person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

A Árvore da Vida

É o lugar onde deito
Sobre as raízes,
Derramo rios de lágrimas
(doces e salgadas),
Espalho-me
Os cabelos libertos,
Nesse chão de amor
E compreensão,
E não me envergonho.
 
Ela que me faz companhia
Dia e noite,
Aconselha-me,
Alimenta-me
Com suas doces peras.
 
Hoje me impôs que levantasse
A cabeça
Na direção da montanha verde,
Aquela que liberta o sol (todo dia),
A brisa (todas as horas) e
O amor (a vida inteira)
 
Ali te vi replantando
Todos os girassóis com a flor cabisbaixa. E
Afagavas o solo com suas poesias encantadas,
Afugentavas os resquícios da paisagem cinzenta,
Confiante no próximo amanhecer,
Quando todos nós seremos mais felizes.
Pin It
Atualizado em: Qui 20 Out 2016
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222