person_outline



search
  • Humor
  • Postado em

O AMIGO DO ITALIANO

Quem me dera eu tivesse um amigo
Que me ofertasse vinte e três milhões
Sem ter que em troca correr o perigo
De ser  conhecido  chefe dos ladrões

Pois foi isso que o que aconteceu
Com um amigo de um italiano
Que em espécie a grana recebeu
Bem na calada, por baixo do pano

Só que um ilustre delator
Cansado de ver o sol quadrado
Mostrou que é o conhecedor
De quem recebeu o combinado

Imagino  se dorme em paz
Esse cidadão investigado
Que agora não sabe o que faz
Com seu  tesouro enterrado

Tem que pagar seus  advogados
Para provarem que  diz a verdade
Eles são vampiros esfomeados
Que conhecem toda realidade

Assim, meu prezado senhor
Vai ter muita dor de cabeça
Com  o final estarrecedor
Assim que a verdade apareça

Vai acabar desmascarado
E sem poder sair à rua
E como já foi privilegiado
Vai ter uma cela só sua.
Pin It
Atualizado em: Qua 12 Abr 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222