person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

XXXXXX

Pensado muito em solidão, e nos meses de 2016. Eu vou esquecer tudo isso, por alcool, drogas ou sedativo qualquer. Desde que larguei o Médio, a guitarra e os vicíos, é como se todo preço a se pagar fosse cobrado agora. Ela veio cedo demais, cedo demais, e não mais.
Hoje foi o dia da poesia, recitatas.
Ontem foi o anivérsario de Nancy.
Quarta foi o culto.
Daí não lembro mais. Eu nem sei se fui, ou devo ir.
São como bolsas de heroína, bocetas como outras. Drogas num saco e livros de Auto-Ajuda. Já faz um tempo que o mundo não precisa de literatura.
Pin It
Atualizado em: Sáb 5 Ago 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222