person_outline



search
  • Sonetos
  • Postado em

"AMOR INSPIRADO AO CONTRÁRIO"

Eu não sei especificar esta saudade
A qual sinto no coração, sinto na mente
Sei que no entanto é algo que me invade
Trazendo- me tristeza e melancolia constantemente
 
Amar por certo a terra que outrora me viu nascer
Não! Não! Não tem sentido pois esta quis me sepultar
Massacrou o ânimo em mim, vontade de crescer
Exilei-a de meu coração, terra sem lugar!
 
Ah!  Sim! Mas lá era  eu um homem sorridente
Tal como um ser pisante num puro chão
Divagaram-se, qual  nada,pura ilusão!?
 
Juro...vivia eu na mais santa fé de um crente
A saudade que sinto é reconciliação
Do que quiseram com o eu de meu coração!


Pin It
Atualizado em: Qua 20 Jun 2012
  • Nenhum comentário encontrado

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222