não tenham obedecido ao chamado do inimigo oculto no baixo ventre.



    “Tão somente conservei o que tendes, até que eu venha” é o Cristo de Deus e sua manifestação,

    Não jogarei sobre vós outra carga de tribulações, o retorno das energias do carma coletivo e individual,

    Despertando a energia divina em todos os centros de energia no corpo-templo e abrindo os selos

    O conquistador, o Cristo, irradia a sua luz nos sete candeeiros de ouro, com sua luz celestial.



    Ao vencedor, e aos que guardarem até o final as minhas obras, eu lhes darei autoridade sobre as nações.

    É a autoridade sobre as faculdades inferiores que dominam, mas agora conhecem o poder criador,

    E com o cetro de ferro as regerá, com a varinha mágica do poder divino, como se fossem objetos de barro,

    Assim como também eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei a estrela da manhã, a estrela do amor.



    Não há felicidade à parte da contemplação e adoração do grande Deus único, a fonte de luz em seu coração,

    Não há nada permanente senão o Cristo, a vida única no universo, que é a luz e sua eterna expansão,

    “Quem tem ouvidos, compreensão, ouça o que o espírito diz as igrejas”, no corpo, os centros de energia,

    A vontade de Deus é manifestar o Cristo no coração da humanidade, é a sinfonia da vida e sua Criação.
  • CARTA DE UMA MAEDRASTA

    Eu não acordei um dia achando que seria uma madrasta, pelo contrário, eu sonhava em ser mãe, eu brincava de ninar meu bebe e nunca de madrasta e filhinho (que não é meu). Porém, nossas escolhas no decorrer da vida nos levam a desígnios e propósitos diferentes. É um combo e vem tudo junto. Você pode ter sido uma pessoa espetacular, porém ao se relacionar com um homem que tenha filhos vai ao automático e pelo relato do Google você tornou-se a pessoa má e incapaz de sentimentos amorosos (madrasta-bruxa-má).
    Entretanto, não se pode ler um livro somente pelo título na capa, não se pode julgar sem conhecer os dois lados da moeda, não se pode saber a essência do perfume com a tampa fechada e não se podem mensurar sentimentos. Madrasta significa apenas mulher do pai e não tem nada a ver com má. Perguntam-me: - “Como pode amar tanto um filho que não é seu?” e respondo: - “da mesma maneira que uma mulher adota uma criança, que se dedica em tempo integral a esse ser humano indefeso, que transborda amor em meio a uma realidade difícil de abandono, e da mesma maneira que me sinto amada pela minha família e por Deus”.
    O papel de mãe pela sociedade é lindo. É uma dádiva divina. É nobre. É pura alegria. É reconhecido. E, porque ser madrasta deveria ser sombra de algo obscuro. Os conceitos estão distorcidos, a sociedade está à beira da falência de sentimentos bons, haja vista, os atos de vandalismos dos cidadãos e falta de respeito pelo próximo. A família tradicional tornou-se um leque e quem é você para julgar qualquer ato de amor. Os adultos se relacionam, se magoam e isso precisa ser resolvido apenas entre eles. A separação pode não ter sido amigável e talvez você nunca tenha paz, contudo, o foco precisa ser sempre o bem-estar da criança envolvida e a construção dessa relação tão difícil.
    Sim! Sou a madrasta como a sociedade queira dizer, mas em algumas visões diferentes sou a Boadrasta, a Maedrasta e/ou, simplesmente, a Tia Rafa. Quando me relacionei com meu marido a minha enteada já estava sendo formada e tive um prazer imensurável de fazer o primeiro ato carinhoso de muitos que estariam por vir que foi escolher o enxoval dela nos mínimos detalhes, a partir daí, algo dentro de mim só foi crescendo e transbordando como o amor e as responsabilidades. O zelo de cuidar de uma criança que não nasceu do seu ventre, mas que está sendo gerada no seu coração é ainda maior. O medo de errar é constante porque como meu esposo diz tornei-me uma referência para minha enteada, no que faço ou falo. Porém, tenho a certeza absoluta que é a sensação mais incrível do mundo e que me faz amadurecer a cada dia.
    Eu não tive aula de inteligência emocional na escola e não sou expert em como lidar com a mãe da minha enteada, mas eu aprendi a cuidar primeiro do meu bem maior que é a vida da minha enteada. Não estou aqui para competir papel nenhum ou sentimento, estou aqui para fazer a diferença porque isso é uma vida saudável, a qual, eu almejo todos os dias. Acho que uma pessoa que não consegui respeitar o sentimento mais nobre de todos os outros que é o Amor, não sabe ser amado. Sendo assim, por qual motivo pessoas ainda questionam o amor de uma madrasta. A escolha é minha e a relação é apenas de nós duas. Se todos soubesse que amor é um remédio infalível para as frustrações diárias, que cura sentimento sombrio, que apaga passados obscuros e que gera perdão. Ah, meu amigo, o mundo seria bem melhor! E, eu posso afirmar que o meu lar é constituído de oração, amor, afeto e cuidado.
    Não consigo descrever em palavras o que sinto durante essa jornada. Como disse tudo começou com o primeiro enxoval e foi só aumentando as responsabilidades. Que honra eu tenho de poder ser amiga da minha enteada; de ter uma filha de coração para transbordar amor e carinho; estudar e poder tirar todas as dúvidas do colégio que ela tenha; participar de todos os eventos importantes do colégio mesmo por trás dos bastidores; incentivá-la ao melhor nos estudos como uma simples competição de matemática ou em sua primeira prova de concurso pro Colégio Pedro II; e ajudá-la a desenvolver seus dons artísticos do Jazz. Orarmos juntas com a sensação de paz; acompanhá-la nas consultas médicas e odontológicas; saber que fez sua transição da fase de criança para mocinha e poder desbravar com ela o mundo da primeira consulta ginecológica; cuidar dos cachinhos de anjinho dela; receber ligações dela sobre qualquer assunto ou pedido porque ela sabe que pode contar comigo para tudo e isso é gratificante (acho que estou indo no caminho certo). Eu saio para trabalhar e ter a certeza que estou indo atrás de uma melhor qualidade de vida para ela; utilizo a tabelinha da super-nani na nossa casa apenas para educá-la ou ansiar presenteá-la, pois ela fez por merecer em seus esforços diários; assim como auxiliá-la em seu primeiro desafio empresarial que foi fazer e vender trufas almejando sua economia financeira foi gratificante. Ou precisar assistir às séries da netflix (A barraca do beijo, Stranger Things e Riverdale) só pra conhecer o mundo que tem chamado atenção dela; e cozinhar com amor o canelonni de frango com queijo e molho especial da Tia Rafa associado a sobremesa de beijinho com uva verde preferida dela. Ah... são tantos momentos nossos que eu ficaria escrevendo horas e horas.
    Como nem tudo são flores, eu também choro com os medos dela, com os confrontos pessoais dela, eu vivo as dores dela, eu engulo sapos e sorrisos forçados e, às vezes, preciso direcionar algumas decisões para o pai e pra mãe por não querer decepcioná-la. Eu suporto egos feridos, para a felicidade de um serzinho que não tem a cor dos meus olhos ou o meu gene em seu DNA. Tenho inseguranças, mas a esperança predomina. Na nossa relação existe muita permissividade e disciplina positiva. E, isso faz com que os pré-julgamentos de algumas pessoas que acreditam que seus filhos nunca precisarão conviver com outra mulher, na condição de esposa de seu pai não interfira em absolutamente em nada na magia contagiante de amor que transmitimos uma a outra. Eu sou constantemente bombardeada com frases, tipo: “Deixa de ser boba, ela não vai te valorizar no futuro.”; “Guarde forças para quando você tiver seu filho.” e “Você não precisa passar por isso, ela não é sua filha”. Mas lhes digo que eu seria criticada se fosse mãe cedo ou tarde; se não fosse mãe – aquela que gera em seu ventre - como ainda não sou, mas tenho sonhos que se encaixam nessa perspectiva. Então, não me importo em ser criticada por ter escolhido ser madrasta.
    Relaxa! Eu faço feliz quem me faz muito feliz! Cada um dá segundo as suas capacidades! O tio do Homem-Aranha disse: - “Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades”.
    GRATIDÃO pelo prazer de ser super poderosa, madrasta!
  • Cascas de Semente

    Era um sábado quando vi nuvens de tempestade se aproximando. Ventos fortes atingiam a cidade em um fim de tarde, e a escuridão que se aproximava estragou o lindo pôr do sol que estava prestes a acontecer. Pássaros cantavam enquanto voltavam para as suas casas em busca de proteção.

    A chuva é boa para diversas pessoas, mas ruim para muitas outras. Infelizmente, não tinha como pensar nessas pessoas quando a chuva estava vindo, afinal não tinha nenhuma delas por perto para me lembrar disso. Ao contrário de boa parte da cidade, estava abrigado quando trovões soavam e raios eram vistos no meio dos relâmpagos. Porém eu ainda podia pensar em algo. Antes dos trovões, quando a tempestade ainda estava para chegar, era possível ver uma árvore da janela da qual eu estava perto. Ela estava carregada de grandes cascas de sementes, a maioria seca, com tons amarronzados, duras e velhas. O vento forte venceu quase todas, exceto duas. Elas não pareciam mais jovens do que as outras, eram simplesmente normais. Estavam no mesmo galho, mas eu não conseguia crer que só sobraram elas. Procurei por um longo tempo, examinando cada parte da árvore, porém não tinha nada além delas.

    Agora, já de volta com os raios e relâmpagos, fiquei me perguntando sobre o porquê de duas e somente essas duas tentarem resistir a uma tempestade mortífera. Elas podiam estar com medo de se soltarem e do que viria depois disso. Esse medo pode ter paralisado elas, impedindo que se juntassem as outras que já estavam no chão. Talvez também quisessem ver mais uma vez a paisagem lá de cima antes de serem jogadas para todos os lados pelo vento forte. Porém há uma outra explicação que particularmente me encanta: as duas cascas de semente, mesmo já estando velhas e terem visto muito isso, queriam apreciar o seu último pôr do sol que ocorreria no dia seguinte, já que este lhes fora surrupiado. Pode ser que, em sua morte, elas só queriam ver o sol sumindo devagar mais uma última vez enquanto uma brisa suave, e não um vento violento, as retirava calmamente de seu galho.

    Essa última hipótese me cativou tanto que de cinco em cinco minutos olhava pela janela para verificar se elas continuavam lá. Não queria fazer isso, lutava contra essa vontade de ficar observando elas para poder me concentrar em outros afazeres, mas simplesmente não conseguia. Percebi, então, que eu estava torcendo pelas lindas cascas de semente. Queria que elas sobrevivessem para que pudessem ver o seu pôr do sol.

    Peguei no sono antes da tempestade terminar e a primeira coisa que fiz quando acordei foi olhar pela janela. Lá estavam elas, as duas grandes sobreviventes. Esperei até o sol começar a dar tchau e me sentei embaixo da árvore para comemorar essa vitória com as cascas de semente. Depois disso, não quis mais olhar pela janela, pois não queria ver a morte das minhas duas heroínas.
     
  • Celeiro de José

    O dardejar dos raios de sol pressagiava mais uma aurora naquela fazendola no interior agrestino. As sabiás e os bem-te-vis desatavam a cantar e as cigarras já indicavam o castigo solar que vinha. Seu José acordou tremendamente diferente, tinha tido um pesadelo que talvez prenunciasse a algo. Acordou abatido, mesmo assim, não se deixou levar pelas intempéries oníricas, foi metodicamente realizar seus quefazeres cotidianos: ordenhar a vaca, cuidar da ração dos bois e carneiros, alimentar as aves; enquanto isso Maria, sua mulher, estava preparando o café. Quando foram tomar café, maria notou josé muito abatido e questionou-o: 
    —o que aconteceu com você? 
    —nada não mulher. 
    —deixe de enrolação, sei muito bem quando está incomodado com alguma coisa. 
    —deixe de bobagem e vá tomar seu café. 
    —Mas num vou de jeito nenhum. cuide e desembuche logo. 
    —eu já disse 
    — você num disse nada. pois tá bem. 
    e assim maria saiu arretada da cozinha. Durante a tarde, após José chegar da roça, maria notou muito estranho; ele estava escrevendo algo em um papel. Maria ao vê-lo, gritou: 
    —Que danado tu tá fazendo agora? 
    —nada não 
    —endoidou agora. Este matuto tá escrevendo agora. Meu Deus, é o fim do mundo. 
    —não tô escrevendo. Cuide procurar o que fazer. 
    —Vish maria, tá perdendo o juízo. Nem cinquenta anos tem ainda e já tá pirando. 
    Após esse ínterim, Maria foi preparar uma sopa para o jantar. Seu José ainda não saiu do quarto e isso causou novamente um grande incômodo a maria. Ao terminar a sopa, maria pegou uma colher de pau e foi até ele descobrir o que estava fazendo. 
    —O que danado tu tai fazendo zé. 
    —já disse, nada. 
    —cuide, me dê esse papel aí. 
    E maria ferozmente tomou o papel da mão de josé e ficou muito surpresa, ele não estava escrevendo e sim desenhando; desenhou uma espécie de casa. 
    —que diabos é isso agora? você virou desenhista foi? 
    —não! disse ele friamente 
    — e o que é isto então? 
    —já falei que não é nada. 
    —Mas num to cega. Você vai me dizer dum jeito ou doutro. cuide desembuche de uma vez hôme. 
    —Eita mulher para aperrear meu juízo. Isto aí é apenas um desenho que veio na minha cabeça. 
    —pra que tu quer isso? 
    —pra nada. 
    foi quando maria pegou uma vassoura que estava no quarto e ameaçou ele impiedosamente. Ele, temendo levar umas porradas, acabou contando o que estava por trás daquele desenho. 
    Maria ao ouvir, disse que ele estava bem doido mesmo. José calmamente retrucou: talvez! 
    No dia seguinte josé foi coletar madeira para tal projeto e isso deixou maria perplexa. 
    Passaram 4 meses, José estava prestes a terminar o seu projeto. Maria cada dia ficava mais preocupada com a loucura dele. José de tempos para cá, começou a trabalhar incansavelmente, plantando, colhendo, estocando, construindo... 
    Quando por fim terminou seu projeto, não aparentava uma casa e sim um grande celeiro. Ele estocou comida não só para ele como também para seus animais. Os vizinhos acharam josé muito estranho, eles se perguntavam o por quê de tanto trabalhado, e além do mais, para quê um celeiro no sertão. Certa vez, veio uns primos distante até a casa de José, com uma pretensão implícita, eles vieram trazer alguns produtos orgânicos como forma de omitir sua verdadeira intensão: descobrir o porquê dessa construção. Ao passar o dia, eles em uma conversa trivial, acabaram induzindo ao questionamento do celeiro. José disse que era para se proteger contra o frio, e assim, eles discretamente riram, e retrucaram: 
    —Seu zé, de onde é que esse frio virá? Aqui é sertão e o único frio que tem é o da geladeira. 
    José por um momento se omitiu mentalmente, refletindo sobre o seu sonho assustador. Após alguns segundos, ele retornou e disse: 
    — Certa vez tive um sonho curioso. E que me fez fazer isto. 
    — Que sonho, conte-nos? 
    — A terra quente e amarronzada do sertão ficava fria e branca. 
    —Mas zé, ter pesadelos é normal, pesadelos e sonhos são distorções da realidade. 
    —tempos atrás, sonhei durante 2 semanas o sertão morrendo, não pelo calor e sim pelo frio, nos dois últimos dias da sucessão de sonhos, vi uma casa no meio do gelo, era grande e abrigava animais, era o celeiro que fiz. 
    —Zé, aqui é agreste, é até difícil chover, imagine gear . Sertão é seco, nem Antônio estava certo, quando disse que o sertão ia virar mar. E agora vem você, dizendo que vai nevar. 
    —Se não acreditas, não cabe a eu julgar. O que eu tive foi uma visão, que por mais que seja bobagem, a convicção que tenho é que esta estiagem vai dar lugar a uma passagem, em que ninguém ia imaginar. 
    E assim, seus primos saíram rindo, e josé calado ficou, Maria cada vez mais preocupada com José, pensou que ele deva está doente e que o sol quente tenha fritado seu juízo. 
    Em uma noite calma, uma chuvinha fina dançava sobre as telhas. Acresce que, aos poucos essa chuvinha começava a engrossar, e José na cama dizendo que a hora já ia chegar. De manhã cedo, José acordou, a chuva ainda estava forte, pegou um guarda-chuva, e foi até seus bichos guardar no celeiro. Quando voltou molhado, a mulher se arrepiou, pensava ela: será que ele está certo, será que com o dilúvio a neve vai chegar?. Mas tarde a chuva parou e o sol novamente raiou, sem piedades evaporou tudo que na terra foi abençoado. O calor reinou e com isso maria viu que josé estava errado. José não ficou preocupado, disse a maria que no seu sonho, aquilo era um aviso, e mas tarde a neve ia chegar. Passaram semanas, meses, e o sol cada vez mais forte, o sol castigava tudo e todos, a água estava escassa e josé ainda não desanimou. Maria estava com medo de José perder o resto do juízo que tinha com aquela ideia fixa. Após 3 meses do projeto de josé ter sido finalizado, a chuva começava a lavar a terra estéril, o pasto vagarosamente crescia, os animais se deliciavam, as seriemas gritavam anunciando a vida que nascia do solo rachado — era o paraíso. José sempre com a convicção iminente, tinha fé na sua profecia. Os meses foram se passando e a seca foi reinando, tudo que em um momento vivia o apogeu, viu seu declínio sendo devastado com sol... 
    Até hoje os bisnetos de José levam a profecia do tataravô como uma emblema. Quem sabe um dia do sertão o sol se canse, da chuva a neve surja e José fique lembrado como um profeta do passado, que tanto foi criticado, com seu sonho enigmático.
  • Certezas

    Deveras sou
    sei de onde vim
    e sei para onde vou
    em certezas vivo enfim.
     
    Olhando para cima
    movendo-me a frente
    perfilhando a minha sina
    jamais querendo ser indiferente.
     
    Perscrutando o futuro
    surpreendido pelo presente
    no peito contido um auguro
    de encontrar com efeito o querido ausente.
     
    Buscando sempre a paz
    um sentimento muito precioso
    e que a todos indistintamente apraz
    fluindo suave e silencioso no interior da mente.
     
    Tendo na face o salgado gosto
    que vergastado pelo impetuoso vento
    faz por vezes gerar na pele um terrível tosto
    mas por tantas outras inexprimível e auspicioso alento.
     
    Refletindo e falando
    olhando e, aos trancos, vivendo
    sentindo que aos poucos vou morrendo
    porém confiante, sigo com o coração amando.
     
    Porque quando chegar o ocaso temido
    e ao Redentor forte e onipotente encontrar
    vou sorrir de contente por tudo quanto hei vivido
    na certeza de que a dor e a morte não irão com tudo acabar.

     

  • Chá das Cinco



    Peço às visitas que entrem
    Entrem, mas apenas se forem ficar
    Pois, senão, que sozinha me deixem
    Basta de ir embora antes de chegar.

    A porta está sempre aberta e espera
    Espera muito, se precisar
    Até que finde a primavera,
    Não há problema em demorar.

    Leve muito tempo, mas venha certo
    Certo que ao puxar a cadeira
    Ficará do outono ao próximo inverno
    Ou até que floresça a última videira.

    Pois quero viver uma vida inteira
    Inteira, de verdadeiros sentimentos
    Da lua cheia ao raiar da aurora,
    Não apenas de breves momentos.
  • Chorar

    No choro reprimido
    pelas agonias vividas,
    carrego o lamento contido
    das famílias sofridas.

    Descaso desmedido
    transborda em letargia
    no choro reprimido
    pelas agonias vividas.

    No sonho esquecido
    por corroída alegria
    deste tempo corrompido
    guardo toda a melancolia
    no choro reprimido.
  • Ciclos M - MENINA

    Menina, que encantava a todos com seu sorriso meigo, e que ria para as paredes.
     
    Menina, que se preocupava com o mundo, mas do que com ela mesma.
    Objetiva e destemida
    Sempre soube onde queria chegar.
     
    Menina, simples e amorosa
    Que colocava o coração em tudo o que fazia. Inocente ao ponto de ser enganada facilmente. 
     
    Menina, que repudiava qualquer ato de maldade
    E queria transformar o mundo em um lugar melhor. 
     
    Menina, que tinha o maior desejo de se tornar Mulher 
    Menina, que dependia da Moça para se tornar Mulher.
    Enfim, Menina !
  • Ciclos M - MOÇA

    Moça, os tempos não são fáceis, né ? 
    A mente parece ter dado nó, parece que tudo está fora do lugar.
     
    Moça, se levante dessa cama 
    Tome um banho de água fria 
    Volte a sorrir !
     
    Moça, tempestades são constantes 
    Mas ao início do outro dia o sol volta a surgir.
    Pare de sofrer pelos tombos 
    veja quantas vezes tu já ressurgiu como fênix. 
     
    Moça, esquece os erros do passado 
    Pense no futuro que te espera alí a frente.
    Esquece das tuas dores e lute pra chegar lá !
     
    Moça, não decepcione a Menina
    Moça, torne a Mulher real
    Moça, eu confio em você
    Moça, não desista de si mesma !
  • Ciclos M - MULHER

    Mulher, espero que tenha recuperado aquele lindo sorriso que tanto encantava.
    Espero que seu amor próprio seja maior do que arranha céu
    Pois sempre foi linda, apenas não reconhecia.
     
    Mulher, ressurgir como fênix é bom
    Mas espero que sua alma não se desconstrua nunca mais.
     
    Mulher, espero que tenha compreendido que sua felicidade depende exclusivamente de você.
    Espero que olhe pra trás e veja que todos os tombos foram necessários.
     
    Mulher, espero que a Menina se orgulhe por ter chegado longe.
    Mulher, espero que a Moça se orgulhe por não ter desistido.
    E eu me orgulharei juntamente 
    pois finalmente a lagarta se transformou em borboleta. 
    Dando asas pra sonhos, e se libertando de tudo aquilo que lhe impedia de voar !
  • Colorindo Dores

    Qual será a cor da dor
    De brigar com seu amor,
    De deixar passar o tempo
    E lembrar do que passou?

    Me pergunto a cor da dor
    De esquecer do seu Senhor
    Não perdoar quem te feriu
    E cultivar algum rancor...

    E qual será a cor da dor
    De ter que ver alguém partir
    Sem nem sequer se despedir,
    Nem mesmo olhar pra trás...

    No fundo toda dor tem cor
    Tem tamanho, profundidade,
    Chegam a ter personalidade
    E até crise de meia-idade,
    Tem data pra terminar.

    Qual a cor da sua dor?
    Ela tem cor pra começar?
    E à noite, no seu quarto,
    Sozinho, pensativo, frágil...
    Onde será que ela está?
  • Como chegamos a esse ponto?

    Durante meu almoço fui perturbado pelo som da televisão, era o plantão da cubo, a apresentadora, que claramente queria estar almoçando com o seu chefe, anunciava o vazamento de uma doação feita pelo nosso querido presidente. Ele acabara de doar 500 milhões de dólares para a caridade e havia suspeitas de que outros políticos estivessem envolvidos.
    Como a nossa sociedade chegou a esse ponto? Ate ontem tínhamos estradas não sendo construídas, verbas sendo desviadas, viadutos caindo. Só pode ser o nosso fim. Antes que a apresentadora continuassem falando como o muro que separa o México dos EUA, uma das melhores coisas que já fizeram desde o muro de Berlim, seria quebrado saboreie a minha carne que deliciosamente me lembrava dos pacotes da minha mudança e aceitei que o mundo estava acabando.
  • Como evitar?

    De sua voz, vim a me drogar
    Como evitar?
    Seus abraços vieram a me viciar
    Como evitar?
    Que vontade de seu perfume respirar
    Como evitar?
    Como quero te encontrar…
    Como evitar?
    Que desejo de contigo ficar
    Como evitar?
    Uma apreciação em te acariciar
    Como evitar?
    Todas as noites, contigo sonhar
    Como evitar?
    Dar meu ombro quando tu chorar
    Como evitar?
    Uma ânsia de te beijar
    Como evitar?
    Os dias para seu aniversário contar
    E mais ansioso que você esperar
    Como evitar?
    Se foi por ti que meu sentimento veio a aflorar
    Como evitar?
    Se foi tu que meu coração escolheu amar
    Afinal, como posso evitar?
  • COMO O CRISTO, O VERBO SE FAZ CARNE NO CORPO HUMANO?

    Todo processo de manifestação da vida é dirigida por Mim, a luz universal,

    EU SOU a luz em todo o universo, a vida, criando e expandindo eternamente a divina consciência,

    Todo processo de manifestação da vida, começa com FAÇA-SE A LUZ E A LUZ SE FAZ,

    Porque EU SOU o único poder criador no universo, a causa eterna de toda existência.



    Quando dois corpos se unem para manifestar a criação da vida que é a minha eterna luz,

    Estão usando o fogo do céu, o fogo sexual da vida com a lei da atração e a lei da expansão

    A mãe representa a lei da atração vitalizadora e o Pai representa a lei da expansão doadora de vida

    E nesse processo, EU SOU a divina intenção da energia espiritual, expansiva e doadora de vida da criação.



    Desta maneira, de Mim, expresso de forma perfeita e consciente a ideia dentro de sua alma ou consciência,

    A manifestação do verbo é meu filho, o SER, a Chama da vida, o Cristo expressado no corpo externo,

    Desenvolvo a manifestação e se constitui a gloriosa colheita de sabedoria que EU dirijo no crescimento

    Este é o verbo manifestado que está comigo, e SOU EU, em tudo e em todos, o Meu SER eterno. 



    Este é o processo como Minha luz se manifesta na carne, porque sem Mim e sem Meu verbo, nada se faz,

    EU SOU o poder transformador que movimenta as células e órgãos, porque EU SOU a vida no corpo,

    É a perfeição de Minha ideia preparada e manifestada do Meu divino SER

    Por meio dessa manifestação na mente e intelecto, o verbo se torna carne e é carne, a vida no corpo.



    Então a minha forma visível é expressão ou manifestação para fora, do meu eterno SER de luz no invisível,

    EU SOU visível no corpo, a luz manifestada, a vida e para Me conhecer é preciso a si mesmo conhecer

    Neste estágio, o Meu SER, o Cristo no coração está crucificado pelos cinco sentidos,

    Porque baixou a névoa, o véu da inconsciência é a dominação externa, depois do filho na carne nascer.



    Assim começo a criar condições no caminho da regeneração, para a conquista de si mesmo,

    Para conquistar esse objetivo é preciso transmutar a tentação da carne para o novo nascimento a ascensão

    E assim o Meu SER, o filho e filha manifestados dão testemunho de Deus EU SOU individual,

    EU SOU a luz, a vida em si mesmo, o Cristo, o soberano dos cinco sentidos em tudo e em todo coração.



    A partir desta fase, o filho diz: Pai, meu objetivo é manifestar no externo a unidade na Chama do coração,

    Porque conheço a sabedoria divina, a lei da expansão que é doar a vida eternamente,

    Transmuto toda tentação em luz e força que é a lei da atração vitalizadora para expandir e irradiar a luz 

    A divina intenção é transmutar a energia carnal em energia espiritual, com a luz da minha eterna mente.



    Louvo e agradeço a ti ó Pai, porque sei que a ação doadora de vida, é movimento com a intenção divinal,

    E a divina ação é a aplicação da lei da atração e expansão consciente

    Esta é a Lei do amor, a lei da vida, dar e receber, a causa eterna da expansão da luz universal,

    Reconheço que de mim nada faço e minha força e inteligência é da Chama do coração a tua divina mente.



    Pai faça-se a tua vontade que é expandir, irradiar e implantar o ideal de irradiação da divina luz na terra,

    Ó Tu poderosa fonte que governa o universo a Chama da vida eterna em todo coração

    Tu és mim, o Cristo divino, a corrente divina fluindo e derramando a luz em toda criação,

    Louvo e agradeço, porque estás acordando a humanidade para visão de tua brilhante luz e sua irradiação.

       

    E assim digo ao filho: Este é o plano e o propósito de minha criação e todas as coisas manifestadas,

    Cada vez mais, te conduzirei a uma união íntima e amorosa comigo, porque EU SOU Deus,

    EU desvendarei aos Meus filhos e filhas, a gloriosa visão de Minha luz, o seu próprio e maravilhoso SER,               

    Tornando manifesto o verbo que brilhará em toda carne criada, como o sol da glória, o CRISTO de DEUS.
  • COMO SENTIR DEUS, A CHAMA DA VIDA ETERNA NO CORAÇÃO?

     “CONHECE-TE A TI MESMO”
    A fim de você ME conhecer e se sentir seguro, de que EU SOU seu próprio, verdadeiro e eterno SER,
    É necessário aprender acalmar a mente carnal e corpo humano, assim você vai ME conhecer,
    Aquiete a mente e corpo humano e afirme: “Aquieta-te e Sabe: EU SOU Deus”
    Imagine que o EU que falo é seu SER superior e divino, a luz no coração, aonde você vai se fortalecer.
    EU SOU Seu EU superior e divino e sei que é possível que você ainda não seja capaz de fazer isso
    Porém, EU ensinarei se você entender que EU ME dirijo a mente carnal e intelecto com amor
    A mente carnal está absorvida na atividade externa, com o corpo físico e intelecto,
    Entenda que EU que falo estas palavras, SOU você mesmo, agora saiba que EU SOU O SENHOR.
    Você só pode perceber esta verdade, libertando-se da consciência do corpo carnal e intelecto, 
    Escute: deixe de lado os pensamentos da mente carnal e sinta quem você é, a Chama da vida no coração,
    Sente-se e permaneça quieto, acalme o corpo, sinta a paz e saiba que EU SOU estou presente, 
    Penetre no significado destas palavras: “Aquieta-te e Sabe: EU SOU Deus”, esta é a minha instrução.
    Deixe que esta Minha ordem permaneça na consciência externa e leve para o seu trabalho estas palavras
    Pronuncie como está escrito: “Aquieta-te e Sabe: EU SOU Deus” e repita em qualquer atividade
    Procure sentir a luz, a Chama da vida no coração, até que cada célula do corpo responda a esta ordem,
    E com o pensamento Criador você viverá a sua verdadeira e eterna identidade.
    Pronuncie esta afirmação mil vezes por dia, até que os pensamentos da mente carnal desapareçam,
    Então você vai sentir a paz na Chama do coração e tudo o que não foi observado
    Você vai sentir dentro do coração, a glória, a Santidade e a Majestade de Minha Presença,
    Então, e só então você vai saber: EU SOU DEUS e também vai conhecer o MEU mais sublime significado.
    Quando você sentir Meu amor, sabedoria e  poder e  MINHA eterna mente do Cristo, a Chama do coração
    Você não será tocado por nenhuma enfermidade e nenhum adversário poderá lhe vencer
    Porque você agora sabe: EU SOU a luz no coração e se voltará para Mim pondo toda sua confiança,
    E Me conhecendo em si mesmo, deixe que EU manifeste Minha vontade porque EU SOU seu eterno Ser.
    Desta maneira, farei você sentir a realidade de Minha presença e de Meu poder,
    Assim você vai obter tudo que necessita, basta aquietar o corpo , deixando que EU faça o que deseja fazer,
    Seja para curar os males do corpo físico, iluminar a mente carnal e para que possa ver com Meus olhos,
    Sim, ver com Minha eterna luz nos olhos, e realizar com perfeição tudo que EU faço resplandecer.
    Porém, este conhecimento, esta realização não virão repentinamente, talvez não venham em muitos anos,
    Poderão vir amanhã, depende de si mesmo que não é a personalidade carnal com limitada compreensão,
    Depende de Mim, de quem você é eternamente porque EU SOU o seu eterno EU, Deus em si mesmo,
    EU SOU Deus, a sua eterna identidade, o espírito, o Cristo, na câmara secreta no coração.
    Quem faz o casulo se abrir em flor? É o ato consciente de Minha inteligência, dirigida por Minha vontade,
    Você é Minha ideia, e obedecendo ao impulso de Minha vontade, se expressa em nova vida e manifestação,
       Você pode tentar milhares de vezes com a personalidade romper a casca da consciência humana
       Isso só ocorrerá, abrindo as portas entre o mundo visível e invisível e entender Meu verbo, a perfeição.
    Somente quando você submeter e unificar a sua Vontade a Minha e descansar numa fé e confiança em Mim
    Alcançar a força, sabedoria e saber que não é para seu benefício e entender que todos os poderes são Meus.
    Quando você sentir que EU dirijo e controlo as células, átomos, elétrons, órgãos e movimento o corpo,
    Assim você entenderá o Meu amor e só então vai dizer: O CRISTO, a vida pulsando o coração É DEUS.
  • Complexo de Afrodite

    “O Reino dos Céus é semelhante a um Rei que comemora o casamento de seu filho (Mt-22:2)”, e um dia presenciarei isso em todos os casamentos da humanidade...
    E considerando que o Reino dos Céus é simplesmente um Reino erigido pela verdade não religiosa e não científica atual, quantos casamentos hoje seriam comemorados com alegria e total união de seus participantes.
    Mas...
    Se eu pudesse contar a quantidade de Afrodites que se encontram no mundo hoje seria esta quantidade o tamanho do mundo sem contar as suas respectivas descendentes onde uma coisa é certa de todas as Afrodites existentes algumas me chamaram a atenção e é destas que eu falarei.
    Antes preciso lembrar que uma Afrodite é aquela mulher que, independente de seus diversos romances em vida, diversas histórias que a envolve, o que claro será fatídico para personifica-la, permite entre todas as Afrodites um ‘que’ em comum, o ser Afrodite sempre amada e cuidadora de seu Cupido no seu mais elementar ‘ser’ em si mesma.
    Da Psique esta com certeza nestas entrelinhas se aqui descrita ou não, será sentida. E do Cupido conheceremos outros universos de Afrodite que o envolvem como as pequenas e futuras Afrodites também.
    Mas quem são realmente estas Afrodites e o que leva este amor muitas vezes exagerado, muitas vezes sufocado, muitas vezes manipulado, muitas vezes separado, esquecido, abandonado e sempre revestido de um certo oculto quase manifesto a acontecer e/ou sem acontecer, acontecendo no próprio oculto das coisas ser o que é...
    E é isto que mergulharemos em o Complexo de Afrodite.
    05 de agosto de 2016.
    Pequena Afrodite e o Monstro Embriagado
    Não conheci pessoalmente esta Afrodite, mas o relato de sua filha me foi suficiente.
    Contava sua filha que era ela uma Afrodite dedicada, guerreira, sonhadora como todas as Afrodites.
    Era ela aquela Afrodite bela, cozinheira, amada pelos filhos e filhas, mas que em um determinado momento do dia se deparava com uma situação monstruosa.
    Dizia a filha que um ser entrava em sua casa com um aspecto cruel e embriagado muitas vezes a noite, apontava sobre ela, sobre a Afrodite dedos sujos e junto com uma grande boca aberta gritava horrores e muitas vezes a espancava.
    Esta quem me dizia, a filha mais velha, em frente a sua Afrodite de tão pequena que era nada podia fazer, apenas assistia com medo e sufoco os maus tratos de sua Afrodite, assistia aquela Afrodite que a alimentava, cuidava e a embebia de leite ser muitas vezes quase devorada por aquela boca grande tão suja como seus dedos.
    Aquela Afrodite que ao mesmo tempo guerreira era tão frágil e perfeita e que insistia talvez por ‘amor’ em enfrentar do seu jeito Afrodite e não mais outra Afrodite de ser aquele monstro todos os dias, apenas enfrentava, do seu jeito Afrodite, mas por incrível que pareça, aquela embriaguez nunca teve fim, e aquela Afrodite a enfrentou por toda uma vida. Sim, toda uma quase miserável vida, pois se não fosse o Monstro Embriagado, talvez tudo seria diferente!
    A filha mais velha de Afrodite, desta Afrodite, por sua vez, foi crescendo e em um determinado tempo percebeu que poderia defender sua Afrodite, poderia enfrentar aquele monstro, mas muitas, muitas tentativas foram feitas, e aquela menininha de Afrodite já crescida não conseguia de alguma forma organizar aquela loucura defendendo casualmente sua Afrodite e assim junto a isso não só agora tentar de alguma forma defender Afrodite certeiramente, a sua amada Pequena Afrodite, como todos os filhos e filhas de seu clã e isto era nas suas noites acordadas uma meta a ser meticulosamente labutada.
    Ah o amor por Pequena Afrodite era tão excelso e ao mesmo tempo tantas dúvidas pairavam na cabeça daquela filha mais velha de Afrodite, que questões deste cunho no dia a dia eram normais:
    Porque aceitar esta monstruosidade embriagada que a todos nos fere?
    Porque permitir que isto aconteça?
    Minha Pequena Afrodite que me aleitou, me pegou nos braços, me amou, me alimentou, me envolveu por uma vida inteira não é capaz de desatar este nó, este laço dos lados demoníacos dos Deuses?
    Que monstro é este que fere minha Pequena Afrodite e meus irmãos e irmãs?
    Como resolver? O que posso fazer? Como fazer?
    E tentava, e tentava.
    Todos os dias quando aquele monstro chegava a sua casa embriagado e a filha de Afrodite cada vez mais esbelta, forte e crescida se deparava com ele contra sua Pequena Afrodite, contra todo o seu clã, desfalecia; desfalecia, mas não fisicamente e sim mentalmente, sentia até neste desfalecimento uma leveza e mal estar físico, porque suas pernas por mais que a cada vez conseguia enfrentar aquele monstro e aquela embriaguez: bambeavam.
    Mas Crhonos o tempo não lhe parecia nunca suave, pois dotado de seu Aeon aparentemente eterno nunca parecia predispor o tão esperado Kayros daquela situação e por isso distante de suas orações e medos, já realisticamente disposta a entender que não havia mais esperanças, principalmente por aquele ser forte, mas ao mesmo tempo sensível e medroso de sua Pequena Afrodite, desta Afrodite, e não outra; ela a filha em seu crescendo junto a Crhonos percebeu que o Éter tinha muito a lhe dizer.
    E em uma serena noite aparente vinha ali o Éter tocar em suas narinas suavemente através de Zéfiro e assim ela entendeu, uma mortal finalmente entendeu que a partir dali para se chegar ao Kayros no Aeon de Chronos era necessária sua transformação e que já vinha sendo perceptível fisicamente nos pelos de suas pernas, nos pelos de suas axilas, nos pequenos brotos mamários de sua pré-adolescência atado aquela perceptiva já pré-definida de amor e ódio por Afrodite e incrivelmente de amor e ódio por aquele Monstro Embriagado.
    Porque os Deuses deram a minha Pequena Afrodite, pensava ela, este Monstro Embriagado provindo das profundezas de Hades quando se deparado a Dionísio após o entardecer e muitas vezes nos dias em que Apolo não provia o trabalho e o fruto das colheitas?
    Porque meu Anima tocado por Zéfiro através do Éter para entender as determinações de Chronos em seu Aeon do Kayros naquela noite aparente consegue amar e odiar Pequena Afrodite e este Monstro Embriagado ao mesmo tempo?
    Amar e odiar?
    Amar e odiar.
    Porque estou começando a ter vontade de me aproximar também de Dionísio? 
    (continua....)

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222