person_outline



search
  • Policial
  • Postado em

BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. 3)

. Lança-Chamas levanta da cama e recebe uma surpresa: Um café da manhã bem elaborado na mesa, preparado por Cristina, que havia sido desamarrada. As duas aproveitam a refeição juntas. A bandida teme que ela esteja armando, mas não. A menina é super grata por ser salva de um estuprador. Lança-Chamas não concorda com abuso sexual de reféns, muito menos com menores.

 

. Ela salvou a menina porque teve pena, e não está afim de ser amiga dela, e vice-versa. As duas continuam brigando verbalmente. A menina não fica com medo e a encara, e ameaça dar queixa na polícia depois do sequestro caso sofra punição de novo. Mesmo com esse ódio que as duas sentem uma pela outra, a menina faz questão de ajudar a mulher a preparar o almoço e a janta, por aquela gratidão, e continuam comendo juntas na mesa. Cristina já havia conseguido o direito de tomar banho e dormir em uma das camas, nos dias em que passa no cativeiro. 

Pin It
Atualizado em: Sáb 8 Fev 2014
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222