person_outline



search
  • Crônicas
  • Postado em

Viajante

...é tudo tão míope o paradigma da existência quando queremos da nossa maneira caminhar nessa vila, e até meus próprios ouvidos não acompanham esse silêncio que se torna tão alto e me surra com uma força inigualável... sendo apenas um viajante, sem saber bem por onde ir, sem sequer uma bússola como fiel acompanhante, árdua é esta vila... pessoas espalhadas, idéias expostas, ponto de partida para se arriscar a viver de verdade, aparentemente igual, mas o alvo, o ponto chave, a idéia de conquista se deturpa e facilmente todas as correntes, laços que pareciam firmes, se desfazem na facilidade de um rasgar de papel... a idéia do silêncio, da visão desfalecida citada no início, se faz presente diante dessa não percepção de que a vida nada mais é do que um sopro, é um pó, um nada, e daqui a única conquista real, que podemos ter de valor, é o profundo e o belo conhecimento, e partir disso, viver de acordo o que se aprende... a vida é simples, viver é simples, o problema é se negar a cada momento a pensar, e viver de modo superficial, buscando respostas para tudo, onde a maior complexidade não é praticada, apenas viver...
...alguém de cabeça para baixo...
Pin It
Atualizado em: Qui 3 Ago 2017

Pessoas nesta conversa

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222