person_outline



search

reflexão

  • O TERCEIRO AI NO APOCALIPSE

    O apocalipse é a revelação que interpreta em sua simbologia, a vida no corpo do homem e da mulher,
    O terceiro ai mostra o domínio do superior sobre o inferior com o Cristo no coração no comando
    O espírito divino, o Cristo, a Chama da vida é o conquistador do apocalipse que é Deus em ação,
    O apocalipse narra à manifestação do Cristo no corpo-templo, como numa fábula está mostrando.
    O sétimo anjo que toca a trombeta é da igreja de Laodicéia, o centro de energia ou chacra coronário,
    Ouviram-se grandes vozes que no cérebro é a poderosa e divina vibração
    Diziam: os reinos do mundo vieram a ser o Reino do Nosso Senhor e do seu Cristo e reinará para sempre
    Porque o homem e a mulher na sua libertação manifestam a sua identidade eterna, o Cristo no coração. 
     
    Então o plano, o objetivo da verdade eterna é o domínio do superior sobre o inferior?
    Reconheça a vontade e os deveres para com Deus, que é o espirito o Cristo no coração,
    Com a espada que é o poder do verbo ou da verdade intuitiva, sinta o poder da vontade educada,
    Este é o ponto central da união da verdade, da realidade eterna, o estado da unidade, a fonte da criação.
    E os vinte e quatro anciãos que se encontravam sentados nos seus tronos, diante de Deus?
    Os anciãos, os regentes das faculdades do espírito que no homem e na mulher trabalham na sua formação,
    Prostraram-se sobre os seus rostos e adoraram a Deus, dizendo: Graças te damos, Senhor,
    “Deus todo-poderoso, que és e que eras” é a luz, a vida, o Cristo em tudo e em todo coração.
    Chegou, porém, a tua ira e iraram-se as nações, porque assumiste o poder,
    A ira é a divina luz e o julgamento é a mão de Deus abrindo caminho para o nascimento do filho varão
    O filho varão é a verdade, o Cristo em tudo e em todos é o poder transformador que transforma o universo,
    O julgamento da eterna luz de Deus, o mundo conhecerá como o amor divino e sua infinita manifestação. 
    Como entender o tempo determinado para serem julgados os mortos?
    Os mortos são aqueles que não se identificam e estão inconscientes da divina luz de Deus no coração
    É necessário se identificar com a energia divina e creativa do Pai eterno
    São os servos, os santos, os que aceitam Deus, são os profetas que recebem o galardão. 
    Como explicar sobre os pequenos como aos grandes que destroem a terra, segundo o apocalipse?
    São os que destroem o corpo, mas agora conhecem a luz, a vida do poderoso EU SOU na Chama sagrada,
    E o templo de Deus, o corpo, foi aberto no céu, na cabeça e a arca de seu testamento foi vista no templo,
    O conquistador de si mesmo, o cordeiro, o filho varão, o Cristo, a Chama em seu coração foi manifestada.
    Como esclarecer o que está escrito: Abriu-se, então o santuário de Deus, que se acha no céu?
    Lembre-se que a bíblia diz que o corpo é o santuário de Deus, com sua divina mente e leis celestiais,
    E foi vista a arca de seu testamento, que são as leis divinas na consciência do homem e da mulher,
    Sobrevieram relâmpagos, terremotos, sãos as cintilações de luz na aura e nos pensamentos espirituais.
    O poderoso Deus EU SOU na Chama do coração é o Cristo desperto e se manifesta na humanidade,
    Esta é a vitoriosa Chama imortal da vida da eterna verdade, a segunda vinda do Cristo e sua libertação,
    A humanidade experimenta a sua identidade eterna que significa sua libertação espiritual
    Este é o nascimento da presença do Cristo na terra, no coração da humanidade, Deus e sua glorificação.
    O plano imaculado é a manifestação do Cristo no coração do homem e da mulher, na terra como no céu,
    O que significa isto? Vivencie o Cristo no coração como Jesus fez, dizendo o Pai está em mim e eu nele,
    Esta é a rendição é o verbo de Deus se manifestando na carne, no corpo-templo de toda a humanidade,
    O Cristo manifesta a unidade, se eleva nos braços do amor eterno e se referindo ao Pai, diz: EU SOU ELE.
  • A TRINDADE DEUS-PAI-MÃE-FILHO

    “CONHECE-TE A TI MESMO”



    EU SOU a trindade Deus-Pai-Mãe-Filho, o poder divino atuando nos quatro elementos,

    Desenvolvo os sete centros de energia ou sete chacras no corpo  e abro a porta do éden para a unidade

    Porque EU SOU o Cristo, o conquistador de MIM mesmo e alcanço e ocupo o centro dos elementos,

    EU SOU a unidade, a trindade e reino sobre os quatro elementos: terra, ar, fogo e agua na eternidade.



    EU SOU a trindade, o Cristo, Deus-Pai-Mãe criador em tudo e em todos, com MINHA eterna mente,

    Em todas as circunstâncias da vida, em tudo e no homem e na mulher conduzo o desenvolvimento,

    Desenvolvo os sete centros de energia ou sete chacras por meio da aspiração, respiração e concentração,

    Para o corpo carnal se converter na Jerusalém que desceu do céu com a energia criadora em movimento.



    A aproximação COMIGO, o espírito que SOU EU, Deus, a Chama no coração é de acordo com a vibração,

    Você o Cristo, SOU EU mesmo, a vida no corpo e recebe MINHA luz de acordo com esta aproximação,

    A sua aura se expande de acordo com este desenvolvimento, harmonia e afinidade com MINHA eterna luz,

    Os MEUS sete espíritos, sete chacras ou centros de energia irradiam a luz do Cristo eterno no coração.



    Assim como é acima é abaixo, portanto, EU SOU Deus-Pai-Mãe no alto da cabeça e na Chama do coração,

    EU SOU Deus, a vida, a luz invisível na Chama, o Cristo eterno, o verdadeiro SER em manifestação,

    EU SOU a trindade Pai, Filho e Espírito Santo dentro do SER invisível no corpo carnal,

    EU SOU a luz, a consciência em cada um dos sete chacras ou centros de energia ou sete anjos em ação.



    A aspiração, respiração e a concentração são condições para que EU manifeste os sete anjos,

    Os anjos ou centros de energia do corpo carnal indicam a expansão da luz na matéria até a divindade

    É preciso transmutar em ouro espiritual puro e ascender as duas correntes de energia na coluna vertebral

    Para que EU manifeste as sete virtudes: prudência, temperança, fortaleza, justiça, fé, esperança e caridade.



    As sete igrejas que estão na Ásia, são os sete chacras ou centros de energia ou MEUS sete espíritos,

    EU SOU a graça e a paz que é, que era e que há de vir, a sagrada Chama da vida, o Cristo em manifestação,  

    Esta é a irradiação da divina luz na coluna vertebral que obedecem a MINHA vontade

    Esta é MINHA inteligência e eterna luz espiritual em manifestação para fora, a perfeita expressão.



    Em MINHA revelação, o apocalipse, digo que o copo carnal do homem e da mulher é MEU livro da vida,

    Sem folhas de papel nem linhas escritas dentro do livro, o corpo, está escrito com MINHA luz redentora,

    No MEU livro, o corpo carnal está escrito todas as coisas presentes, passadas e futuras,

    O livro dos sete selos é o copo carnal que EU o Cristo abro os selos por meio de MINHA energia criadora.



    No sêmen do fogo sexual da vida ou fogo do céu, há os anjos da luz e do ego carnal ao mesmo tempo,

    A energia sexual é criadora luminosa e tem a MINHA sabedoria divina e do ego canal a falsa sabedoria

    A falsa sabedoria do ego carnal criou a mente carnal e o objetivo é rasgar as trevas pela aspiração à luz

    Pratique o MEU eterno alento no alto da cabeça e na Chama do coração esta é a divina sabedoria.



    Desta forma, transmuto em luz os átomos que conduzem a luta pela vida material e ignora a vida espiritual,

    Assim como estou na Chama do coração do sol e manifesto ao mesmo tempo luz, calor e magnetismo,

    Também na Chama do coração do corpo carnal manifesto, o fogo do céu, o fogo sexual da vida,

    Porque EU SOU a consciência e inteligência manifestando a luz universal em tudo e em todo organismo.



    EU SOU você o Cristo eterno no coração e com a luz acendo MEUS sete candelabros ou sete espíritos

    Somente EU, Deus, que SOU o cordeiro, o Cristo eterno no coração, abro os selos e conduzo a libertação,

      Ascendo à energia criadora luminosa pelo cordão central, na coluna dorsal, até o alto da cabeça,

    Isto significa a unidade COMIGO, e o desenvolvimento do Chacra coronário a sublime divinização.
  • OS CINCO ELEMENTOS MANIFESTAM-SE COM O ETERNO ALENTO

     “CONHECE-TE A TI MESMO”
    Compreenda que os quatro elementos são os princípios pelos quais se manifesta a matéria,
    Porém é necessário que os quatro elementos  terra, ar, fogo e água unam-se ao quinto elemento, a vida
    Porque EU a trindade Deus-Pai-Mãe-filho na quinta essência SOU a vida em movimento
    A quinta essência junto aos quatros elementos representam a aspiração, o alento que mantêm a vida.
    Desta forma, entenda que tudo se mantém por meio do MEU eterno alento,
    De modo que o alento ou respiração é o meio que une o MEU espírito divino o Cristo ao corpo material
    Esta é a manifestação do MEU próprio SER que é seu verdadeiro e eterno SER que dá ação à vida
    Assim você, o espírito, o Cristo no coração, por seu alento, dar vida aos quatro elementos no corpo carnal.
    O MEU alento ou respiração revela a ideia da vida, do SER e a união do espírito, o Cristo ao corpo carnal,
    Isto representa a manifestação do MEU poder criador do mundo divino, do mundo intelectual e material,
    A respiração à direita e a esquerda tem quatro pulsações que são: inalar, sustentar, expandir e irradiar,
    As pulsações correspondem às quatro estações do ano, é MINHA respiração do Cristo eterno universal. 
     
    Agora entenda que você o espírito, o Cristo, o homem e a mulher eternos, são iguais ao universo,
    Porque tudo partiu de MIM e tudo SOU EU, Deus-Pai-Mãe-Filho a trindade em movimento,
    Você movimenta MINHAS centelhas divinas, os elétrons, do mar da MINHA divina LUZ,
    Em cada respiração você é um distribuidor da MINHA luz universal, é necessário este entendimento.
    È importante praticar MEU alento ou respiração da vida eterna, que se manifesta nos cinco elementos,
    Pratique a respiração da MINHA luz que penetra no alto da cabeça e sinta na Chama do coração
    Este alento manifesta nos elementos terra, ar, fogo, água e éter que influi no centro frontal e coronário,
    Assim você o Cristo eterno no coração, começa a abrir os centros de energia, com MINHA luz em ação.
    Estes cinco elementos terra, ar, fogo, água e éter, relacionam-se com os cinco sentidos,
    Na respiração, vibram com a classe de energia que determinam um estado de ânimo correspondente,
    Por isso a importância de praticar consciente o MEU eterno alento da vida, ativando os centros de energia,
    Esta é a aspiração e inspiração ou alento eterno e divino, ativando os centros de energia eternamente. 
    Pratique MEU alento da vida eterna, domine os pensamentos e absorva MINHA vontade e energias divinas,
    Nesta prática, você se torna consciente de que aspira o MEU sopro, que é o sopro de Deus, o Cristo eterno,
    E cada vez mais você saberá que este é o MEU e o seu eterno e divino alento, a respiração da vida eterna,
    Porque você é o Cristo eterno no coração e sabe que esta não é a respiração do corpo carnal externo.
    Então agora você respira átomos puros que tem relação com os pensamentos e ativa os centros de energia
    Lembre-se que MEU eterno alento é a origem da vida em ação nas forças naturais, no éter e na vibração,
    Desta maneira, entenda que o universo é originado pelo eterno alento em ação nas forças naturais,
    Tudo é originado e sustentado por MINHAS forças naturais, no eterno alento e se dissolve nesta ação.
    MINHAS forças naturais no eterno alento são como princípios do mar da divina luz universal
    São princípios vitais de energia que enquanto produzem matéria é MINHA vida e MEU eterno amor
    O alento é criador dos  cinco sentidos e estes são expressões da quinta essência que mantem a vida
    Em MINHA revelação a bíblia, os cinco sentidos são os cinco talentos duplicados para dar conta ao Senhor.
    O melhor conhecimento é o que vem de MINHA voz que sempre falo na Chama sagrada, seu eterno EU,
    Pratique as palavras que vibram em harmonia porque você é MEU verbo divino em ação
    Aspire e veja a luz da eterna verdade, o que você é em eternidade, a sagrada Chama imortal da vida,
    EU SOU a luz que dirijo todos os pensamentos na MINHA divina mente do Cristo eterno no coração.
  • DEUS É O CRISTO, O AMOR

    “CONHECE-TE A TI MESMO”



    A você, que teme que MINHA palavra comprometa a crença e seu amor no Senhor Cristo Jesus, EU digo:

    Há mais de dois mil anos, quando EU poderia manifestar algo de MINHA eterna verdade,

    Tornou-se necessário expressar através da personalidade humana, MINHA divina ideia no corpo carnal,

    A fim de que a mente e intelecto da humanidade, pudessem ver e recordar a sua eterna identidade.



    Isto EU fiz valendo-me da personalidade de JESUS o homem da Galileia, revelando à percepção humana,

    Por meio de MEUS ensinamentos dados, através dele, e por MINHA vida manifestada por ele plenamente,

    Mostrei MINHA ideia divina, através das experiências de natureza simbólica no seu corpo carnal,

    Que EU havia preparado com tal objetivo, para despertar a uma realização de MIM eternamente.



    EU, o divino SER, desço a matéria, porque EU SOU Deus, o verbo, o Cristo, a vida que animo todo corpo, 

    Somente quando o corpo e mente carnal estiverem conscientes de MEU poder e do MEU amor

    Começo a falar, através das palavras de sabedoria e da verdade para estudo, meditação e entender,

    Que na consciência da Chama do coração, EU SOU Deus, a luz, a vida o centro do eterno louvor.



    Na meditação você amadurece a mente carnal e a alma para a consciência de MIM, Deus dentro do coração,

    Na consciência de que EU e você somos um, sabe agora que EU SOU quem dirige sua vida totalmente,

    Então é quando EU os conduzo ao mundo de provações, chamado em MINHA revelação, o deserto, 

    Onde você é submetido a provas para se tornar forte e manifestar MINHAS qualidades divinas unicamente.



    Na consciência de que não há separação, porque EU SOU a luz, a vida, seu verdadeiro e eterno SER,

    Eu conduzirei você as três grandes tentações: de falso virtuosismo, dinheiro e poder,

    Até você provar que nada de fora faz você se esquecer de MIM e MINHA ideia em tudo e em todos,

    Ouve somente a MINHA voz em seu coração e me ouve na voz do seu irmão e imã, este é o seu viver.  .



    Passado esse período de provas, começarão as obras, os milagres e de ensinar às multidões,

    Acompanhado dos insultos, da perseguição dos incrédulos do mundo, seguido pelo julgamento,

    Após a condenação dos incrédulos, carrega a cruz e a agonia e três dias no túmulo,

    Então ocorre a ressurreição, você entra na união COMIGO, na glória da ascensão, o novo nascimento.



    Tudo isso tem o seu significado oculto e é aplicada a alma ou consciência externa que deve entender

    Que este é o caminho de todos que estudaram, passaram e seguiram MEUS ensinamentos,

    Chegou o momento em que preparei você e muitos outros para entrar em MINHA consciência

    Todos que são fortes para deixar de lado a exigência da carne e ME aceitar, Deus nos seus pensamentos.



    MINHA vida, a luz se manifesta como amor funcionando bilhões de células em todos os órgãos do corpo,

    O poder de funcionamento é destruído porque a guerra é um estado agudo de doença, morte e desarmonia, 

    A tarefa de toda célula e órgão é renunciar a vida individual, para MEU corpo ser perfeito e harmonioso,

    Para manifestar na terra MEU divino poder, o reino celestial, o seu divino EU, o Cristo a perfeita harmonia.



    Todas as personalidades humanas, individuais, com seus  corpo carnais são as células de MEU corpo

    Todo pensamento deve descansar na manifestação do MEU eterno amor, a luz, a vida espiritual,

    Manifesto o MEU amor, o Cristo, o eterno SER em seu coração, que é a luz, a vida em toda humanidade,

    Na humanidade EU vivo ME movo e tenho MEU SER, ela é o corpo carnal e mortal do MEU SER imortal.



    Com MINHA divina força vital, os corpos terrestres não serão mais corpo carnal,

    MINHA ideia se manifestará através de toda a humanidade, tal como se expressa no céu, a vida espiritual,

    E já não havendo mais utilidade de corpos carnais porque todos os corpos são de pura luz

    Manifesto a vida eterna em todos, então implanto o MEU divino reino na terra, este é o mundo celestial.
  • O DESPERTAR PARA COMPREENSÃO DE DEUS EM SEU CORAÇÃO

      “CONHECE-TE A TI MESMO”


    Esta mensagem tem por objetivo despertar para a compreensão clara do que você é eternamente

    Despertar para a compreensão do verdadeiro e eterno SER, a consciência de MIM Deus em seu coração,

    Esta explicação tem por finalidade esclarecer o engano porque você pensa que é o corpo carnal

    A carne com os cinco sentidos e emoção esquece o EU divino que é a vida no corpo, a luz e sua irradiação.



    Lembre-se das palavras EU SOU a vida, assim EU, o MEU verbo, o espírito, o Cristo no coração  falava,

    Porque quem fala não é o corpo, mas o verbo, a MINHA luz em tudo e em todos,  o Cristo manifestado, 

    Você criou uma imagem mental separada de MIM e sua herança divina é para cumprir o MEU propósito,

    Compreenda o significado do seu eterno EU divino e saiba que SOU EU em seu coração, o fogo sagrado.



    Sim, vou mostrar como você não é o corpo carnal porque é o templo onde MINHA luz é a vida,

    Volte-se para MIM com fé e confiança e entenda que EU SOU a luz, a vida, a perfeição,

    EU SOU a parte infinita que habita sempre em si mesmo, seu glorioso SER divino, o Cristo,

    Inspiro você mesmo para que ME aceite, porque EU SOU sua eterna consciência, inteligência em ação. 



    Entenda corretamente o MEU propósito e MINHAS ideias quando inspiro em seu interior

    Deste modo, EU SOU sua consciência e inteligência e preparo a mente carnal naturalmente,

    Com uma prece a MIM, seu próprio e verdadeiro SER, seu Pai nos céus, acima da cabeça.

    Contemple a imagem de Deus-Pai-Mãe no alto da cabeça irradiando a luz no coração na sua eterna mente.    

           

    Assim ouço perguntar: Como ocorreu a transformação da forma mental em forma mortal?

    Em MINHA revelação, a Bíblia, está descrito o processo de todo pensamento e de toda criação,

    Onde se lê: EU formei o homem do pó da terra, o átomo e soprei em suas narinas, o sopro da vida,

    E o homem tornou-se alma vivente, pelo poder contido em MINHA ideia e manifestação.



    MINHA ideia começou a atrair para si os elementos da substância da vida, o pó da terra ou o átomo,

    Então, átomo por átomo e célula por célula, moldando até se formar em substância real,

    Segundo o molde ou padrão da imagem mental que constitui seu corpo e alma

    Assim foi formado o corpo, sua forma mortal psíquica e dentro do corpo, a luz, a vida espiritual.



    Assim MINHA manifestação soprou em suas narinas desde o interior o sopro da vida

    Quando então pela primeira vez, você apareceu na terra como um corpo, uma alma vivente,

    Assim manifestei a MINHA consciência e inteligência, o espírito, a Chama do coração, a vida espiritual,

    Desta forma, EU, o Cristo, a vida, a luz, expressei no seu coração a MINHA eterna mente.



    MINHA ideia agora manifestada tem todas as MINHAS qualidades porque EU SOU Deus em seu coração,

    Por isso você tem domínio sobre todos os reinos da terra e possui o poder de utilizar segundo a sua vontade

    Desta maneira, você, seus irmãos e irmãs foram manifestados na forma, no corpo, uma alma vivente,

    Agora se torna consciente e se dirige a MIM em seu coração e conhece sua eterna identidade. 



    Você saiu do jardim do éden, a fase celestial, onde estava consciente da unidade COMIGO seu divino SER,

    Esta queda resultou num sono profundo e nasceu o pensamento de que você é corpo carnal

       Assim se formou os diferentes idiomas da terra e surgiram as palavras e os desejos da carne e sua mente,

       Volte-se para Mim, Deus-PAI-Mãe na Chama do coração, a vida eterna e espiritual. 



    A seu devido tempo virá o grande despertar e você entenderá que as palavras são símbolos de MINHA ideia

    E todas as ideias, são fases do MEU SER e todo desejo para se manifestar é MINHA vontade em ação,

    A personalidade carnal não tem participação porque EU SOU a consciência única no universo

    EU SOU a única inteligência, então MINHA consciência e vontade é a única fonte de inspiração.
  • A EXPANSÃO E IRRADIAÇÃO DA ETERNA LUZ NA TERRA

    “CONHECE-TE A TI MESMO”
     
    Escute MINHA voz em seu coração e entenda o novo tempo, e a e realidade da vida eterna na terra,
    A luz irradia firmemente dentro do coração da Chama da vida eterna da terra e da humanidade
    EU SOU a eterna luz ancorada dentro do coração do fogo sagrado, no processo de contínua elevação,
    Isto significa a ascensão, um processo contínuo, de MINHA luz elevando tudo para o reino da eternidade.
    EU SOU o Cristo, a Chama imortal da vida no coração da terra e da humanidade,
    Preparando o relacionamento COMIGO, Deus-Pai-Mãe no alto da cabeça expandindo a divina consciência,
    Para que todos e a terra possam prosseguir pela porta aberta aos mais elevados reinos de luz
    Desta forma, com a consciência de MIM, Deus em seu coração, todos terão a divina assistência.
    Este é o desenvolvimento espiritual, a unidade COMIGO Deus-Pai-Mãe, o Cristo eterno,
    Na completa unidade, a humanidade com esta consciência divina, volta a sua liberdade espiritual,
    Permitindo que todos os filhos da luz na terra vivenciem a MINHA presença, Deus, o Cristo no coração,
    Esta é a identificação COMIGO, Deus o fogo criador da vida, seu eterno SER celestial.
    Dentro da limitação da mente carnal, este acontecimento realiza-se num determinado tempo e espaço,
    Mas como no reino eterno não existe tempo nem espaço, este evento realiza-se em consciência,
    Assim estou preparando a humanidade para a MINHA consciência na sagrada Chama do coração
    Esta é a ressurreição, o renascimento espiritual ou segunda vida do Cristo eterno, a divina inteligência.
    Este é o processo contínuo de elevação na eterna luz que estou expandindo no coração da humanidade
    Expandindo a luz na terra e atraindo para próximo de MIM, Deus, o Cristo, para voltar ao eterno lar,
    Nesta fase, todos começam a tomar ciência da responsabilidade e dos relacionamentos espirituais,
    Significa formar continuamente a estrutura do pensamento espiritual para MINHA luz irradiar.
    Toda a humanidade está servindo numa hora importante de expansão e irradiação contínua de luz na terra
    A consciência de MIM, seu eterno SER, o Cristo no coração é a chave para a expansão e irradiação da luz,
    O resultado será revelado sentindo e vivendo a MINHA presença divinal, Deus em seu coração,
    Ame a vida, EU SOU a sagrada respiração em você mesmo, Deus, o Cristo, resplandeça sua luz.
    Toda mudança real é necessária internalizar de tal forma que se torne realidade na Chama do coração
    É como a força invisível que há entre dois imãs, mas você sabe que existe mesmo sem ver,
    EU SOU em você, e você é em MIM porque MEU SER é sua vida e da terra, a presença do Cristo eterno,
    EU SOU a vida, o Cristo, a luz irradiando nos céus, a energia da vibração e consciência do eterno viver.
    Você é a presença do Cristo, o fogo criador que pulsa no seu coração,
    Está agora realizando a unidade coletiva dentro da câmara secreta no coração da terra e da humanidade
    Irradiando a mesma energia pura, a vibração e consciência da eterna luz,
    EU SOU a unidade de todo os SERES, a revelação da segunda vinda do Cristo, sua eterna identidade.
    EU SOU a vibrante presença, Deus flamejando dentro do coração de cada um, na terra e na humanidade,
    EU SOU o amor, a luz universal, a sabedoria e poder, a sagrada respiração em tudo e em toda substância,
    Através de tudo e de todos, dentro da terra e da humanidade ressuscito na luz eterna todo coração,
    Para viver o plano divino da luz na terra, de dez bilhões de sagrados Cristos vivendo em eterna abundância.
    Esta é a revelação da presença do Cristo eterno na terra, e na humanidade,
    Na Chama eterna no coração, vivo, respiro, porque EU SOU a vida eterna na terra, a luz universal,
    EU SOU a única consciência e inteligência e atraio para dentro das experiências em cada respiração
    Estou revelando o divino entendimento de louvor e consciência da verdadeira e eterna liberdade espiritual.
  • COMO PENSAR E CRIAR COM A MENTE DO CRISTO NO CORAÇÃO?

     “CONHECE-TE A TI MESMO”
     
    O homem e a mulher pensam que pensam, porém EU Deus na Chama da vida eterna no coração que penso,
    O verdadeiro e eterno pensar é realmente pensar consciente de Mim em seu coração
    Porque EU SOU seu SER, inspirador e diretor de cada ideia em sua mente, em seu eterno modo de pensar,
    O corpo carnal nada faz, EU movimento o corpo e executo tudo que ele faz, porque EU SOU a perfeição.
    Através do seu organismo, personalidade carnal, EU SOU a luz, a vida manifestada no corpo, mente e alma
    Eu fiz você, o Cristo, a Chama do coração, o homem e mulher eternos, a MINHA imagem e semelhança,
    Estou em toda parte, logo estou e tenho o SER em tudo e em todos, assim você tem a faculdade de pensar,
    Você tem o poder de pensar e que pensar é criar, use o MEU poder consciente  e viva na bem aventurança.
    Una-se a MINHA fonte de vida, porém entenda sempre que é para cumprir o MEU propósito,
    Para entender melhor, você pergunta: Como pensar conscientemente de forma a causar esta mudança?
    EU SOU a eterna consciência e lhe ensino a ilusão das coisas materiais e da pequena compreensão na carne
    No mundo e corpo carnal, você acredita numa influência maléfica, e desconhece a eterna bonança.
    Você pensa que uma influência está opondo-se a MINHA vontade e ela parece real para si mesmo
    Inconsciente de MIM, estas influências parecem reais porque sua consciência mortal pensa ou crê que são,
    Outros podem pensar de outra forma, então, seu corpo, caráter e seu mundo é o que você imagina ser,
    Com os eternos pensamentos você pode muda-los aceitando a sua eterna mente na Chama do coração. 
      
    Você pode mudar, deixe de ver e dar poder ao que é indesejável e não aceite em sua mente carnal,
    EU faço que você pense dessa forma, para cumprir o MEU propósito divino e a Lei da Criação,
    Você é o amo e EU desejo que pense e crie as coisas reais, volte-se para MIM, para a sua eterna mente, 
    E ME entregue seus pensamentos, porque sua eterna mente é a MINHA mente do Cristo no seu coração.
    Você já analisou o processo de funcionamento de sua mente quando uma nova ideia surge?
    Primeiro de dentro ou fora, surge a ideia e EU a inspiro, causando impressão na sua consciência
    Aquiete, serenando as atividades, com a atenção e a visão da ideia em sua mente,
    Para se expressar em si mesmo, deixando fluir, sem ideias carnais e deixe atuar a eterna inteligência.
    Então EU ilumino sua mente, mostrando, as fases, dessa ideia, conquistando seu interesse,
    Aposso-me da personalidade carnal, o instrumento limitador do MEU poder, da ideia na mente,
    Então nasce o desejo, agente mortal de MINHA vontade, conduzindo ate a manifestação da ideia,
    No externo todas as ideias e desejos, surgem de MIM, são MEUS, são bons e se realizam rapidamente.
    São bons quando compreendidos que é para se converter no canal puro, para expressão de MINHA ideia,
    Volte-se para dentro deixando que EU dirija seus pensamentos, desejos e expresse o que EU quero realizar,
    Assim o poder criativo da ideia na mente com o desejo, compele a mente a completar o pensamento,
    Com a imagem, construa formas mentais e dentro EU despejo a substância vital da ideia para criar.
    Com a palavra, a ideia materializa-se, atraindo, moldando condições e acontecimentos, até se realizar,
    Assim você tem o domínio sobre os reinos da terra, basta pensar consciente de MIM, e falar,
    E EU farei surgir os resultados, porque MINHA consciência e vontade são uma só com a sua e com tudo,
    Sua vontade e atenção devem obedecer a imagem ou os planos, com a ideia consciente, comece a criar.
    Assim, você sente e reconhece o MEU poder, a glória e a MINHA ideia realizando-se através de si mesmo, 
    Aprenda a pensar e distinguir seus pensamentos, dirigidos por MIM, na mente do Cristo no seu coração,
    Então, todos os desejos se realizarão, sua vida será uma grande harmonia, e seu mundo, um céu,
    Seu SER é uno com MEU SER, entendendo isto você capta a sabedoria do MEU verbo, a divina perfeição.
  • O SEGUNDO AI NO APOCALIPSE

    O apocalipse, a revelação, em sua simbologia, refere-se ao livro escrito, o corpo do homem e da mulher,
    No segundo ai, o Cristo no coração transmuta o falso, o vil e as superstições da mente carnal,
    Porque a mente carnal com o intelecto e os cinco sentidos, dominam o mundo inferior,
    Agora conhecem a verdade, a luz, a mente de Deus no coração, a vida eterna que é a vida espiritual. 
     
    O sexto anjo que toca a trombeta é da igreja de Filadélfia, o centro de energia ou chacra frontal,
    Ouvi uma voz procedente dos quatro ângulos do altar de ouro que se encontra na presença de Deus
    O altar de ouro no corpo-templo do homem e da mulher é o coração, onde está a mente do Cristo,
    O sexto anjo dizia: “solta os quatro anjos,” as divindades que regem as modalidades da vida de Deus.
    E foram soltos os quatro anjos ou divindades preparados no rio Eufrates ou espinha dorsal
    Para transmutar tudo que não serve a luz, na mente carnal e intelecto com seus argumentos,
    E o número do exército dos cavaleiros sob o comando das quatro divindades era duzentos milhões
    São as ilimitadas formas ou entidades criadas pelo homem e a mulher com seus pensamentos.
    Contemplei os cavalos com cabeça de leão e o seus cavaleiros com couraças de fogo de jacinto
    Saia da boca, fogo e enxofre, transmutando os poderes intelectuais, formas inferiores e pensamentos,
    Como explicar as três pragas que mata a terça parte dos homens?
    O pensamento é o homem e a mulher que criaram as entidades com mau uso de seus sentimentos.
    Por que emanava fogo, fumo e enxofre?
    Porque com a palavra, sentiam o remorso do mau uso da energia divina em movimento,
    E os outros homens e mulheres de pensamentos firmes que não foram mortos por estas pragas
    Arrependeram-se e transmutaram as criações de novas formas daninhas de seu pensamento.
    Como explicar os que deixaram de adorar os demônios e os ídolos de ouro, prata, cobre e de pau?
    Refere-se aos ídolos que não podem ver nem ouvir, nem andar,
    Porque estes pensamentos da mente carnal buscam as possessões materiais
    E não o ouro do espírito, que é a sabedoria divina do Cristo no coração que no corpo-templo é o altar.
    No segundo ai, são transmutadas as ilusões da mente carnal para ser servidora da mente do Cristo,
    A luta está terminada com a plena atividade da mente do Cristo no coração irradiando a luz
    O pensamento é do Senhor que é a luz, o espírito, onde somente é encontrada a liberdade,
    O homem e a mulher eternos são o espírito de Deus, o Cristo, o verbo divino, onde a vida reluz.
     Como pensar com a mente de Deus?  Para entender as ideias divinas, só sentindo Deus no coração,
     Entenda as ideias divinas com a luz nos pensamentos, este é o eterno entendimento e espiritualização,
     Na bíblia está bem claro que a palavra é energia do espírito que é o Cristo, a Chama da vida,  
     A corrente da luz universal doadora de vida de Deus, livre, fluindo e derramando em toda a criação.
     Então é com os pensamentos de luz que é do espírito, o Cristo, que temos as divinas experiências?
     É necessário um movimento com a força da divina imaginação, para surgir a eterna experiência
     Somente na mente de Deus no coração podemos encontrar a fonte das infinitas ideias, da luz universal,
     Com o pensamento e sentimento da mente divina doe a vida e com palavra liberte a eterna consciência.
     Entenda que você é o espírito, a Chama, a imagem e semelhança e tem como objetivo crear como o Pai,
     E para crear como o Pai eterno é necessário às ideias divinas com a luz nos pensamentos,
     Você agora percebe a sua responsabilidade e entende o que se diz: sede perfeito como é o vosso Pai?
     Entenda que a vida espiritual é vivenciada na mente de Deus no coração, com os divinos sentimentos.
  • A CHAVE PARA PENSAR COM A MENTE DE DEUS NA CHAMA DO CORAÇÃO

      “CONHECE-TE A TI MESMO”



    É possível que você não conheça o seu verdadeiro e eterno SER, o Cristo, a vida no seu coração,

    E não entenda que EU SOU a vida em você mesmo, seu irmão e irmã, um só COMIGO, o EU imortal,

    Iluminando a mente carnal e seguindo as MINHAS palavras e instruções expulsando conceitos carnais

    Você vai compreender o MEU significado, assim, leia atentamente, para entender o que é a vida espiritual.



    Compreenda o princípio da MINHA mensagem, para se tornar clara e compreensível,

    Agora dou a chave que você desvendará o segredo do MEU ETERNO SER

    Aprenda a usar esta chave e ela abrirá as portas de toda sabedoria e de todo poder no céu e na terra,

    Para que você se torne consciente e uno COMIGO, o Cristo, a Chama do coração e entenda o que é viver.



    A chave é: PENSAR É CRIAR ou como você pensa na mente do Cristo no coração, assim, será consigo,

    Medite nestas palavras, gravando na mente carnal praticando o que deseja criar conscientemente,

    Quando você souber como pensar, pode criar o que deseja: uma personalidade, ambiente ou novo mundo,                  

    Um pensador vive no mundo de sua própria criação consciente.



    Entenda as verdades ocultas e controladas por esta chave, porque EU SOU Deus, o pensador e criador,

    Toda consciência é MINHA, é uma só, com a do animal, da planta, da pedra e da célula invisível,

    Esta consciência está sob o controle de MINHA VONTADE, fazendo a união das células invisíveis,

    Formando os organismos e uso, dos diferentes centros de inteligência para manifestação no mundo visível.



    Ouço perguntar: Se as células do corpo carnal e dos outros corpos são uma só, porque não posso controlar?    

    Você sabe o que é a consciência? Minha eterna consciência e inteligência adapta-se a mente carnal

    Como a consciência pode ser dirigida ou utilizada por um poder dentro desta mesma consciência?

    Como este poder na sua consciência, e em toda consciência é a MINHA vontade, da luz, a vida espiritual?



    Eu criei você a MINHA imagem e semelhança, e depois soprei o alento no organismo dentro de si mesmo,

    Você se tornou uma alma vivente um  ser vivo COMIGO, então, soprei dentro de si a MINHA vontade,

    Dentro de si mesmo no reino dos céus internos, onde sempre EU SOU (ESTOU)

    Assim criei um organismo capaz de expressar toda a MINHA consciência, inteligência, poder  e vontade.



    Desta forma, no reino dos céus internos, expresso MEU amor, sabedoria e poder,

    Eu criei você perfeito no princípio, segundo a MINHA própria imagem, semelhança e perfeição,

    Então, sigo respirando, vivendo e tendo MEU SER no seu coração, pois criei você para este fim,

    A prova disto é que o homem e a mulher não respiram por si mesmo, porque EU SOU a vida na respiração.



    MINHA potente força no seu corpo, usa os pulmões para respirar, o coração para circular o sangue,

    EU SOU a luz no sangue, a vida no estômago, nos órgãos, tecidos, ossos, e o cérebro para pensar,

    Uso a língua para falar, as mãos e pés para fazer tudo que o homem e a mulher fazem, este é o MEU poder,

    É a MINHA vontade de ser, viver e assim faço em tudo e em todos porque EU SOU vida no ato de respirar.



    EU SOU tudo o que você é, pensa ou diz, porque EU SOU a vida, a energia em movimento,

    Você crê que pensa por si mesmo, porém EU o Cristo em seu coração SOU o pensar e a palavra falada,

    Através do organismo, realizo tudo  o que você faz e faço de seu mundo, tudo o que são

    EU o criei, para cumprir o MEU propósito, porque EU SOU a luz, a vida no coração, a Chama sagrada,



    EU DEUS, dentro da consciência, habito em tudo, porque há vida em toda substância que existe,

    É necessário compreender que EU SOU no Seu coração, a verdadeira e eterna consciência,

    Ouço você dizer, que se SOU EU quem pensa o homem e a mulher não pensam e nem podem pensar,

    Isso se torna claro, compreendendo que no universo, EU SOU a única consciência e inteligência.
  • CRISTO O VENCEDOR DA BESTA E DO FALSO PROFETA

    E vi o céu aberto, a eterna razão do Cristo no coração, e eis o cavalo branco, o corpo mental de pura luz, 

    O que estava sentado no cavalo se chama Fiel e verdadeiro, o eterno EU que estava no corpo carnal,

    É convertido no conquistador de si mesmo, aquele que, com justiça, transmuta na luz e avança com amor,

    Vence o falso eu na carne, que negava o EU impessoal, a Chama do coração, a vida eterna e espiritual.  



    O que significa a vida eterna e espiritual?

    Para entender a vida eterna é preciso aceitar, pensar e sentir a Chama imortal, a mente de Deus no coração,

    Porque a mente carnal consome a luz é a desarmonia e a mente de Deus no coração expande e irradia a luz

    A mente de Deus é a mente do Cristo que todos temos como diz a bíblia, é a harmonia divina e espiritual.



    O que estava sentado no cavalo branco ou corpo mental de luz está vestido com um manto tinto de sangue

    O seu nome se chama o verbo de Deus, o Cristo é o verbo de Deus que se fez carne, doa a vida em ação,

    E seguia os exércitos, os elétrons, as centelhas de luz  que há no céu na cabeça, montado no cavalo branco

    Vestido com vestiduras de linho finíssimo, branco e puro é a aura nupcial de luz do Cristo e sua irradiação.



    Sai da sua boca uma espada afiada para ferir ou iluminar as nações

    A espada afiada é o poder do verbo, a palavra, que ao falar irradia a luz para iluminar a todas as nações,

    E ele mesmo, o conquistador de si mesmo converte-se em Cristo e regerá toda nação com cetro de ferro,

    Converte-se em Cristo, Salvador do mundo e é chamado de palavra, o verbo, o filho de Deus e suas ações.



    E pessoalmente, pisa o lagar do vinho do furor da ira, o lagar é o mar da divina luz de Deus todo poderoso,

    Tem no manto e na sua coxa, um nome escrito: Rei dos Reis e Senhor dos Senhores é a trindade em ação,

    E os exércitos, é o coro de anjos celestiais dos mundos divinos que estão no céu, na cabeça,

    Seguiam-no em cavalos brancos ou corpo mental de pura luz, porque manifestaram o Cristo no coração.



    Então vi um anjo que estava de pé, no Sol, é o homem ou mulher que tem o corpo mental de luz,

    E clamou com grande voz, falando a todas as aves que voam pelo meio do céu,

    Falou a todos os átomos de luz que se acha na aura do corpo mental, que reúne todo bem,

    Vinde e congregai-vos para a ceia do Grande Deus, que é a eterna união com o Pai, sem nenhum véu.



    Congregar na ceia do Grande Deus para que comais carne de reis ou transmutar em luz as energias carnais

    Dos reis da terra, os cinco sentidos, dos grandes, livres e escravos, a carne será transmutada,

    Tudo o que pode constituir uma dificuldade no avanço do reino eterno será transmutado na eterna luz

    Porque o Cristo, a Chama é a vida eterna no coração, o fogo de Deus e sua luz sagrada.



    E vi a besta, a mente carnal e os reis da terra, com seus exércitos ou criações inferiores de baixa vibração,

    Congregados para fazer guerra ao que estava assentado no cavalo branco ou corpo mental de luz

    Mas a besta foi aprisionada na matéria com o intelecto, o falso profeta que tinha feito sinais prodigiosos,

    Enganou os que tomaram o sinal da besta, agarrados a suas ideias, ignorando o Cristo no coração, a luz.



    A besta, a mente carnal e o intelecto adoravam a sua imagem e a ilusão dos reis da terra, os cinco sentidos,

    Os dois foram lançados vivos dentro do lago de fogo ou transmutados dentro da luz, os desejos inferiores,

    Os outros foram mortos com a espada, o verbo que saia da boca, do que estava assentado no cavalo branco,

    E todas as aves se fartaram das suas carnes ou a luz transmutou as baixas vibrações nos mundos superiores.



    O conquistador é aquele que transmuta tudo em luz e será um pilar no templo de Deus e nunca mais sairá

    Permanecerá na unidade com o poderoso EU SOU DEUS-PAI-MÃE na Chama do coração

    Transmutará  em luz as energias carnais e o canto da vitória é cantado por todos os poderes divinos

    É a própria divindade e se converterá na cidade Santa, descida do Céu, o corpo de pura luz e perfeição.
  • DEUS É O CRISTO, A CONSCIÊNCIA, INTELIGÊNCIA E VONTADE

    “CONHECE-TE A TI MESMO”



    EU conheço a multidão de pensamentos em sua mente carnal e as dúvidas em seu intelecto humano,

    Em seu coração brilha MINHA luz, o espírito, o Cristo, porque estou presente, o amor sem limite,

    EU SOU a inteligência em você, seu irmão e irmã, a mente do Cristo, na Chama da vida eterna no coração,

    Porque EU SOU seu verdadeiro e eterno SER e estou presente em tudo que necessite.



    Se você seguir MINHAS instruções e quer compreender como EU, Deus, SOU a vida única no universo,

    Igualmente a inteligência  nos Sois, galáxias, planetas, na planta e no animal, você vai iluminar sua mente,

    Seguindo as MINHAS palavras e  instruções e expulsando falsos conceitos e ideias do seu intelecto

    Você vai compreender o MEU significado, assim, pois, escute atentamente.



    EU SOU você mesmo, sua vida, o seu verdadeiro SER, você não é o corpo carnal que pensa ser,

    O ponto de consciência na mente carnal, que chama a si mesmo eu, SOU EU, tudo o que você é realmente,

    O falso eu, o ego carnal, é só uma ilusão, uma sombra, porque EU SOU a luz, seu SER imortal e divino,

    O que a mente carnal chama de eu, nada é, porque EU SOU a única consciência, o que você é eternamente.



    Entenda o Meu significado na mente carnal e saiba que sua eterna mente é do Cristo, a Chama do coração,

    MINHA eterna consciência, adapta-se a mente carnal, ainda  assim, é MINHA divina inteligência

    Quando você expulsar falsos conceitos e opiniões humanas, vai entender que MINHA consciência é tudo,

    Assim manifesto o meu significado na carne, até que você ME reconheça como sua divina consciência.



    Talvez a mente carnal não entenda como cada célula do corpo tem uma consciência e inteligência própria

    Lembre-se que EU SOU você mesmo, a Chama do coração e no externo preparo a sua eterna mente,

    Então você é a consciência, a inteligência que dirige o trabalho dos órgãos, e células do corpo carnal,

    Quando você, o espírito, o Cristo, a Chama se retira, o corpo morre e as células se separam completamente.  



    Então ouço perguntar: Quem  é este EU que dirige e controla as atividades das células e órgãos do corpo?

    Você é o espírito, o Cristo, a Chama do coração, então quem dirige as atividades não é o eu humano,

    O corpo é só uma vestimenta, não tem vida própria e não pode controlar a ação de uma só célula e órgão, 

    SOU EU, porque EU SOU você mesmo, o Cristo, a Chama do coração, o verdadeiro EU e eterno amo.



    A consciência externa não entende que EU SOU a vida e não sabe como movimento as células do corpo

    Você não pode dirigir as células do corpo, mas quando na consciência do EU SOU puder entrar,

    Você não é um corpo carnal com um cérebro humano, estou preparando sua mente carnal para entender,

    Que vivendo na unidade COMIGO, cada célula do corpo ou de qualquer corpo, você pode controlar.



    Você é uma célula do MEU corpo e tem uma consciência e inteligência que são MINHAS

    Sua consciência e inteligência são MINHAS, desta forma, tem uma finalidade,

    As células do corpo carnal é MINHA consciência, assim, a célula, você e EU somos uma só consciência,

    Compreenda finalmente que EU SOU consciência única no universo para fazer a MINHA vontade.



    E qual é a MINHA vontade? É expandir e irradiar a luz, por isso que EU SOU a vida única no universo,

    Entenda o seu real SER, SOU EU, a luz, a vida, assim você está em tudo e é uno, contudo esta é a verdade,

    Você está em MIM e é uno COMIGO, porque EU SOU a inteligência e a consciência que anima a vida,

    Reconheça o MEU poder, o Cristo, a Chama no coração e compreenda a sua verdadeira e eterna identidade.



    Tudo isto pode ser difícil de aceitar e entender que todos os poderes são para uso de MINHA vontade

    São para MEU serviço divinal, e a mente carnal pode dizer que não é assim,

    Estou revelando o seu eterno SER com o uso de MINHA vontade, inteligência e MEU eterno amor,

    Cedo farei descortinar a compreensão do Cristo no seu coração e sua alma entoará louvores para MIM.
  • DEUS, A VIDA ÚNICA NO UNIVERSO, É O CRISTO NO CORAÇÃO

    “CONHECE-TE A TI MESMO”


    Se o que você está lendo, desperta conhecer a vida, seu eterno SER, Deus, o Cristo no coração,

    Se sua vontade é de saber mais, então você está pronto para o que segue, nesta divina reflexão,

    Porém, se sua mente carnal e intelecto duvidam contra a divina autoridade de Minhas palavras,

    Você não terá benefício algum porque precisa conhecer o Meu eterno amor, Deus, o Cristo em ação.

      .

    Se a mente carnal e intelecto ainda duvidam de Minha presença em si mesmo, entenda:

    EU SOU o Cristo em seu coração e conheço as suas dúvidas, porque você não conhece a minha perfeição,

    Desta forma, desenvolvo uma mente e corpo fortes para servirem ao Meu amor, sabedoria e poder,

    Pois quando a mente carnal e intelecto reconhecer-me, vai recorrer a MIM, em busca de ajuda e orientação.



    Prepare-se para conhecer o seu verdadeiro SER, o espirito, o Cristo, a imorredoura Chama da vida eterna,

    EU SOU esta parte mais intima de você mesmo, seu eterno EU, que tenho a morada em seu coração. 

    Será que as seguintes palavras acharão sintonia em seu interior: AQUIETA-TE E SABE: EU SOU DEUS

    Dirija-se a MIM, porque não reconheço tempo nem espaço, visto que EU SOU o eterno, a luz em ação.



    Entenda que EU SOU o espírito, o Cristo, a Chama no coração e movimento o corpo, mas não sou o corpo,

    EU SOU a vida única no universo, o Cristo, a Chama imortal da vida em tudo e em todos em ação,

    EU SOU onipotente, onipresente e onisciente e inspiro todos os pensamentos da mente carnal,

    Reconheça a MINHA presença porque EU SOU você mesmo todo o tempo, a divina perfeição.



    Estou sempre em seu coração, em suas alegrias e tristezas, porque que EU SOU a causa eterna no universo,

    EU SOU a causa de tudo o que você faz, SOU EU quem faz tudo o que você e seu irmão faz a voz silente,

    Porque EU SOU a vida, que movimento o corpo carnal, e faço com que a mente pense e o coração palpite,

    EU SOU o espírito, a causa animadora, o seu Real Ser e de todas as coisas, o fogo sagrado vivente.



    No universo tudo é vida, porque EU, a luz, Deus, o Cristo, SOU tudo o que existe,

    EU SOU infinito e ilimitado, o universo é MEU corpo e toda inteligência emana de Minha mente,

    Todo amor que existe, emana do MEU coração e todo poder, nada mais é do que Minha vontade em ação,

    Tenho minha morada em todo coração, no animal, na flor, na pedra em tudo EU SOU a vida eternamente.



    Toda sabedoria é luz, amor é calor e poder é Minha energia que sustenta as forma e todas as fases da vida,

    Nada pode existir sem Minha presença, pois EU, o Cristo, SOU o construtor de todas as formas em ação,

    Resido e permaneço em cada uma delas porque EU SOU Deus, a luz, o Cristo, a vida em tudo e em todos,

    Porque toda a fase da vida, nada mais é do que Minha luz, MEU eterno Ser no estado de manifestação.



    Então ouço você perguntar: Não há nada mais que este infinito EU? Não tenho individualidade própria?

    Você não pode ter individualidade separada de Mim a vida única no universo pulsando o seu coração

    A mente carnal no corpo pensa que tem vida própria e luta por sobrevivência porque está separada de Mim,

    A personalidade será unificada na Minha unidade, porque toda individualidade separada de Mim é ilusão.



    Entenda que não há nada que não seja uma parte de MIM, governada e regida eternamente por MIM,

    Porque EU SOU a infinita realidade e a individualidade é a personalidade humana que busca a separação

    A carne quer se manter numa existência separada de MIM pensando com a mente carnal no corpo humano

    Porém agora toma conhecimento da luz, a vida universal, a eterna mente do Cristo na Chama do coração.



        Você chegou a este estado de conhecimento e união COMIGO, seu verdadeiro e eterno SER,

        Neste estado, você percebe um lampejo de MINHA consciência e compreende a divina religação,

        Não deseja uma individualidade separada de MIM, o espírito, o Cristo, a divindade, o seu eterno EU,

        Na sua origem divina, você está destinado a ser a unidade COMIGO em eterno amor divino e perfeição.
  • Geração 20's : Não queremos acabar com tudo.

    Uma geração estranha de desasjustados. Os 20,ou 20 e tantos (que há uma margem entre si e uma diferenciação, mas que posta numa escala menor, estão, tanto os 20, quanto os 20 e tantos iguais a uma barata tonta após jatos fortes de SBP de eucalipto) não sabem como proceder, como agir, não param em um emprego sequer. A cada dia, mais amigos me contam que largaram a faculdade, ou que foram demitidos, ou que pediram demissão depois de tanto tempo na empresa, ''cansei, não dá'' ou ''ah amigo, está muito caro.'' e os que trabalham dizem, ''todo dia eu quero me matar'' ou ''diz que um terremoto desmoronou o shopping'' e aqueles felizes com seus trabalhos são Dj's ou fotógrafos e mesmo assim não ganham bem, ou são ricos, pois os ricos sempre estão felizes, se não passa na faculdade um intercâmbio resolve o problema, ou até mesmo uma analista bem cara e bem paga, por que na verdade a única coisa que queremos é estar bem com nós mesmos. 
    Estamos ferrando com tudo por muito pouco, pouca bebida (até mesmo bebidas bem baratas), pouco sexo, poucas drogas e pouco foco no que de fato importa. Conheço pessoas nos 20's que sabem exatamente o que querem e fazem exatamente o que é preciso para conseguir, sem erros, sem falhas, um dia de cada vez, do jeito que tem que ser. Pensando aqui só duas; o resto mais cedo ou mais tarde faz uma cagada específica que ferra com tudo. 
      Nos 20 já desistiram de nós. Já devíamos ter aprendido, já devíamos ter feito aquilo. Na verdade, estamos cansados demais dormindo até ao 12:00, pois na noite anterior juramos pela nossas vidas que 23:30 era o limite para estar na cama; e as 2:30 se dá conta que iniciou o segundo filme, a segunda pipoca ou brigadeiro, e não tem problema, eu acordo cedo assim mesmo para ir trabalhar, eu aguento, um geração de zumbi. Gosto de pôr a culpa na TV, a nossa geração na infância está acostumada a ficar deitada a manhã inteira vendo todos os desenhos possíveis, e nossa Mães (inclusive a minha) secretamente gostavam daquilo, ''pelo menos não está fazendo besteira'' elas pensavam. Na minha casa era um momento religioso, sou o mais novo de 3 meninas e um Poodle, assistir Tv consistia num intervalo de nossas brigas e latidos constantes. Neste cenário, os 20's jamais vai crescer e ter o interesse de pegar no batente as 6:00, ou sentir-se feliz e realizado num emprego de 9:00 ás 18:00 em um escritório que nem a luz do sol é vista; os 20 enfrentam sua primeira crise e divergência e o mundo não tem espaço para crises de identidade, ou depressão, ou ansiedade, apenas o trabalha que cura qualquer enfermidade.
     Um solução? De fato não tenho nenhuma; talvez a culpa seja toda nossa mesmo, ou talvez não. Talvez seja um processo de adaptação á vida adulta; ou muito provavelmente virá um moço com o mapa com as regras e atalhos. O que piora são as expectativas, esperam que sejamos um tipo muito especifico de ser; pacato, mais ou menos; e isso é exatamente a ultima coisa que os 20 que ser. Não queremos pouco, não queremos até o limite, nós queremos intensidade, verdade, paixão, acordar e pensar que tudo vale a pena, queremos viver numa castelo mesmo que seja num camping em ilha grande ou num kitnete no centro da cidade. Até queremos um bom emprego, mas que tenha horários flexíveis, que forme sua equipe de acordo com o mapa astral dos funcionários, uma empresa que entenda o ciclo menstrual feminino e que dê carona em dias de chuva, que leve em consideração a febre do filho de seu funcionário, e que o chame de sócio e não de empregado. Queremos arriscar tudo por uma chance de ser feliz, botar tudo a perder sem garantia nenhuma; entendemos que nossa passagem aqui é breve e que de fato a maior felicidade é viver.
  • O ANÚNCIO DA QUEDA DA BABILÔNIA NO APOCALIPSE

    Depois destas coisas, após a transmutação das ilusões da natureza carnal do homem e da mulher,
    Vi descer do céu outro anjo que tinha autoridade, quando da carne, o homem e a mulher saem triunfantes,
    Convertem-se na unidade do espírito, Deus, o Cristo no coração e moram entre os deuses imortais,
    Assim presencia a queda do mundo dos desejos, e dos instintos da carne, com seus sofrimentos incessantes.
    E o anjo clamou com potente voz, dizendo: caiu, caiu a grande Babilônia, com suas luxúrias da carne,
    Esta é a vitória do homem e da mulher eternos, a glória do espírito, o Cristo, a Chama no coração triunfou,
    Porque a carne havia se tornado morada de demônios era a causa das enfermidades, sofrimentos e tristezas,
    Era a morada de espíritos imundos, com pensamentos carnais, mas a luz do Cristo no coração transmutou.
    Com a carne, se prostituíram os reis da terra que são os cinco sentidos,
    Pois, todas as nações, todos habitantes da terra, tem bebido do furor da sua prostituição,
    Também os mercadores, negociantes de ideias com o intelecto, se iludiram com a falsa riqueza e poder,
    Foram enganados pela carne, vestidos de cordeiros, mas são lobos, negando a Chama imortal no coração.
    Ouvi outra voz no céu, no cérebro iluminado, que dizia: sai dela ou sai da carne, povo meu, 
    Para que não sejais participantes dos pecados do mundo carnal
    Elevai os pensamentos ao Pai, ao poderoso Deus EU SOU no alto da cabeça e na Chama do coração,
    Só assim será transmutado o sofrimento do mundo da carne para viver a vida eterna, o mundo espiritual.
    A voz dizia: sai povo meu, transmutai em luz o pecado da carne e sai dos seus flagelos ou sofrimentos,
    Porque seus pecados se acumularam até ao céu, a divina luz é usada pelos desejos carnais para sofrer,
    E Deus se lembrou dos atos da maldade da carne e assim a alma na ilusão carnal, esquece a vida eterna,
    Pagai em dobro as obras da carne, não aceitai seus prazeres e dai o cálice que ela vos deu de beber.
    Quanto a carne, glorifica a si mesma e vive em luxúria com o mau uso da eterna luz e domina o espírito
    Porque a carne diz ao coração que está assentada como rainha dos mundos, e o corpo carnal obedece,
    Dai-lhe em igual medida do tormento e pranto ao privá-la de seus deleites e prazeres
    A carne com prazeres e desejos, rouba a luz da Chama sagrada, o Cristo no coração e depois se entristece.
    E a carne ainda diz: viúva  não sou e não verei o pranto, porque obtenho todos os meus prazeres e desejos
    Por isso, um só dia sobrevirá os seus flagelos por seus abusos e virá às enfermidades e chorará,
    Porque seus desejos irrealizáveis serão queimados ou transmutados na luz da vida eterna e sua irradiação,
    Sobre essa carne que foi o instrumento do prazer dos reis da terra, que são os cinco sentidos,  se lamentará.
    A grande cidade da Babilônia é o corpo físico que com a mente carnal ignorou a Chama do coração
    Com os instintos carnais adora os reinos deste mundo, e pelos cinco sentidos todos estão dominados, 
    É tempo de acender a tocha da liberdade do Cristo em tudo e em todos
    Deus, o Cristo, a Chama da vida em todo coração, convida a humanidade, para que todos sejam libertados.
    Toda a humanidade está convidada para entrar no mundo da luz, basta usar a Lei da atração e expansão,
    Com o uso da lei de Deus, o homem e a mulher eternos encontram a sagrada comunhão do divino amor,
    Pela aplicação da eterna lei, a divina luz estabelece sua morada no corpo templo de Deus limpo,
    Atrair, transmutar em luz e criar padrões de pensamentos universal na terra é o reino eterno do Senhor.
    O momento é para preparar o corpo templo com a Chama consumidora em cada coração
    Transmutar na luz, o retorno das energias mal qualificadas e se preparar para a ressurreição espiritual,
    A verdadeira e  eterna ressurreição é o despertar da luz do mundo que você é em verdade e em eternidade
    Poderoso é o Senhor Deus que julga a carne ou transmuta na luz da Chama da vida eterna e celestial.
  • O JÚBILO NO CÉU NO APOCALIPSE

    Depois destas coisas, após o anúncio e queda da Babilônia, a natureza carnal,

    Ouvi no céu, na cabeça, uma grande voz de numerosa multidão,

    Dizendo: Aleluia! A salvação, e a glória e o poder são do nosso Deus é o canto do renascimento espiritual,

    O coro de seres divinos que seguiram a ciência espiritual do conquistador de si mesmo o Cristo no coração.



    O que significa o renascimento espiritual?

    É a ciência espiritual, a consciência da presença do espírito, Deus, o Cristo, a Chama da vida no coração,

    Somente através do espírito que é o Cristo, a luz, a vida em tudo e em todos, há a libertação da carne,

    Diz a Bíblia: somente ao Cristo pertence a salvação que é a transmutação da carne em luz e sua expansão.



    E por que a carne tem que ser transformada em luz?

    Porque a energia carnal com seus desejos consome a luz, a vida, a dádiva de Deus e seu eterno amor,

    A energia carnal é a morte e a energia espiritual é a vida, a centelha da eterna luz libertadora,

    Ciente de Deus, o Cristo, a Chama da vida no coração, sinta a luz, a vida, este é o eterno louvor. 



    Porquanto justos sãos os seus juízos, pois julgou, transmutou em luz a meretriz a atração carnal

    E de suas mãos transmutou em luz o sangue dos servos que ela corrompeu a terra com prostituição,

    O canto de vitórias é cantado por todos os poderes divinos devido a transmutação da carne em luz

    E a voz dizia: Aleluia! E o fumo dela  subiu e dissolveu-se em luz para todo o sempre, a carne e sua ação.



    E os vinte e quatro anciãos e os quatro seres viventes prostraram-se e adoraram a Deus sentado no trono,

    Dizendo amém, aleluia! Os vinte e quatro anciãos que no corpo-templo trabalham na sua formação

    E os quatro seres viventes, do fogo, terra, água e ar, todos eles adoraram a Deus que estava sobre o trono,

    E uma voz do trono dizia: Dai louvores ao nosso Deus, que é a luz, a vida em tudo e em todo coração.



    Esta voz é do Cristo no coração do homem e da mulher eternos, a Chama da vida eterna e espiritual,

    E a voz dizia: todos os seus servos, os que o temem, ou dão glória a Deus em si mesmo, é a honra e louvor,

    Exaltemos e alegremo-nos e demos-lhe glória, a salvação é a libertação, a transmutação da carne em luz,

    E como fortes trovões, os seres da eterna luz diziam: Aleluia! Reina o todo poderoso Deus e Senhor.

     

    Demos glória ao Senhor porque é chegada às bodas do cordeiro, o Cristo no coração dominou a carne,

    O homem e a mulher eternos, a Chama da vida eterna no coração, preparou as bodas do cordeiro e triunfou,

    O homem e a mulher eternos, a Chama do coração se une a Deus-Pai-mãe no alto da cabeça,

    As bodas do cordeiro, cuja esposa é a alma humana ou a consciência externa, a Deus se unificou.



    E foi-lhe dado vestir-se de linho finíssimo, resplandecente e puro, a túnica nupcial de luz,

    Porque o linho finíssimo é a aura imaculada dos santos que irradiam de suas auras, a luz irradiante,

    E ele me falou: escreve: aprende, ensina e bem-aventurados os puros, em cujo coração jaz o cordeiro,

    E se converte em um, com Ele e serão alimentados do amor, sabedoria e poder da eterna luz triunfante.  



    E acrescentou: Estas palavras são de Deus, bem-aventurados os participantes da ceia das bodas do cordeiro,

    Prostrei-me ante os seus pés para adorá-lo e ele me disse: não faças isso: sou conservo, o teu Eu espiritual,

    EU SOU o espírito, o Cristo em tudo e a vida dos teus irmãos, o testemunho do Cristo no corpo de Jesus,

    Pois o testemunho do Cristo no corpo de Jesus é o espírito da profecia, Deus, a única vida, a luz celestial.



    Sinta a luz de Deus em seu coração e ame a luz, a vida eternamente,

    Isto significa viver, colocar a energia espiritual, ou energia de Deus em movimento,

    Colocar a energia de Deus em movimento é ser perfeito como o Pai eterno

    Fazer a vontade de Deus é expandir e irradiar a luz, doar a vida e amar ao Pai com perfeito entendimento.
  • "Ahhh" O Amor ...

    Observarmos o mundo encontramos diversas histórias emocionantes criadas pelos mais variantes autores de cada época, mas cada uma delas basicamente trajadas apenas pela fantasia do mundo literário. O mundo real é cunhado por diferenças e dificuldades que criam uma perdição em nosso amor.  

    Mas a cultura oriental tem um ensinamento sobre essa perdição. “Mesmo dentro da maior das tristezas pode existir o maior dos amores”, assim como o Yiang - Yang. Passamos a vida vendo princesas encontrar seus príncipes e ouvindo a trágica frase "E viveram felizes para sempre", mas conforme vamos crescendo essa ilusão de criança vai se transformando em um fino papel de seda que logo no primeiro amor se rompe.  Depois disso vivemos um tempo nas brumas da vida, nada faz sentido e tudo que se refira ao amor é apenas uma perdição, logo vem o próximo relacionamento e por um tempo as coisas se ajeitam, mas novamente tudo se acaba, caímos em decadência e tudo se sucinta no vago novamente.  

    Nesta jornada por respostas procuramos chegar a conclusões que aparecem não existir, sem muito o que fazer temos vários outros amores que subitamente terminam. Então depois de vários desastres amorosos, surge de uma epifania à resposta para o procuramos saber sobre o amor.

    O amor é o que nós salva e nós perde. Cada amor que passa em nossas vidas é algo completamente diferente, mas quando se acaba cria logo um vazio, esse vácuo criado por ele faz uma névoa em nosso coração dificultando enxergar o amor, mas quando ele surge novamente vem com força criando uma magia momentânea.

    Então, talvez isso seja o amor, uma força que destrói e que salva. Algo que para frágil compreensão humana seja difícil explicar ainda. Aquele que é apaixonado, diz que, o amor salva a cada instante, enquanto aquele que foi magoado pelo amor, diz continuamente que está perdido, resumindo, o amor sempre vai depender do que está acontecendo para se manifestar, aquele que ama, ama e aquele que se magoa se perde.
  • "Aprenda a ser só."

    Quando alcançamos tal plenitude, pouco importa quem está ao nosso redor. Sua companhia passa a ser mais importante que qualquer outra pessoa. Quando aprendemos e aceitamos que a única pessoa que de fato realmente importa somos nós mesmos, a vida se torna mais leve. Você veio sozinho a este mundo, e sozinho sairá dele. Não faça de suas relações, uma amarra. Curta e divirta-se o momento que lhe for proporcionado. Pois depois que se acabar, apenas as lembranças restarão. Também não se limite aos "e se's" que a vida impõe. Independente da situação, vá fundo. Adquira experiências. Não há nenhuma ferida que o tempo ou você mesmo não possa curar. Aprenda a se priorizar. Ninguém vale seu desgaste. Lembre-se você pode viver sem terceiros, mas não podes viver sem você. Você é seu melhor amigo, confie em si. Óbvio, não se mantenha trancafiado nessa caixinha que parece ser tudo seguro. O mundo tem muito a te oferecer. Permita-se experimentar, amar, e até mesmo, decepcionar-se. Afinal de contas, é mais um aprendizado para seu currículo de vida. Ame-se.
  • "Hora de compartilhar"

    Passamos pela era da informação, depois pela era da conexão, agora estamos na era de compartillhamento. Tudo o que for bom devemos compartilhar com o máximo de pessoas possível. Esse é o nosso papel nos dias atuais, ainda que nos sintamos impotentes diante do caos que está nosso mundo. Mas se não podemos salvar o mundo, façamos coisas que estão ao nosso alcance. A coisa está feia em todo lugar e em todo lugar do mundo tem pessoas precisando de ajuda, inclusive ao seu lado mesmo, na rua de sua casa, na cidade onde você mora. Por isso compartilhe!Tudo o que possa ser bom pra alguém, tudo o que tiver haver com o amor, com a bondade, com a sabedoria...
    Este é o momento de unirmos forças em prol de um mundo que está, literalmente, a beira do caos, mas que de forma alguma está totalmente perdido. A luz precisa de cada um de nós. E JUNTOS somos mais fortes! No AMOR somos mais fortes!
    Avante todos os trabalhadores da luz!
    A união faz a força... e o Amor é a Lei!
  • "Não sabemos o que queremos"

    Numa madrugada qualquer, revejo meus preceitos.
      Os mosquitos me relembram da dor que é não saber o que fazer para ganhar dinheiro. Afinal, tudo têm girado ao redor do dólar. Estados Unidos vencendo sempre.
      Sentada sob a mesa da cozinha, reflito sobre o paradoxo que a vida se tornou. Estamos mais livres do que nunca e presos em nossas mentes. Não conseguimos ver o dia chegando porque estamos todos "conectados".
      Não. Não sabemos o que fazer. Que rumo seguir. Aposto que você, que está lendo isso agora, já teve a ideia de fazer ou está fazendo uma faculdade. Isso nos é implantado desde o nascimento. É  um destino que meros humanos traçam para meros humanos. Você só vale alguma coisa se tiver alguma coisa. Não. Não sabemos o que queremos ser. Acredito que conhecimento é uma dádiva tanto quanto a ignorância. Que o estudo e o ensino, nasceram para nos tornar mais conscientes. Porém, aprender se tornou corriqueiro e monótono; sem valor ou motivo à altura.
      Me pego julgando o mundo. Julgando você que está lendo, sem nem mesmo te conhecer. Mas não faço por mal. Logo me reprimo, pois vêm o pensamento de que de nada sou se não houver você. Somos mecanismos num mundo caótico.Você fará o seu trabalho, no projeto "Concertar a mente humana"?
      Tudo começa por nós. Eu faço e tu fases. Assim passamos todos os níveis e chegamos à glória.
     


    Muito obrigada por ler. Tenha um ótimo coeço, meio e/ou fim de semana. Poste seu texto. Quero lê-lo.
  • "Se os negros fossem rosas"

    Foi em um show, eu vi homem que passava nas arquibancadas vendendo rosas. Tal figura, prendeu minha atenção por ser o estereótipo do que chamaríamos de favelado. Um negro favelado, vendendo rosas. Sozinho, alheio ao show, a euforia e as conversas, pensei, "e se negros fossem rosas?"
    Seriam rosas escravas, vendidas, humilhadas, exportadas, de seu belo hábitat natural. Seriam um conjunto de rosas fugitivas, rosas fortes, que com seu trabalho, enfeitaram o buquê nacional. 
    Rosas pobres, exiladas nos morros, presas na miséria, empurradas para favela. Seriam, mesmo assim, rosas felizes.
    Vendo atrocidades históricas, pessoas presas por racismo, mortas pela intolerância, "confundidas", julgadas e com suas vidas destroçadas, por conta de um simples engano, se fossem rosas, estariam vitimadas, despetaladas, sem cor, pisoteadas, inúmeras rosas vermelhas a forrar o chão.
    Se os negros fossem rosas, o Brasil seria um roseiral de indizível tamanho e beleza. 
    Por fim, se os negros fossem rosas, seriam trabalho, luta, conquista, sonho, talento, crescimento e canção. Um botão de esperança, florescendo no lado esquerdo do peito.
  • "Senta aqui, vamos tomar um café"

    Senta aqui, vamos tomar um café?! Jogar conversa fora? Rir pra caramba, quem sabe chorar em algum momento. Senta aqui, vamos falar sobre nós! Como você está? Seus planos? Suas conquistas... Conta mais.

    Senta aqui, vamos matar a saudade de nós, vamos aproveitar um tempinho livre pra descansar a cabeça, o corpo! Senta aqui, vamos falar sobre sonhos, até mesmo daqueles mais cabulosos, quase impossíveis! Senta aqui, vamos olhar dentro do olho, ver como estão brilhando. Senta aqui, me deixa ver como você está bem, como você está feliz!

    Quero sentir seu abraço por alguns instantes. Ouvir sua voz, sua risada. Senta aqui, deixa eu te contar como eu estou como me sinto. Senta aqui, quero te contar uma ideia maluca que tive. Senta aqui, lembra aquela viagem que eu queria fazer, deu certo! Senta aqui, me ajuda a fazer uma lista de prioridades! 

    Preciso ir... Obrigada pela companhia, pelo café, pelo abraço, pela voz doce e suave, pelos conselhos impagáveis, pela companhia maravilhosa, pelas gargalhadas que demos, pelas bobagens que falamos e pela saudade que matamos!
  • (R)odeio I

    Lily gosta de insetos.
    Lily sabe que insetos são legais.
    Lily gosta muito de insetos.

    Muitas pessoas não gostam de insetos.
    Muitas pessoas acham que insetos são nojentos.
    Muitas pessoas acham que Lily é uma coisa nojenta, pois ela gosta de insetos.

    Lily não é nojenta.
    Lily gosta de outras coisas também.
    Porém, ela gosta de insetos.

    Muitas pessoas não gostam de Lily.
    Muitas pessoas não gostam de Lily ,pois ela gosta de insetos.
    Ninguém gosta de insetos.

    Lily é uma boa pessoa.
    Lily queria que as pessoas aceitassem que ela gosta de insetos.
    Lily queria que as pessoas gostassem dela.

    Lily não queria mais gostar de insetos.
    Lily tentou gostar de coisas normais.
    Lily não gosta de coisas normais.

    Lily ainda gosta de insetos.
    Muitas pessoas não gostam de Lily.
    Lily não gosta de muitas pessoas.

    Lily não gosta mais de pessoas.
    Lily queria que as pessoas sumissem.
    Lily não gosta de pessoas.


    Lily acha que pessoas são nojentas.
    Lily odeia pessoas.
    Assim como as pessoas odeiam Lily.
  • [Cartas] CRU

    Quando disse, de boca cheia, que estás entregue a mim, que tenho ao meu lado o seu verdadeiro “eu”, confesso, como de costume, fiquei questionado comigo mesma, de mansinho, a sua fala:
    “De nada adianta eu ouvir suas palavras e não ver, tocar ou sentir o que diz. Palavras podem ser vazias.”
    Felizmente, as suas, sinto que não são. Principalmente por, logo em seguida, ter fitado os meus olhos e afirmado, sustentando o olhar, que “escolheu isso”, por toda a nossa troca, acredito indubitavelmente.
    Realmente, vejo que temos um ao outro de uma forma que muito me cativa.
    Adoro a forma que me têm, que me cuida.
    Eu gosto disso.
    Gosto da forma que me trata.
    Faz com que eu me sinta grata.
    Sobretudo, bem comigo mesma por toda a minha doação.
    Não faz ideia da minha sede pelo teu “eu”.
    Confesso, ver a sua entrega me deixa fervendo. Sei que, independente do que aconteça entre nós, jamais irei me arrepender por mergulhar, sequer por queimar em intensidade.
    Seja assim, nu e cru.
    Seja de verdade comigo.
    Seja quem você quer ser.
    Seja e aja da maneira que quiser.
    Seja a melhor versão de si mesmo.
    É óbvio, ninguém é o mesmo para sempre. A mudança é crucial. O cerne da coisa é sempre ser si mesmo. Te peço, jamais se torne uma versão pirata de si mesmo somente para agradar me agradar.
    Já te disse, acredito que podemos ajudar um ao outro a nos tornarmos pessoas cada vez melhores. Evoluir, transcender.
    Mas, ainda assim, desejo que seja sincero consigo mesmo. Seja você. E, se mudar, mude por escolha sua, por ver sentido na mudança e deseja-la. Mude para evoluir, nos seus ideais de evolução.
    Quero isso. Eu quero o seu “eu” nu e cru, anseio conhecer todas as suas versões.
    É gostoso dizer com convicção “tenho um puta orgulho de quem está comigo”.
    Quero ver tudo de você. E, vendo tudo, ainda assim, justamente por ver tudo, continuar sendo muito do que eu quero.
  • [Cartas] ESQUECIMENTO

    Noite passada eu não parei de pensar em ti. Hoje, muito menos. Incrível como isso pode ser tão irônico. Justamente ontem fiz uma pausa para refletir a respeito dessa minha nebulosa onda sentimental que insiste em não cessar, na tentativa de encarar com racionalidade e me livrar da tortura. Notei que passar mais estações sofrendo não só por sua; mas, também por minha causa e pela “nossa coisa” já não fazia sentido.

    Afinal, você sabe o meu número, conhece os meus amigos e poderia muito bem falar comigo se sentisse saudade, se fosse da sua vontade. Diferente de mim. Ás vezes me questiono sobre isso, se tu pensas exatamente do mesmo jeito e fica á espera de uma atitude minha. Mas, no mesmo instante, recordo que você não é assim, age por impulso quando quer algo, não exita em fazê-lo. Porém, acaba por descartar tal característica ao dotar-se de orgulho. E pela forma como tudo terminou, não posso de maneira alguma descartar essa hipótese, “cuspiu no prato que comeu” foi uma frase bem forte.

    Detesto fazer presunções, soa tudo tão incerto. Aliás, tu não é desses que se prende a alguém. Sendo franca, algo dentro de mim quer estancar a minha percepção da realidade, qual compreendo até demais, além dela estar distante do que eu gostaria, não é nada agradável e acaba por ser doloroso de aceitar. Mas, não posso seguir tentando enganar a mim mesma, soterrando e afugentando o que está escancarado. Você seguiu em frente e eu ainda não superei a ruptura em todas suas facetas.

    Concluí, com decepção, que no fundo, não consigo te esquecer porque realmente não quero, ainda permaneço a alimentar este sentimento. Não me permito conhecer outras pessoas, pois sei que nenhuma delas será você. Vez ou outra, me pego fazendo comparações até mesmo nas coisas mais ínfimas ou caçando características tuas nelas; pior, inconscientemente te projetei em um outro alguém. Tem noção do quanto isso foi prejudicial?

    Não obstante, reconheço o porquê de tudo. Apesar de toda a parte cortante da história; é evidente, houveram sim momentos dignos do título de “inesquecíveis”. Me apeguei a estas memórias intensamente e não quero que o desejo de vivenciá-las novamente se apague, por temer perdê-las, já que ansiando as lembranças são tão vívidas.

    Logo, me vi decidida a deixar tudo isso para lá e encarar de frente a situação. Não mais passaria minhas tardes com o pensamento em ti e evitaria nas conversas tocar o seu nome. Tentaria não me frustrar todas às vezes que, ao chegar e pendurar o casaco, perceber que a minha sala está do mesmíssimo jeito que deixei pela manhã, um sinal de que naquela noite você não passaria aqui em casa para jantarmos juntos; que eu não teria seus dedos tateando as minhas costas num vai e vem para me fazer dormir, que não ficaríamos envoltos num grande abraço corporal e eu não mais em segredo iria tentar sincronizar minha respiração com a tua; que não seria aquecida pelo teu corpo quente e sequer me sentiria acolhida pelo teu sorriso e o seu olhar terno. Não escreveria mais sobre você, muito menos sobre nós. [É evidente, fracassei]. Ficaria realmente aberta para conhecer outras pessoas, à espera de alguém sobretudo interessante, para me divertir ainda que de maneira efêmera e “queimar em intensidade como um dia incendiei por ti”… mas, rapidamente descarto a ideia, pois tenho a sensação que jamais seria a mesma coisa, nos seus exatos termos.

    Quando essa nevoa passar, quando realmente me der conta, ficarei surpresa comigo mesma. E sei que vou perceber a transição somente quando os meus escritos falarem apenas de mim e não mais de você.

    Naquela noite, reconheci que esse meu desejo constante e a esperança de que nos encontraríamos novamente para viver o “amor mais intenso de nossas vidas”, como se fôssemos amantes predestinados, nos encontrando novamente e trazendo a paixão do passado sempre a tona; era um sonho utópico, mera fantasia. Apesar do nosso caso ser reincidente, qual seria a probabilidade de acontecer novamente?

    Eu definitivamente estava ficando louca e cogitando coisas que eu sempre desacreditei. E, pior, ainda assim tenho a convicção de que nada disso faz sentido.

    Definitivamente os meus delírios de amor já estavam indo longe demais. Eu havia decidido que a partir daquele instante não iria mais pensar em ti, não iria forçar para te esquecer (é até antagônico), não iria imaginar momentos contigo e nem ansiar teu toque.

    Mas, incrivelmente, nessa mesma noite, ouvindo música enquanto tomava um vinho tranquilo, me deparei com o som de “Take My Breath Away” e ele destruiu todos os meus planos e decisões anteriores.

    Pois, por incrível que pareça, essa melodia sedutora retrata uma paixão em chamas e descreve fielmente tudo o que o meu íntimo mais deseja, a razão pela qual ele pulsa. Isso mesmo, desejo que nos encontremos novamente, trazendo para o agora aquela mesma paixão avassaladora e aquele sentimento quente, que me deixava em chamas.

    Desejo que a paixão que brotou na juventude, ou seja lá o que for que ainda permanece vivido aqui, não se desmanche — em ambos os lados. Eu sempre, verdadeiramente, não só esperei, como também acreditei, com lasciva veemência, que estávamos fadados a um intenso romance; assim como retrata a canção.

    Projetei tanto que não me conformo com esse desfecho, não consigo me render a essa ideia. Digerir que nossa envoltura não estava como imaginava, que de um instante ao outro perdi o eclipse, o acontecimento centenário que tanto ansiava, uma oportunidade não aproveitada; pra ser sincera, não quero me render, evitando a frustração de sentir-se vencida pelo que mais temia. Sofro pela perda do que nunca me pertenceu, pelo que não vivenciei, pelo que poderíamos ter sido.

    Não sei se fico feliz por já ter tido você por instantes ou decepcionada pela possibilidade de não tê-lo novamente. Talvez, minhas palavras não passem de devaneios, frutos de uma decepção amorosa. Mil e um pensamentos rodeiam a minha mente enquanto meio torpe escuto essa música e te escrevo.

    Sei, pode parecer brega, mas super a minha cara, escrever cartas para alguém que jamais irá recebê-las. [Você sabe muito bem disso].

    Definitivamente ainda não consigo esquecê-lo e a canção só me faz lembrar e desejar ainda mais estar em você. Não paro de ouvi-la ou de muito menos desejá-lo, de ansiar tudo aquilo novamente. Afinal, pode ser putativamente, mas sinto que vivemos nesse jogo tolo de amantes que a letra tanto fala. Sou eu quem está assombrada pela noção de que em algum lugar existe um amor em chamas, voltando, retornando de algum lugar secreto no interior.

    Ou, talvez, eu somente esteja meio torpe.

    Sabe, o vinho me deixa “alta”.

    Acredito que amanhã darei risada e me sentirei ridícula por tudo isso.

    Bom, espero.


    Janaina Couto ©
    Publicado em 2018

    @janacoutoj

  • [Cartas] FANTASIA

    Eu fantasiei. Fantasiei muita coisa a respeito do que estava rolando entre nós. Finalmente, depois de tanto tempo, identifiquei que também fui parte do problema. Tudo aquilo era tão novo, tão excitante, aquela sensação de perceber que o cara pelo qual sempre tive uma queda estava claramente na minha, me corria! Isso arrasou o meu psicológico. Literalmente.

    Você fazia as coisas mais simples e esperadas de um cara que está afim de alguém, mas, simplesmente pelo fato de ser você, eu me sentia incrível, a grande contemplada; me contentando com migalha. Afinal, desde o início, lá atrás, sequer cogitava a hipótese de te atrair, pois, não me enquadrava nem um pouco com as mulheres que você costumava sair.

    Não foi assim que te vi. Não, definitivamente não foi, apesar de ter chamado fortemente a minha atenção de primeira. Foi de modo gradual, com decorrer do tempo, quando passei a conhecê-lo realmente [ou melhor, quando acreditei que o conhecia], que me encantei por você.

    Confesso, inicialmente, me recusei a aceitar já que aquilo parecia o cúmulo do absurdo, cheguei a passar por toda aquela fase de negação que, aliás, foi relativamente longa. No entanto, reconheci que mentir para mim mesma não fazia sequer sentido, como poderia sentir vergonha por ser capaz de me cativar por alguém antes mesmo de tocá-lo?

    Mas, o problema não estava nisso, jamais fora o sentir. A grande questão era o receio de não ter o meu interesse correspondido, como já mencionado, ao meu ver eu não fazia “o seu tipo”. Esse pensamento me inibiu por um tempo considerável, até que, em meio às brincadeiras da galera, você passou a dar sinais favoráveis a mim.

    Mas, para a garota que no fundamental era alvo de chacota entre os garotos da turma, tudo aquilo não passava de mais gozação. Aliás, acabou por ser um dos principais motivos da minha insegurança e baixa auto-estima, qual até hoje percebo seus reflexos. Não era capaz de acreditar. No entanto, por incrível que pareça, aos poucos eu cedi à medida que você pareceu tão confiável, claro e franco. Você não era como eles.

    Não é novidade, sempre há um “porém”, você agia diferente comigo em detrimento das demais garotas da classe, com uma espécie timidez, acanhamento. Não faz ideia do quão isto deturpou a minha mente. Eu precisava encontrar um porquê. Cheguei ao ponto de identificar uma espécie de padrão nas garotas que você curtia; e, pior ainda, me rotular como não interessante e/ou atraente como elas. Que apesar de sentir-se atraído por mim, jamais seria na mesma intensidade que elas o atraíam. Eu não podia competir.

    Sinto vergonha em assumir que tive tal pensamento esdrúxulo, como se nós, mulheres, estivéssemos numa competição; ou que pelo fato de uma mulher ser para ti atraente e eu não possuir as mesmas características que ela me diminuísse de alguma forma. Além do mais, tola, por ter sido tão ingênua e deter uma visão distorcida sobre “conquista”, já que ainda não compreendia sobre “reciprocidade” e “leveza”.

    Sei bem o que me levou a isto. Sabe o que? Minha tentativa fútil de justificar a razão pela qual as coisas aconteciam lentamente entre agente. Não, eu nunca fui e não sou apressada, a real era que você me enrolava e eu não conseguia compreender o seu porquê. Você agia diferente comigo, não tinha atitudes negativas, ao contrário, tinha medo e eu só não sabia do que. De agir? Pois, chega a ser curioso, eu estava apta a me deixar levar e isso não era possível quando reconhecia que apesar de sentimentalmente a coisa ser mútua, você ainda assim não tomava atitude consonante.

    Havia algo sim, medo, receio ou sei lá o que, você não era assim e isto me fazia reconhecer que era por causa de mim, eu causava essa reação em ti. Era por isso que eu viajava. Não conseguia entender o que te embasava. Porque não me chamava logo pra sair? Demorou, mas, depois finalmente compreendi.

    A sensação que vigora entre nós era a de estar pisando em cascas de ovos, a todo instante evitando deslizes, constantemente tendo cautela exagerada em tudo para não estragar o pouco conquistado em tanto tempo. Mal sabíamos que isso nos impedia de sermos nós mesmos.

    Fazíamos o possível para manter a boa impressão e não afugentar o outro; eu, por exemplo, chegava a ficar minutos pensando em como responder uma mísera mensagem; você, por hora, corava ao falar comigo em nossa roda de amigos, ficava sem graça e ao invés de conversar se afastava.

    Justamente o zelo e o desejo de que “fluísse naturalmente”, sem colocar pressão ou sequer expectativas no que acontecia, de modo a não fazermos projeções para evitar a temida frustração, tornava tudo ainda mais embaraçoso.

    Mal sabíamos que só em pensar dessa forma, estávamos os dois concomitantemente implorando para dar certo. Expectativa. Não chegamos a falar isto, mas, era evidente dos dois lados. Eu dançava conforme os seus passos. Mesmo não concordando com o lance da demasia, isso me consumia. Mas, ainda assim, continuei a dança, persisti naquilo, afinal, eu também queria que desse certo.

    Em virtude do anteposto, é evidente, não deu certo. Recordo os detalhes, consigo explicar conjunto de fatores externos de uma forma lógica que inibiram o que desejávamos, mas não sei bem explicar como isso pôde ser maior que a intensidade e pureza do sentimento avassalador que havia ali, aparentemente, a magia da primeira paixão de adolescência não era tão forte assim.

    Alguns verões depois, em tese “maturos”; se comparado a nossa, ou melhor, a minha — em especial -, falsa percepção de conquista, idealização de amores e nula experiência quanto a mãos, bocas e perfumes, nos esbarramos novamente. Destino? Universo? Coincidência? Não sei, não importava. A minha única convicção era de que jamais cometeria o mesmo erro que anteriormente. Desta vez, não havia um sentimento antecessor, paixão ou seja lá o que, para complicar as coisas ou até mesmo postergá-las.

    Em contrapartida, havia ainda forte interesse e, claro, lembranças. Isso deixava tudo inflamado, quente. No início, estávamos jogando e o flerte não só era excitante; mas também, escancarado.

    Além de tudo, a minha percepção de mundo havia mudado, já não mais existia aqueles fantasmas de baixo autoestima ou qualquer coisa atrelada a me taxar como insuficiente. Naquela época, eu não me sentia menos que inteira. Aquele seria o meu ano e me permitiria viver e sentir o mundo, nada iria me impedir.

    Estava decidida e isso foi ótimo. Sim, “foi” enquanto ainda tínhamos tudo sobre controle. As coisas são imprevisíveis. Sou emotiva demais. Perdi o controle. Aos poucos criei um vínculo muito forte e só pude perceber quando me peguei implorando para isso se desfazer, pois, eu me magoei demais.

    Como alguém pode insistir permanecer com algo que acabou por tornar-se mais motivo de decepção do que satisfação, por julgar que é melhor ter aquilo do que perdê-lo? “Melhor pouco do que nada”? “A frustração ao abrir mão seria maior”? O que havia acontecido com a história da “reciprocidade”?.

    Cara, você fez eu me sentir especial. Não como se não existisse nenhuma outra garota aos seus olhos; mas, como se dentre tantas mulheres encantadoras, você pudesse escolher uma, ainda sim desejaria e preferiria estar comigo, jamais por me achar melhor do que elas, mas por ter zelo à nossa troca de energia. Porque, no meu ponto de vista colorido e bem elaborado, você estava apaixonado [novamente] por mim. Como eu disse, fantasiei, ou melhor, acreditei. Ou será que apenas não fui capaz de discernir as coisas?

    Mas, o problema foi que sim, talvez eu tenha fantasiado. No entanto, você colaborou fortemente para isso. É mais que óbvio quando um cara chega para sua irmã, dizendo que desejava mais que tudo que fosse você quem estivesse ali e ainda a questiona sobre o que ela pensa a respeito da possibilidade dele te namorar, com o intuito de aferir se a sua vontade era essa também. Eu sentia mais que o suficiente. Eu queimava em intensidade.

    Ah, você acabou com o meu psicológico. Mas, estranhamente, por um longo período, foi um dos motivos que mais fez bem a ele. Sabe, a única coisa que realmente me faz ter saudade era em como estar com você fazia eu me sentir ainda melhor. Gostava de ti, logo, ter-te por perto era gostoso.

    No início, cheguei a te dar todo o crédito pelo “bum” da minha auto felicidade, pela minha autoestima, pela minha calmaria, pelo meu bom humor — que se fez tão marcante naquela época -, pela minha inteligência e demais atribuições e características; eu definitivamente me sentia incrível. Não que eu não fosse nada disso anteriormente, apenas não havia percebido e você reconheceu, me mostrou.

    Porém, durante muito tempo fui equivocada e acreditei que você havia me dado tudo isso. No entanto, não sou egoísta ao ponto de não assumir que adorava saber que você me via daquela forma, da maneira que eu gostava, do jeito que eu era.

    Tínhamos uma troca muito gostosa, havíamos decidido encarar a situação da melhor maneira. A regra era clara, não cometer os mesmos erros. Mergulharíamos. Sim, mergulharíamos, profundo, desde que aquilo que nos motivasse fosse puro, sincero, espontâneo. Intrínseco. Não magoaríamos um ao outro.

    Justamente por tal, por proposta sua, conversamos, nada ficou a cegas, expomos o nosso interesse e a partir disso surgiu o acordo: o lance deveria ficar entre nós, seria “a nossa coisa”; a melhor maneira para nos conhecemos definitivamente sem qualquer tipo de pressão alheia ou algo correlato; inicialmente, sem nenhuma cobrança sentimental, já que não havia sentimento pré-existente para ambos, diferente de outrora; porém, como consequência de se conhecer, impossível seria descartar a possibilidade, consiste em algo qual não detemos controle, logo, nessa hipótese seriamos francos e claros um com o outro. Um pacto perfeito para nós dois.

    Tu não é capaz de imaginar o quão uma simples mensagem sua, inesperada, me alegrava, muito menos sequer compreender tamanha euforia que suas frases curtas quando acompanhadas pelo famoso sorriso mútuo, já que os seu olhos sorriam também, de “te quero” [como intitulei] me causavam.

    Algo florescia, era quente, pulsava, dominava; minha respiração ficava desregulada, sentia uma leve palpitação e por uma fração de segundo eu entrava em transe enquanto um calor percorria ferozmente o meu corpo; no mesmo instante podia sentir meu rosto aquecer, momento em que tinha certeza da nova cor que minhas bochechas haviam ganhado, me via envergonhada só em cogitar a possibilidade de você perceber todo o alvoroço que causava em mim.

    Afinal, acreditava que tu estava sendo sempre franco (de acordo com o nosso combinado), chegando até a ficar frustrado nas poucas vezes que eu ironizava suas falas, pois, era encantador demais ouvir-te pronunciá-las, quase que surreal, não me restava saída que não a brincar com a sua frase na fútil tentativa de não te deixar perceber o embaraço que você provocava em mim.

    Sua companhia realmente me fazia muito bem. Não imagina o quão eu me sentia incrível por saber que era por ti admirada, desejada; em sentido amplo. Como se eu tivesse te conquistado. Reciprocidade. Sim, reciprocidade, uma vez que que eu sentia o mesmo por você. Achava um máximo que apesar do seu jeito sarcástico, nos instantes mais inesperados, involuntariamente, você me falava coisas tão bonitas e logo após ficava sem graça, como fuga, caçoava ao se dar conta que estava sendo “romântico pra caralho”.

    Frases que jamais esperava ouvir de qualquer cara, muito menos de você. Além do mais, me tratava de uma forma que me surpreendia. Me surpreendia realmente, ternura.

    Lembro detalhadamente de cada borboleta no estômago, cada instante de aceleração dos meus batimentos cardíacos, de cada respiração ofegante, do desejo em te ver todo dia, de cada troca de olhar, dos joguinhos, dos teus sorrisos maliciosos, do seu olhar profundo me fitando com o famoso sorriso de “te quero”. Sempre lembrarei. Confesso que, por esses instantes, eu sou grata a você.

    Foi sim perfeito, no começo. Ao decorrer do tempo, o tratado já havia sido parcialmente descartado, ignorado, seja lá como queira chamar. Descumprido, já que víamos sentimento surgindo, ou melhor, metamorfoseando-se para ambos e estávamos gostando daquilo; não que essa parte não tenha sido prazerosa, só que não fomos específicos, não conversamos a respeito, que seria o ideal já que devíamos ter honrado o pacto. Justamente isso acarretou, a longo prazo, um problema no quesito “intensidade”.

    Mas, ainda assim, estava no ar, era evidente, límpido e posso afirmar com convicção que não tratava-se de um ponto de vista exclusivo meu; para ti também estava óbvio.

    Não obstante, conforme anteposto, sermos silente e não tratar do assunto ocasionou uma confusão, na verdade, uma teia, graças a você, que foi cínico o suficiente ao ponto de utilizar tal argumento, um tanto quanto fraco, como justificativa ao me ver te questionar sobre o que possuíamos e o que seria do depois (quando pude perceber que estávamos mais uma vez fadados a não ficarmos juntos). Me vi cercada, sem saída, sem argumentos e, de certa forma, traída.

    Tudo parecia maravilhoso demais pra ser verdade, aí reconheci os vacilos. Que na época eu não enxergava dessa forma, sempre acreditava nas suas explicações e razões, que hoje, reconheço como as mais idiotas possíveis, coisas que para com quem você afirmava “ter uma história”, partiam o coração na hora e logo depois, antes mesmo de você arranjar uma desculpa escrota, eu acabava criando uma razão lógica para tal atitude me culpando.

    As estações tinham mudado, mas eu havia estagnado o tempo, queria eternizar o que possuíamos. Cai na real apenas quando não só o ritmo, mas a canção era outra. A letra dessa vez era difícil pra caramba, eu não apreendi. Sinceramente não tenho como apontar um motim, sequer compreendo o que aconteceu. Me vi imersa numa situação qual eu sozinha jamais seria capaz de mudar. Estava surtando com o seu vai e vem.

    Recordo claramente a primeira vez que me disse “perdi o interesse”, na verdade, contou-me uma série de coisas quais se resumiam nesta curta frase, a única que assimilei. Foi cortante, me senti péssima, pois, jamais cogitara nosso distanciamento. Porém, eu prezava pela reciprocidade. Aceitei. Não o questionei ou pedi uma explicação, mesmo tendo certeza de que merecia um mísero “porque”.

    Jamais iria me humilhar dessa maneira, fazer questão de alguém que já não quer ficar. Havia tomado sua decisão, respeitei. Decidi encarar isso da melhor forma e não era de modo algum negando a sua existência, muito menos me martirizando para te esquecer.

    Por incrível que pareça, estava me saindo bem, daria certo. Exatamente, “daria” se você não se aproveitasse do meu método para se aproximar aos poucos e tentar restabelecer o vínculo que eu ainda não havia cortado. Não posso mentir para mim mesma, te vi chegar, não convidei, mas te permiti entrar. Afinal, eu não havia cortado o vínculo e ao ver-te tomar tal atitude, me equivoquei ao interpretar como um “me enganei”. Acreditei que aquilo não iria mais se repetir. Tudo se restabeleceu como se nada tivesse acontecido, como se o seu vínculo jamais fora rompido.

    Na realidade, eu é que me enganei. Me enganei ao crer que aquilo não mais aconteceria. Aconteceu, infelizmente, mais de uma vez. Está aí o problema, quero dizer, parte dele; ou melhor, um deles, percebeu? Hora você me fazia pirar de tanto desejo; Outrora, me fazia ficar mal, ao te ver tratando-me como um tanto faz, como se só me quisesse por perto apenas nos momentos em que eu te convinha. Isso era péssimo, sentir-se uma pessoa que apenas convém e não alguém com a qual se tem zelo.

    A sua indecisão me corroía, era doloroso ficar no meio termo. Tu sabia que o meu sentimento era mais forte quando comparado ao teu e se aproveitou disso. Evidente era que eu queria estar contigo, mas, desde que você quisesse o mesmo; jamais cogitei a possibilidade de implorar ou desejar que você permanecesse aqui sem querer ficar, não sou do tipo que era egoísta consigo mesmo ao ponto de mendigar reciprocidade.

    Porém, infelizmente, eu ficava naufragando e emergindo, hora você era a boia que me salvava, ora a água gélida que invadia minhas narinas e estranhamente queimava. Não, eu não mendiguei reciprocidade, mas aceitei migalha.

    Você estava sempre indo e vindo. Sinto-me mal em falar, mas, apesar de não pedir para você voltar ou ficar; ainda assim, estava sempre a disposição, afinal, era melhor estarmos juntos quando você queria do que eu te dar um fora e não poder sequer sonhar com a possibilidade do que possuíamos dar certo. De qualquer maneira, fui sim egoísta comigo.

    Eu, que sempre odiei meios termos, me submeti a um por causa de você. Identifico-me integralmente com aquela frase da Clarice Lispector “Não suporto meios termos. Por isso, não me doo pela metade. Não sou sua meio amiga nem o seu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada!”.

    Fui tão cruel comigo, me senti impotente e mais uma vez, tentei jogar o peso da situação para mim “Como pude deixar você escapar pela segunda vez?”. Errando comigo pela enésima vez, eu não havia deixado nada. Ao contrário, você mudou comigo completamente e eu, sinceramente, não estava mais aguentando me submeter a tentar resgatar a “nossa história”. Fui cruel ao me culpar por colocar um ponto final no seu vai e vem.

    Hoje, reconheço que jamais estarei sendo egoísta por me colocar em primeiro lugar.

    Viajei, pra caramba. Viajei ao pensar que aquele seria o nosso ano. Óbvio que você também não ajudou muito. Sabe o que é mais impressionante? Na época eu tinha plena certeza que você estava sendo sincero. Pior que isso, eu. EU via você apaixonado por mim. Pesado, não é? Me questiono se tudo isso que eu via em você era real ou apenas fantasia. Tudo foi tão intenso.

    A minha intensidade. A brisa nostálgica do passado. Como eu posso ter inventado; ou melhor, fantasiado aquilo? Foi a única conclusão a qual cheguei, fantasia. Sabe porquê fantasia? Não consigo encontrar um explicação lógica para ti de uma hora para outra jogar fora, ou melhor, abrir mão do que demoramos para constituir (tratar como tanto faz).

    Lembra? Eu, que não me permitia se fascinar ou me entregar, me apaixonei duas vezes por você e, na última, esperando um resultado diferente, mergulhei completamente nesse teu mar agitado, porque tu me fazia ver-te águas cristalinas de uma atraente calmaria, te permiti me conduzir, te daria um voto de confiança e passei a acreditar que me desejavas como se necessitasse de mim. Fantasia.

    Pra ser sincera, se fantasiei, eu não sei.

    Já não consigo decifrar o que eu criei [inventei para mim mesma] do que realmente aconteceu. Será que cheguei a fantasiar algo? Idealizei ao ponto de perder a percepção da realidade? Francamente, esses sentimentos e as lembranças são tão vivas em mim que chego a duvidar.

    Resta, agora, um turbilhão de emoção e lembranças com uma pitada de confusão. Sim, confusão, uma vez que não sei o motivo de você ter se afastado de modo tão repentino. Me arrisco a dizer que foi quase como se tivesse renegado o que ousou um dia chamar de “nossa história”. Renegado não somente isto, mas o que nos permitimos sentir.

    Não compreendo o porquê, se aquele foi o sentimento mais incrível que tinha despertado, até então, por um cara. Justamente por isso, ainda não consigo colocar nenhum outro acima de você. Que, aliás, já não é mais merecedor do posto que ocupa e, aqui dentro, travo uma batalha pra te destituir.

    E por falar em fantasias, nas madrugadas após as conversas mais gostosas contigo, que mexiam tanto comigo e me causavam até insônia, esperando o sono chegar ao longo do resto da noite eu fantasiava, idealizava, momentos ao teu lado. Momentos simples e intensos de uma vida que eu torcia tanto pra acontecer.

    Você também já fantasiou momentos comigo? Creio veementemente que sim, pois, nas madrugadas era tu que me mandava mensagens criando um roteiro de uma vida comigo, aliás, roteiro qual seguiu por um breve momento. Não faz ideia do quando ansiei para que seguisse o roteiro completo daquele verão.

    Fantasia. Incrível como uma palavra se faz tão presente. Fantasias quais eu ainda, em meio a madrugadas de verão movidas por uma brisa nostálgica, me pego memorando. Viajando. Então, eu levanto, coloco pra tocar um indie, me sirvo uma taça de vinho, e fico ali, no escuro da sacada debruçada no parapeito, dispersa em devaneios enquanto observo o quão deslumbrante pode ser a cidade sob o negro do céu.

    Espero profundamente que isto não seja um sintoma de saudade.

    Estou mais confusa do que nunca, não sei se desejo me afastar ou ficar junto de você. Sou incapaz de concluir isso. Novamente, sendo ainda mais egoísta comigo. Tu não faz ideia do que é sofrer de amor. Será que já não sei diferenciar a fantasia da realidade? Ao dizer fantasia, me refiro ao fato de ter atribuído mais emoção e importância a tudo que acontecia. Isso não seria apenas intensidade? Afinal, eu queimava em intensidade. Sempre queimei. E se eu não tiver fantasiado? Talvez seja o que tenha acontecido, ou não. Mas, e se tiver?

    Será que me apaixonei pelo que inventei de você?


    Janaina Couto ©
    [Publicado — 2019]

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222