person_outline



search
  • Minicontos
  • Postado em

Errei.

Me penalizo em excesso pelo que faço, metade de mim diz “errar é humano” numa tentativa de me consolar, na verdade me ponho a acreditar em qualquer coisa que me faça parecer menos horrível diante dos meus olhos, eu errei. Errei e assim o fiz mais de uma vez, me pergunto se todos insistem em se torturar com o que fazem assim como eu, “é normal” repito em minha cabeça. Errei e vou continuar errando por várias outras vezes, fui uma pessoa ruim, mas fui ou sou? Essa pergunta não sai de mim, chego a acreditar que a minha bondade é falsidade, será um disfarce? Errei e não sei enfrentar isso, falar é fácil, minha cabeça diz “ser adulto é enfrentar nossas escolhas” não me vejo enfrentando, mas penso tanto sobre que chego a acreditar que enfrentaria. Sinto o aperto no peito, o medo de estar vulnerável e a qualquer momento não encontrar mais uma forma de escapar das minhas atitudes. Ah como algo pequeno se transforma em um monstro num piscar de olhos, ah como algo pequeno te consome até você não conseguir mais segurar a barra. Eu errei e logo em seguida desabei, me perdi nas minhas atitudes e não sei achar o caminho de volta. Errei assim como todo ser humano erra, mas não sou todo ser humano, sou ansioso.
Pin It
Atualizado em: Qui 3 Ago 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222