person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

falsa realidade

em noites como essa
de frio e silencio
ela nao me deixa descansar
me tira a paz e me traz para esse maldito mundo
saberia ela o quao mal me causa
o quao vazia e desesperada me sinto
talvez ela saiba e ultiliza disso para me trazer aqui
sentir esse vento tocar minha pele
esse frio sobre meus pés é o que nao me permite deixar essa falsa realidade
o que me prende e me empede de voar com lindas asas negras e longas
a percorrer esse ceu estrelado e tentar agarrar com todas as forças as estrelas.
por que me negar a dançar sobre nuvens
deixe -me apenas dar um passo atras do outro em encontro a orgulhosa lua
nao me puxe para baixo
para esse mar de desespero.
no começo voce me fez mal mais ainda assim me deu um passe para este lugar
e agora quer me arrancar ,me puchar, me arrastar, me jogar pra longe disso
agora entendo ,o frio sobre meus pes se tornou quente
minha pele esta gélida
mas peço que me permita ficar aqui
deixe-me
solte minhas pequeninas maos.
por favor eu imploro nao me derrube agora
nao corte minhas asas
olha como eu alcanço essas palavras ,sentimentos e pensamentos
voce esta arrancando a pena de minhas asas
esta me puxando
estou caindo e caindo
voltarei para aquela falsa realidade.
sua maldita...
abri esses olhos cansados
mexi esses pés dormentes e frios
e senti o chao onde estavam quentes
como voce é cruel
deveria apenas ter me deixado
e eu nao teria mais acordado
meu corpo apenas descansaria sobre essa mesa e cadeira
eu morreria como a unica verdade da realidade
e dançaria com o vento
sorriria como a flor
e seria feliz como um fim
mas voce ...
voce me tras aqui inumeras vezes
e sempre me tras de volta
deixe-me nao acordar.
ei pensamentos permita-me apenas
nao poder mais voltar ,
nao suporto mais a falsa realidade.
Pin It
Atualizado em: Seg 29 Mai 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222