person_outline



search
  • Prosa Poética
  • Postado em

Brechas

                                                                          
Entre as brechas de nossa calmaria
Facilmente poderá ser encontrada
A água corrente que pode fugir
De nosso controle;

Poderá ser encontrada
Pedras, troncos, gritos roucos
Que mantemos em um calabouço
Quando nos convém;

Entre as brechas de nossa calmaria
Nos deparamos com o que nos põem a prova
Com o que nos consome ou deteriora
Lentamente em nosso íntimo;

E em algum momento
Ou algum instante...

Encontramos o que de fato,
Nos torna ou mostra
O quanto somos pequenos
Simplesmente ínfimos;

Assista a Prosa: https://www.facebook.com/Marcos.negrarte/videos/1235547686524968/
Pin It
Atualizado em: Sáb 27 Mai 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222